Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Para o Mercosul entrar na pauta positiva do país

24 de agosto de 2015 0

Uma das notícias mais valorizadas na visita da chanceler alemã Angela Merkel ao Brasil foi a possibilidade de o acordo comercial Mercosul-União Europeia ser definido até o final deste ano. Foi isso que constatou o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, que participou do almoço Brasil-Alemanha em Brasília. Mas uma decisão que garantiria pauta positiva ao comércio exterior e animaria muito a enfraquecida indústria brasileira seria a suspensão da cláusula do Mercosul que obriga negociação de acordos internacionais em bloco, ou seja, exige que todos os seis países aprovem qualquer acordo comercial externo.

O ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro, garantiu uma sinalização positiva nesse sentido, mas a Cúpula do Mercosul passou e o tema não foi colocado na mesa. O Paraguai e o Uruguai também desejam essa mudança diz a presidente da Câmara de Comércio Exterior da Fiesc, Maria Teresa Bustamante. Segundo ela, se essa cláusula for alterada, o Brasil poderá negociar acordos individuais, bilaterais e multilaterais, o que é fundamental para a sua maior inserção no exterior. Os EUA estão negociando acordos de última geração (que envolvem cadeias de valor) com a União Europeia e a comunidade asiática. O Brasil deveria estar nisso.

Leia as últimas notícias

Comentários

comments

Envie seu Comentário