Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

CNA e Faesc pedem urgência na solução da greve dos caminhoneiros

26 de fevereiro de 2015 0

Tanto a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) quanto a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faesc) defendem uma solução rápida para o protesto dos caminhoneiros. O presidente da Faesc, José Zeferino Pedrozo, disse que apoia as bandeiras dos transportadores e entende sua mobilização, mas alerta que o setor rural está tendo prejuízos irrecuperáveis em função da forma como está sendo feita a paralisação, sem permitir o transporte de alimentos aos animais e escoamento da produção.

Desabafo
Preocupado com o efeito devastador da paralisção no campo, o presidente da Faesc, José Zeferino Pedrozo, desabafou ontem.
- É incompreensível que não possam circular os caminhões com ração para os animais – disse.

No Oeste de SC circulam diariamente 6 milhões de litros de leite, 3 milhões de frangos e 20 mil suínos que formam a base da economia regional. Todo esse fluxo foi interrompido pela greve. A falta de ração vai impor aos planteis sofrimento nutricional e morte. Para ele, há risco de comprometer a diferenciada sanidade animal de SC, o que seria a maior desgraça econômica para o setor.

Comentários

comments

Envie seu Comentário