Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Uma vitória alemã como na economia

09 de julho de 2014 0

Aderrota do Brasil para a Alemanha por sete gols a um foi além da expectativa. E justamente em um dos poucos campos em que os brasileiros brilham no mundo, o futebol. Isto porque na área econômica os alemães sempre ganharam de goleada.

Basta lembrar duas avaliações recentes que são fundamentais para o desenvolvimento econômico presente e futuro: enquanto a Alemanha ficou em 4º lugar no último ranking global de produtividade do Fórum Econômico Mundial, baseado em dados de 2013, o Brasil ficou apenas na 56ª posição; e no ranking de competitividade mundial, divulgado em maio pelo IMD, os germânicos ficaram em 6o lugar enquanto os brasileiros apareceram entre os últimos, na 54ª posição.

A vantagem econômica deles é alcançada com educação de qualidade, engenharia, inovação e disciplina. Essa precisão foi trabalhada pela equipe alemã de futebol enquanto a brasileira pareceu fora de foco, sem jogadores experientes e capazes de mudar de estratégia durante a acirrada disputa.

Agora, resta ao Brasil tentar contabilizar os resultados econômicos de curto, médio e longo prazos obtidos por sediar a Copa. Houve exagero no número de estádios e faltaram obras de infraestrutura. Um alívio foi o número restrito de manifestações nas ruas. O maior legado deverá vir com o retorno de turistas estrangeiros surpreendidos com a alegria com a qual foram recebidos pelos brasileiros.

 

Comentários

comments

Envie seu Comentário