Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Obras para atrair navios gigantes

17 de março de 2015 0

Mais um passo para viabilizar a chegada de navios gigantes aos terminais do Complexo Portuário Itajaí foi dado ontem. O governador Raimundo Colombo assinou a ordem de serviço para as obras da nova bacia de evolução, que atenderá os portos de Itajaí e Navegantes e está orçada em R$ 103,9 milhões, com recursos do Estado. Na prática, é a primeira etapa da abertura de uma nova área de manobras que permitirá receber navios maiores e mais carregados, com até 366 metros de comprimento. Hoje, o limite é de 305 metros.

A segunda etapa, orçada em cerca de R$ 280 milhões, será feita depois com recursos do governo federal. Incluirá realocação do molhe norte ampliando o canal de acesso para largura de 220 metros, ampliação da nova bacia de evolução no Saco da Fazenda para 530 metros de diâmetro e dragagens na bacia e canais de acesso.

Esses investimentos são considerados vitais para a economia no Estado. Por falta de espaço para os gigantes que já estão operando na costa brasileira, no ano passado o Complexo perdeu duas linhas asiáticas, uma em Itajaí e outra em Navegantes. Só na APM Terminals, arrendatária do Porto de Itajaí, são 10 mil contêineres a menos todo mês.

Dada a importância da estrutura, os estudos iniciais, feitos em 2012, foram pagos integralmente pela APM Terminals e pela Portonave, que opera na margem de Navegantes. As pesquisas ficaram sob a responsabilidade de técnicos holandeses e incluiu simulações que demonstraram o modo mais seguro de manobrar os gigantes na bacia de evolução.

Alexandre Marujo, diretor de obras da Triunfo Construtora, empresa que venceu a licitação, diz que o maior desafio será executar a empreitada sem paralisar as atividades dos terminais, que continuarão operando.

Comentários

comments

Envie seu Comentário