Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Encontro em Brasília garante reforço na transmissão de energia para Santa Catarina

12 de agosto de 2015 0

Por Julia Pitthan*

A novidade para Santa Catarina no Programa de Investimento em Energia Elétrica (Piee) anunciado na última terça-feira (11) pela presidente Dilma Rousseff, em Brasília, é o reforço no sistema de transmissão do Estado. Dois lotes com o objetivo de revigorar as redes de SC, PR e RS serão leiloados em agosto, com investimentos de R$ 1,4 bilhão. Segundo Djalma Berger, presidente da Eletrosul que acompanhou o lançamento em Brasília, o projeto terá prazo de execução de 48 meses.

Em outubro, o leilão de uma segunda linha de transmissão está prevista no Estado (de Blumenau a Curitiba Leste). De acordo com Berger, o investimento garante a ligação do sistema de geração do Sul com o Sudeste, principal região consumidora do Brasil.

Na geração de energia, Santa Catarina aparece com potencial para a construção de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) – a apresentação do Ministério de Minas e Energia não assinalou iniciativas para usinas fotovoltaicas (solares) ou eólicas na região. No leilão que será realizado no dia 28 de agosto, o Estado teve seis projetos de PCHs habilitados, com uma oferta de 57MW.

No total, o governo federal anunciou investimentos de R$ 186 bilhões até 2018 em energia elétrica, considerando empreendimentos já planejados e anunciados anteriormente. Até 2018, são R$ 81 bilhões e R$ 105 bilhões a partir de 2019.

Alívio

Na lista de boas notícias sobre energia, a indústria também comemorou terça-feira (11) a suspensão da bandeira tarifária vermelha, que vigorava desde janeiro. A estimativa é de um desconto de 15% a 20% no atual valor, que é de r$ 5,50 para cada 100 kilowatts-hora consumidos.

Leia as últimas notícias 

* A colunista Estela Benetti está em férias até dia 19 de agosto, neste período a jornalista Julia Pitthan assume como interina.

Comentários

comments

Envie seu Comentário