Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Morte de Eduardo Campos e riscos de voar. Há suspeita de colisão com drone

13 de agosto de 2014 12

A saída de cena do presidenciável Eduardo Campos, hoje, devido a acidente aéreo, deixa uma lacuna nos debates da campanha, especialmente nas áreas econômica e educacional. Também abre questionamentos sobre a segurança do transporte aéreo no país.É claro que falta apurar as causas da queda, o país tem peritos competentes e cerca de 90% dos desastres aéreos ocorrem por falha humana.

Mas a coluna ouviu três profissionais do setor aeronáutico que preferiram ficar no anonimato e dois deles alertaram que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), responsável pela fiscalização dos serviços de manutenção de aeronoves, habilitação de pilotos e outros, enfrenta falta de profissionais em todas as áreas.

Isto coloca em risco os controles de manutenção de aeronaves e tempo de uso de peças, o que é importante para a segurança de voos. Um executivo da área disse que o controle da Anac é rigoroso nas manutenções de aviões comerciais e menor em jatinhos privados. Segundo ele, há mais acidentes com jatinhos do que com aviões comerciais. Um profissional do setor afirmou que a Anac não tem pessoal suficiente nem para a renovação anual da habilitação de pilotos. Outra fonte da coluna avaliou que os controles da agência são rigorosos e suficientes.

Suspeita de colisão com drone
Além disso, há um fato novo nos ares. Uma das suspeitas é de que um drone de defesa tenha colidido no avião de Campos. O país precisa normatizar o uso desses objetos voadores.

Explicação

Acréscimo postado às 10h45min do dia 14 de agosto:

A informação de que poderia ser colisão com drone foi passada por uma fonte privada que atua no setor aéreo, ouvida pela coluna. Ela disse que isso passou a ser comentado ontem, em Santos. Não sou grande conhecedora sobre como são usados esses equipamentos, mas como começaram a ganhar destaque ultimamente, achei por bem incluir na matéria.

 

Comentários

comments

Comentários (12)

  • Luciano diz: 13 de agosto de 2014

    Drone? Especulação vazia e irresponsável desta coluna. Lamentável.

  • NELSON R WAGNER diz: 14 de agosto de 2014

    O que seria um drone de defesa? Nunca ouvi falar disso!

  • Daniel diz: 14 de agosto de 2014

    Drones de defesa (Forças Armadas e Polícia) não realizam vôos em áreas densamente habitadas.

  • Edson Massaaki Eto diz: 14 de agosto de 2014

    A noticia em vez de esclarecer, que seria o objetivo, gera mais duvidas,……

    Drone de defesa?? deveria explicar melhor o que é drone de defesa, drone conhecemos, de defesa de quem, do que?

    Quem é que faz a correção dos artigos? ou da matéria?

  • Leandro Souza diz: 14 de agosto de 2014

    Drone de defesa? Como seria um drone de defesa? E drones caseiros não voam perto de aeroportos muito menos em tempo chuvoso. De onde saiu essa informação?

  • Alexandre diz: 14 de agosto de 2014

    Isso é mais uma matéria sensacionalista ou o que? Alguém pode me responder desde quando usa-se “drones” no brasil?? É uma maneira que estão encontrando de dizer que foi “sabotagem”? O cara morreu porque era pra morrer e pronto! Nós que estamos no meio aeronáutico sabemos os riscos que corremos… assim como se pega um carro 0km na concessionária e pode-se sofrer uma colisão fatal, com uma aeronave é a mesma coisa… assim como tá voando, pode sofrer uma pane e cair a qualquer momento… agora, vir pra cima do povo com sensacionalismo barato pra tentar ganhar audiência, por favor, né… eu me envergonharia de postar uma matéria dessas… aí tá.. vão trazer à memória o tal objeto lançado na fazenda da record sei eu há quanto tempo atrás… mas se esse avião do eduardo campos colidiu com um drone, este troço tem que ter caído… cadê os pedaços dele que ninguém encontrou? Se alguém me responder a essas perguntas eu retiro o comentário…

  • João carlos diz: 14 de agosto de 2014

    apesar de não ser impossível um drone (qualquer aparelho não tripulado capaz de voar e ser controlado remotamente por radio) derrubar uma avião, provavelmente não foi o que ocorreu…está de certa forma claro o que ouve, tempo ruim,aproximação pra pouso em baixa velocidade,trem de pouso baixado, flaps estendidos, arremetida com curva e o a gravidade fez o que ele está programada pra fazer minha gente, derrubar o que está onde não deveria está.

  • Antenor Cirtoli diz: 14 de agosto de 2014

    Apesar de entristecido com o ocorrido vejo as coisas serem publicadas sem qualquer fundamento. Esta dos “drones de defesa” merece uma explicação melhor na coluna principalmente quanto a regulamenta-los (??????). Fui aeronauta por mais de 20 anos e vi muitas arremetidas serem mal feitas e por sorte sem acidente em função do piloto forçar a barra para pousar. Pode-se pensar numa arremetida mal sucedida, furou os mínimos, ficou sem visão referencia da pista ou restrita, perdeu o eixo da pista vindo a colidir com qualquer telhado antes de cair. HIPÓTESE!!! As caixas laranjas (pretas) vão elucidar o acidente.

  • Carvalho diz: 14 de agosto de 2014

    Calma pessoal, não vamos crucificar a jornalista. Ela só disse que era uma hipótese, apenas isso. O Brasil tem drones sim. Acho que ela quis dizer drones militares, usados na defesa do país. Não sei onde a aeronáutica usa seus drones, mas em Santos o aeroporto é militar, uma base aérea. Não é uma especulação totalmente sem sentido não, embora possa ser uma hipótese muuuuito remota.

  • Tarcio diz: 14 de agosto de 2014

    Pessoal, drones existem e já vôo em nosso espaço aéreo a mais de um ano. São aeronaves não tripuladas usadas pela policia para monitorar áreas de difícil acesso e para investigar sem levantar suspeitas. O que é estranho é o fato de estar muito próximo de um aeródromo. Vamos esperar o resultado da pericia, é o melhor que podemos fazer.

  • Edison Pereira diz: 14 de agosto de 2014

    Primeiro Alexandre ninguém tem a obrigação de te responder absolutamente nada. A não ser que você justifique tal obrigação. Segundo, se estisse acompanhando as notícias e até por ser da área, (que acho que não é), deveria saber que a suposição do “drones” é da própria aeronáutica que é a responsável principal pelas investigações. E mais, não há sensacionalismo nenhum na notícia. Acho até que ela simplesmente repete o que já vem sendo noticiado amplamente pela imprensa. Portanto acho que você está sendo deseducado, arrogante e o pior de tudo, em cima da desinformação.

  • Dricka diz: 12 de setembro de 2014

    Pois não duvidem … o drone é real estava lá e inclusive foram encontradas as rodas do drone no local do acidente junto aos destroços do avião abatido e que matou Eduardo Campos e mais seis outros seres humanos! Meu Deus, quantos crimes provavelmente e que devem ser exaustivamente e verdadeiramente investigados ! Relembrem os casos dos assassinatos de Celso Daniel, de Toninho, etc Essa gente mata mesmo … é muito perigosa !!!

Envie seu Comentário