Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Santa Catarina espera para julho abertura da Coreia

29 de junho de 2015 0
Foto: Julio Cavalheiro, Secom / Divulgação

Foto: Julio Cavalheiro, Secom / Divulgação

Nas próximas semanas – talvez na segunda quinzena de julho – autoridades sanitárias da Coreia do Sul devem anunciar a abertura do mercado do país à carne suína de Santa Catarina. Esta informação foi destacada pelo governador Raimundo Colombo na inauguração da fábrica de industrializados da Pamplona Alimentos, sábado, em Rio do Sul. Também no evento, o superintendente federal de Agricultura em SC, Jacir Massi, disse que todos os trâmites técnicos estão cumpridos. Falta apenas a Secretaria de Relações Institucionais do Itamaraty fornecer as últimas informações para a Coreia do Sul poder abrir seu mercado. Agroindústrias de SC aguardam com muita expectativa a decisão porque a Coreia importa cerca de 880 mil toneladas de carne suína por ano e será um importante mercado ao lado do Japão, que compra de SC desde meados de 2013.

O evento da Pamplona foi bem prestigiado por ser mais um investimento numa fase de crise no país.Também presente, o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte disse que em breve será inaugurada mais uma fábrica, a da Netzsch, em Pomerode.
Fábrica de ponta

A presidente da Pamplona Alimentos, Irani Pamplona (D), apresentou a nova fábrica a convidados, entre os quais o governador Raimundo Colombo e os secretários de Estado da Agricultura, Moacir Sopelsa, Defesa Civil, Milton Hobus, e Fazenda, Antonio Gavazzoni. Equipada com máquinas de ponta do exterior, a unidade produzirá salame, presunto, apresuntado e copa, que chegarão ao mercado em agosto. Os industrializados responderão por 33% da receita deste ano.

Leia as últimas notícias sobre a Pamplona

Comentários

comments

Envie seu Comentário