Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "glauco josé côrte"

Fiesc na Colômbia

02 de outubro de 2015 0

O presidente da Federação das Indústrias de SC (Fiesc), Glauco José Côrte, vai liderar missão empresarial brasileira à Colômbia domingo e segunda, como representante da CNI. O grupo vai participar de seminário sobre oportunidades de negócios entre os dois países em Bogotá, no qual participará a presidente Dilma Rousseff.

Segunda-feira, a presidente terá agenda voltada a negócios junto com empresários dos dois países e a programação se encerrará no final do dia, com discursos dela e do presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos.

Leia as últimas notícias

Aumento na energia em SC: alívio parcial

05 de agosto de 2015 0

Por Julia Pitthan*

A pressão da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) sobre a Celesc e Aneel para impedir um alto reajuste na tarifa de energia elétrica teve efeito positivo, pelo menos parcialmente. A majoração foi menor do que o mercado projetava, na ordem de 3,59%, em média, para a categoria de alta tensão, que compreende o segmento industrial.

Para o presidente Glauco José Côrte, a decisão da Aneel mostra que a reiterada defesa feita pela indústria para que Santa Catarina tenha um tratamento justo na cobrança da tarifa de energia surtiu efeito. Em meados de julho, a entidade encaminhou ofícios à Aneel e Celesc com o pedido de suspensão do aumento.

Conta de luz subirá 3,61% no Estado

Apesar do reajuste menor do que o esperado – e que significou alívio parcial para o setor produtivo no Estado – as entidades criticaram a decisão e querem pedir pagamento escalonado do aumento.

– Qualquer aumento nesse momento é negativo para a recuperação da indústria e da economia, mas vamos sentar com o presidente da Celesc para ver a possibilidade de um parcelamento para que o setor industrial principalmente – disse Côrte.

De acordo com o economista Danilo Kuhnen, assessor da Câmara de Energia da Fiesc, somados os reajustes de março e agosto com a incidência da bandeira vermelha, a alta para o consumidor chega a 47% este ano.

Efeitos para a agroindústria

O aumento pode parecer pequeno, mas em contas gigantes, o rombo aparece. A Cooperativa Central Aurora Alimentos paga cerca de R$ 20 milhões por mês em energia e esse novo aumento (3,59%) representa mais R$ 700 mil mensais. O presidente, Mário Lanznaster, disse que esse é mais uma alta que se soma a uma escalada que castiga as indústrias. Ele desabafou:

– Estamos perdendo a competitividade internacional com esses reajustes de preços administrados pelo governo que anulam todo o esforço de busca de eficiências das empresas.

Leia as últimas notícias

* A colunista Estela Benetti está em férias até dia 19 de agosto, neste período a jornalista Julia Pitthan assume como interina.

Fiesc deve propor redução da alíquota de ICMS sobre energia

22 de julho de 2015 0

A sugestão de suspender o reajuste da conta de luz para a indústria em agosto é um dos pleitos da Fiesc. Segundo o presidente Glauco José Côrte, em breve a entidade vai propor também a redução da alíquota de ICMS sobre energia ao governo do Estado. Está em 33%, uma das mais altas do país.

Fiesc pede suspensão da nova alta da conta de luz para a indústria

Expansão no norte

11 de setembro de 2014 0
Foto: André Kopsch, divulgação

Foto: André Kopsch, divulgação

O presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, visitou nesta quarta-feira (10) o condomínio industrial da Arcelor Mittal Vega, em São Francisco do Sul. Recepcionado pelo CEO da Arcelor Mittal Brasil, Benjamin Baptista Filho (D), conheceu os detalhes dos investimentos que estão sendo feitos na unidade, com as obras de ampliação para produção do Usibor e do aumento da capacidade produtiva, projeto batizado de Vega Light. Os dois investimentos totalizam mais de US$ 30 milhões.

Também participaram o vice-presidente de Operações do Segmento de Aços Planos, Jorge Luiz de Oliveira (E), e do gerente da unidade, Fernando Teixeira. A produção do Usibor, aço de alta resistência com aplicação na indústria automotiva, deve iniciar em 2015. Já o Vega Light prevê a aquisição de equipamentos e adequações nas linhas para ampliar a capacidade em 160 mil toneladas por ano.

Alemãs em SC

04 de setembro de 2014 0

Após o Encontro Econômico Brasil-Alemanha, a Fiesc realizou ontem, em Frankfurt, um seminário para apresentar os potenciais de SC para investimentos de empresas germânicas. Um dos palestrantes foi o diretor da empresa alemã de tecnologia T-Systems, em Blumenau, Markus Blumenschein, que na foto conversa com o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte (D). O evento atraiu cerca de 70 empresários da Alemanha.

Foto: Elmar Meurer / divulgação

Foto: Elmar Meurer / divulgação

Fiesc firma convênio com a Fundação Steinbeis

02 de setembro de 2014 0
Foto: Elmar Meurer, divulgação

Foto: Elmar Meurer, divulgação

A Fundação Steinbeis, que firmou ontem convênio com a Federação das Indústrias do Estado (Fiesc) e o Instituto Euvaldo Lodi, é considerada a mais inovadora escola de negócios da Alemanha pela Global Business Education. O acordo foi assinado pelo diretor da Associação das Indústrias de Bandenwürtenberg, Wolfgang Wolf (sentado à direita) e pelo presidente da Fiesc, Glauco José Côrte (C).

Conforme a Fiesc, o objetivo é identificar oportunidades e realizar atividades em áreas como programas de educação executiva para líderes, desenvolvimento conjunto, intercâmbio de conteúdos e visitas técnicas envolvendo Brasil e Europa.

