Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sintonia entre governo e Fazenda em SC

03 de outubro de 2015 0

 

Julho Cavalheiro, Secom, divulgação

Julho Cavalheiro, Secom, divulgação

Ao discursar na abertura da reunião do Confaz, ontem, no Il Campanário em Jurerê Internacional, Florianópolis, o governador Raimundo Colombo afirmou que ser um secretário de Fazenda hoje é enfrentar a impopularidade.

- É um papel muito difícil que deve ser assumido por pessoas com grande capacidade de convencimento – disse.

Pela afinidade (foto) que mostrou com o titular da Fazenda no seu governo, o secretário Antonio Gavazzoni, Colombo (D) mostrou que fez uma escolha certa. 

Santa Catarina conta com situação financeira acima da média em função da sua economia diversificada e, também, pelo trabalho diferenciado dos auditores fiscais da Fazenda, que atuam por meio de grupos de especialistas para melhor fiscalizar setores econômicos inteiros, coibindo a sonegação e garantindo, assim, um ambiente mais saudável para a atividade econômica e a concorrência legítima de mercado. Apesar de exitoso, este modelo ainda não é copiado pelos demais Estados, observaram para o blog dois líderes da área, o diretor de Formação Sindical e Relações Inter-Sindicais da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), Rogério Maranhão; e o presidente do Sindicato dos Fiscais da Fazenda do Estado (Sindifisco), Fabiano Dadam Nau.

 

Comentários

comments

Envie seu Comentário