Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Caiu a ficha, transporte deve ser coletivo e não individual

20 de outubro de 2015 4

Avança de forma acelerada a conscientização de pessoas de todas as idades de que as nossas cidades e o planeta não suportam mais o transporte individual. Chegou a era do transporte coletivo mais sustentável, das bicicletas, do metrô, das balsas e de outras alternativas.

Afirmo que caiu a ficha por diversos motivos. Um deles é que o aplicativo Uber, apesar de criticado, passou a valer no mercado cerca de US$ 50 bilhões (o equivalente a R$ 200 bilhões), mais do que os valores de mercado do Itaú (US$ 40 bilhões), Petrobras (US$ 29 bilhões) e Vale (US$ 24 bilhões) observa o presidente do Instituto Ideal, de energias alternativas, Mauro Passos, estudante de pós-graduação em Buenos Aires, onde faz monografia sobre o futuro dos carros elétricos da América Latina. Passos observa que se o Uber é uma alternativa para o transporte do futuro, especialmente o não motorizado, poderá ter preço muito maior.

Lei que proibiria Uber em Florianópolis pode ser questionada juridicamente

Outro fato que chama a atenção é que pessoas mais maduras passaram a afirmar que as cidades deixarão de ser abarrotadas de carros e a preferência será por transporte coletivo. Fizeram esse alerta o prefeito de Joinville, Udo Döhler, e o ex-ministro da Fazenda, Delfim Netto, que tem 87 anos.

Mais relevantes para nós são os efeitos negativos da poluição gerada por veículos. Até em Florianópolis, na arborizada região da UFSC, enfrentamos poluição urbana acima do admitido pela Organização Mundial da Saúde. Foi isso que concluiu pesquisa feita pelo estudante de Engenharia Sanitária e Ambiental da Instituição, Lucas Vicent de Barros, orientado pelo professor Henrique Lisboa e pelo pesquisador Marlon Brancher ainda em 2013. Isso mostra que precisamos mudar urgente o modelo atual. Sinaliza também que o plano de transporte coletivo integrado para a Grande Florianópolis, com BRT, deveria priorizar veículos elétricos.

Leia as últimas notícias

Comentários

comments

Comentários (4)

  • paulo gonçalves diz: 20 de outubro de 2015

    Estela como falar em transporte coletivo, se ele nao existe em Florianopolis ? Por exemplo, para se ir a um jogo de futebol temos que fazê-lo de carro pois não existe coletivo nesse dia. Aliás, uma da poucas cidades que não tem. Para ir d Daniela, onde moro, v ai-se cedinho, já para voltar, é outro departamento, depois das 9h só tem um as 10h40min ou as 11h40min. A integração entre os terminais é quase nula,a não ser para o centro. Então, usa-se o carro. Não existe metrô, pois tiraria a beleza fétida da Beira Mar. Nõ existe ligação marítima pois os lobbies dos ônibus não permitem. Nossos governantes só tomam medidas paliativas. O dia que esse ranço que hoje existe sair da política, talvez as coisas melhorem na ilha da magia. Aliás, mágica o povo faz para se deslocar dentro dela.

  • Fernando diz: 20 de outubro de 2015

    Lindo no papel, agora tenta ir do continente para o norte da ilha de ônibus durante 1 semana de trabalho no verão ou em dia de chuva para você ver o que as pessoas realmente querem. É maravilhoso, quem anda de carro não sabe o que está perdendo!

    Ônibus só é solução para político que torrou o valor arrecado com IPVA em inchar a prefeitura e agora além de cobrar o IPVA, quer que o cidadão sustente os ônibus ineficientes.

  • Pedro Silva Marques diz: 20 de outubro de 2015

    É preciso cancelar todas as concessões dos coletivos em SC, o processo novo não poderá ter passageiros em pé, e será pago pela fórmula de mais linhas e mais passageiros, os carros dem subsidiar este transporte, deve se usar micro ônibus preenchido por bairros em diversos horários com preenchimento parcial por cadastro em pesquisa, sites, no mínimo mais 2 pontes com 8 pistas em Floripa, etc…

  • naldo diz: 21 de outubro de 2015

    O grande problema é que nenhum do nossos politicos estão em sintonia com os anseios e necessídades da população, e sim com seus proprios interesses de se perpetuarem no poder, e tirar a máximo de proveito para seu bando enquanto estão no poder! Verdadeiros parasitas da nação!!

Envie seu Comentário