Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O impacto da BMW na economia do Estado

09 de outubro de 2014 0

O início da produção da BMW, oficializado com a inauguração da fábrica, hoje, em Araquari, marca o começo de uma fase de maior dinamismo econômico no Estado, especialmente na região Norte, que já é uma das que mais crescem no país. Após décadas, o grupo alemão realiza o sonho catarinense de ter uma montadora de veículos. Com a planta aqui, a marca ganha força no mercado estadual. Segundo a revendedora oficial, Top Car, as vendas deste ano em solo catarinense devem fechar com crescimento de 20% a 22%, maior do que a média nacional para a marca.

Entre as mudanças que impressionam está a elevada demanda por serviços, desde alimentação e transporte, até a sofisticada logística portuária para a importação de peças e carros da marca que não serão fabricados aqui. Além dos 1,3 mil empregos que serão gerados quando a unidade estará em plena operação, daqui a 12 meses, para produzir 32 mil veículos/ano, a região e o Estado já se beneficiam do aumento da arrecadação de impostos que avança gradualmente.

Maior fabricante de carros de luxo do mundo, a elevada qualidade fabril da montadora é referência para a região e acaba sendo disseminada, de alguma forma, para outras empresas. Apesar do baixo crescimento econômico do país nesta fase, o ciclo que se inicia com a BMW anima a indústria de SC e a maioria dos que são apaixonados por carros.

Comentários

comments

Envie seu Comentário