Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cautela para fazer o cadastro ambiental

26 de agosto de 2014 0

Proprietários de imóveis rurais de Santa Catarina, especialmente os que têm área maior do que quatro módulos fiscais, estão cautelosos para fazer o Cadastro Ambiental Rural (CAR), o registro eletrônico que deve ser realizado até maio do ano que vem.

A razão principal, segundo o vice-presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Faesc), Enori Barbieri, é que as informações devem ser precisas porque esse cadastro será, para o meio rural, o mesmo que o Imposto de Renda (IR) para pessoas e empresas. É uma exigência do novo Código Florestal e os governos poderão utilizar o cadastro para vigiar as propriedades com satélites ou cruzar dados de renda e outros. Em SC, são cerca de 350 mil imóveis rurais.

Segundo o secretário de Agricultura, Airton Spies, o governo treinou técnicos para auxiliar os produtores via Epagri. As prefeituras fizeram o mesmo. A lentidão não é restrita a SC. O último dado do Ministério do Meio Ambiente é de 3 de agosto. Até aquela data, 285 mil propriedades tinham sido cadastradas. No país, foram estimadas cerca de 5,6 milhões de propriedades.

Comentários

comments

Envie seu Comentário