Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Senador Luiz Henrique cobra do governo federal negociação para o fim da greve dos caminhoneiros

26 de fevereiro de 2015 0

senador
Foto: Senado / Divulgação

O senador Luiz Henrique foi o primeiro a cobrar do governo federal, de forma mais incisiva, a negociação para dar fim à paralisação dos caminhoneiros. O presidente da Federação das Indústrias de SP, Paulo Skaf, esteve ontem com o senador para tratar da articulação de um entendimento imediato entre governo e caminhoneiros.

O discurso da última terça-feira do senador Luiz Henrique (PMDB-SC), quando apelou para a imediata abertura de um canal de negociação para dar fim a paralisação de caminhoneiros, que têm bloqueado rodovias de todo o país, repercutiu entre empresários do agro business e governo federal. Além do discurso, o senador se encontrou com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo para falar sobre as paralisações que ameaçam o abastecimento de todo o país.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - FIESP, Paulo Skaf esteve no gabinete do senador, na tarde dessa quarta-feira para tratar dos prejuízos que a paralisação pode causar ao Brasil, assim como apoiar o senador, na tentativa de buscar um entendimento imediato entre governo e caminhoneiros.

- Nesse momento eu estou satisfeito porque o governo está reunido com empresários do agro business e com as lideranças de caminhoneiros. Ontem eu fiz um pronunciamento no plenário pedindo que houvesse essa negociação urgente, porque a crise dos caminhoneiros é a crise do abastecimento, é a pior das paralisações, porque estagna todo o país _ reforçou o senador. Luiz Henrique espera uma solução urgente dessas negociações, assim como o Skaf.

- Essa é uma greve sentida por toda a sociedade, temos nesse momento matérias-primas sendo desperdiçadas, produtos que não chegam ao seu destino, isso tudo em meio a um cenário econômico com previsão de crescimento negativo, com crise de água e energia, ou seja, o que não nos falta é problema. Precisamos de velocidade para resolver essa greve _ completou Skaf.

Comentários

comments

Envie seu Comentário