Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Fórum mostra como o Oeste de SC dribla a crise e cresce

27 de março de 2015 0

Enquanto se fala em retração econômica no país, diversos setores da região Oeste catarinense aproveitam oportunidades para crescer. Esse tom otimista predominou no 1º Fórum Econômico do Grande Oeste promovido pela Federação das Indústrias (Fiesc), no qual foram apresentados estudos realizados no âmbito do Programa de Desenvolvimento Industrial Catarinense (PDIC). Entre os palestrantes, o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, e o ex-ministro da Fazenda, Mailson da Nóbrega. 
- Em relação ao Oeste somos otimistas apesar de todas as dificuldades enfrentadas pela região porque temos uma agroindústria forte, uma industria de alimentos que é uma das mais importantes para agregação de valor junto com o setor têxtil. O dólar alto deve beneficiar as exportações. Eu penso que a região Oeste -  sobretudo o setor de alimentos que já responde por 34% das exportações do Estado- vai ser um dos sustentáculos da economia catarinense nos próximos anos – afirmou Côrte. 
Segundo o empresário, as indústrias de alimentos já exportam 17% para o Japão, que é o maior importador de produtos do Oeste e,  com a carne suína, deve crescer nos próximos anos. Quanto ao setor de móveis, há investimentos e, apesar das dificuldades, vai se fortalecer.
Para o diretor da Fiesc no Oeste, Waldemar Schmitz, um fato que mostra uma realidade diferente, melhor, em SC foi a geração de mais de 15 mil empregos pela indústria em janeiro e fevereiro. Segundo ele, a agroindústria e os setores têxtil e calçadista estão empregando mais no Oeste.

Comentários

comments

Envie seu Comentário