Industriais do Estado participam do Encontro Brasil-Alemanha

30 de agosto de 2014 1

Como Santa Catarina vai sediar, no ano que vem, o Encontro Empresarial Brasil-Alemanha, uma missão de peso organizada pela Federação das Indústrias do Estado (Fiesc) embarca neste sábado para o país europeu, onde acontece a edição 2014 do evento. Entre os participantes, o presidente da entidade, Glauco José Côrte, o primeiro vice-presidente Mario Cezar Aguiar e o prefeito de Joinville, Udo Döhler. Este ano o evento será em Hamburgo e no ano que vem, em Joinville.

Ao invés de emprego, povo quer o seguro

24 de agosto de 2014 6

Uma das declarações mais aplaudidas do presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, durante o discurso de posse, sexta à noite, foi sobre o que ele denominou como como situação desconcertante o quadro do seguro-desemprego em Santa Catarina. Segundo ele, nas portas das empresas de todas as regiões do Estado há cartazes indicando vagas. No entanto, em 2013, quando se informava que o Brasil estava com pleno emprego, o valor pago em SC a título de seguro-desemprego ultrapassou R$ 1,2 bilhão para mais de 300 mil beneficiários. No Brasil, foram 8 milhões que receberam R$ 28,5 bilhões.
-A Fiesc não é contra o amparo ao trabalhador desempregado, mas é totalmente contra o incentivo dado pelo governo, com o dinheiro do contribuinte, para manter o trabalhador fora do emprego, quando há milhões de vagas abertas no país – afirmou.

Fiesc na era da inovação

23 de agosto de 2014 1

A prioridade número um da nova gestão da diretoria da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), empossada ontem à noite, é a inovação com foco na maior competitividade nacional e internacional. O presidente reeleito, Glauco José Côrte, explicou que esse caminho já está sendo trilhado e vai ganhar mais força com os investimentos nos institutos Senai de Inovação pelo Estado e, provavelmente, com o primeiro Instituto Sesi de Inovação do país, voltado à promoção da saúde e segurança do trabalhador.

No primeiro mandato de três anos da atual diretoria, a entidade trabalhou forte a questão da competitividade. Além disso, a federação está ampliando a aproximação do setor produtivo com a academia por meio do Programa de Desenvolvimento da Indústria Catarinense (PDIC).

- Estão trabalhando conosco 70 profissionais da academia (universidades) entre doutores, mestres e especialistas. Já criamos o Fórum de Desenvolvimento do Oeste e da região do Caçador em parceria com as universidades da região e faremos o mesmo com o Sul do Estado, em breve – disse Côrte.

A Fiesc continua também com o Programa Indústria pela Educação. O fato novo nesse projeto, agora, é o convite aos pais para que participem mais da vida escolar dos filhos.

Nova diretoria da Fiesc assume com as bandeiras da inovação e educação

22 de agosto de 2014 0

Glauco

O Sistema Fiesc empossa hoje, a partir das 19h30min, na sede da entidade, a sua diretoria para a gestão 2014-2017, que tem à frente os industriais Glauco José Côrte (foto), na presidência, e Mario Cezar Aguiar, na vice-presidência.Entre as autoridades que confirmaram presença está o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.Além da ênfase na inovação, o grupo está priorizando a educação técnica e indo além, cobrando mais eficiência do ensino fundamental. Para isso, o fato novo é o incentivo aos pais e à família participarem mais diretamente no acompanhamento da educação dos filhos. Outro fato novo é a cobrança de redução da carga tributária e um ambiente mais favorável aos investimentos.
Na linha de descentralização da gestão, a Fiesc criou a sua 16ª vice-presidência regional, no Vale do Rio Itajaí Mirim, com sede em Brusque.

Perfil de Glauco José Corte

Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), empresário e bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Glauco José Côrte tem diversas especializações por instituições como UFSC (SC), Fundação Getúlio Vargas (RJ), American Graduate School of International Management (Arizona, EUA) e IMD (Lausanne, Suíça).

Atualmente é diretor da Confederação Nacional da Indústria (CNI); preside o Conselho Temático Permanente de Política Industrial e Desenvolvimento Tecnológico da entidade e é membro do Conselho de Assuntos Legislativos da instituição. Também é membro do conselho deliberativo da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio e Exterior; membro dos conselhos de administração da Portobello S/A, Multilog S/A e Pedra Branca S/A, além de acionista fundador da Inplac Indústria de Plásticos S/A.

Foi vice-presidente executivo da Portobello S/A e diretor da Portobello América (EUA), diretor financeiro e de relações com o mercado da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), além de presidir o conselho de administração da Celesc S/A de 2005 a 2010.

Foto: José Paulo Lacerda

Em dia de reconhecimento

12 de agosto de 2014 0
Ideli13

Foto: Marcio Garcez

A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti (E), e o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte (D), se encontraram ontem em Brasília. Ambos foram homenageados pelo Tribunal Superior do Trabalho pelos serviços prestados em atividades voltadas à Justiça do Trabalho e outros da área de direito. Receberam a Comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau Grã-Cruz.

Comenda à educação

12 de agosto de 2014 0
Foto: José Paulo Lacerda / Divulgação

Foto: José Paulo Lacerda / Divulgação

O presidente da Fiesc, Glauco José Côrte (C), recebeu ontem, em Brasília, a comenda Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, concedida pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). A homenagem foi proposta pela ministra do TST, Maria de Assis Calsing e entregue pelo ministro João Orestes Dalazen (D). O programa da Fiesc já tem a adesão de 1,6 mil indústrias e apoiadores em Santa Catarina. A partir de agora, a entidade inicia campanha chamando os pais para apoiarem e darem mais atenção ao aprendizado dos filhos.