Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Crise no mercado: IBGE confirma expectativas ruins

13 de julho de 2015 0

Números do IBGE divulgados ontem confirmam expectativa ruim para o mercado de trabalho sem previsão de mudança em breve. É natural que mais pessoas procurem emprego após um trabalhador da família perder posto com remuneração elevada. Além disso, há dúvidas sobre a viabilidade do Programa de Proteção ao Emprego por falta de verba.

Indústria de SC sob o impacto da crise
Em maio, a produção indústrial catarinense registrou crescimento de 0,7% frente ao mês anterior, abril. Seguiu tendência apontada pelo IBGE, que apurou alta em nove dos 14 locais pesquisados no mês. Mas isso não significa uma retomada do crescimento. Em função da crise do mercado interno, o setor de transformação de SC derrete a exemplo do que ocorre na maioria dos Estados brasileiros, embora em percentuais um pouco menores do que a média. Na comparação de maio frente ao mesmo mês do ano passado teve queda de -9,9%; de janeiro a maio – 7,4% e, em 12 meses até maio, -5%. Maior polo do país, São Paulo registrou -8,5% de janeiro a maio e de 13,7% na comparação com maio de 2014. Esses números levam especialistas a afirmar que a atual crise já é pior do que a de 2009. Isso mostra a necessidade de o governo federal tentar acelerar investimentos, cortar gastos correntes e buscar a recuperação da confiança dos consumidores.

Atenção: preço e marca não bastam
Não basta ter só preço e marca para vender em tempos difíceis. Tem que saber ouvir o cliente e encantá-lo. Tem que ser um pouco de tudo: psicólogo, conselheiro e, claro, ótimo vendedor. Essas dicas foram dadas pelo especialista em varejo Luiz Alberto Marinho para os cerca de 2,5 mil lojistas dos cinco shoppings do Grupo Almeida Junior em SC, numa palestra esta semana.

Leia as últimas notícias sobre o IBGE

Comentários

comments

Envie seu Comentário