Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Dragão Fashion Brasil - quarto dia

18 de abril de 2011 0

No quarto dia do DRAGÃO FASHION BRASIL as coleções apresentadas foram dos mais diversos tipos: do tricot da Helen Rodel, passando pelos looks étnicos da Didara e terminando com a sofisticação das rendas de Walério Araújo. Confira !

 RONALDO SILVESTRE

 “A pele não mente, a pele denuncia” esse foi o ponto de partida do estilista RONALDO SILVESTRE para criar o conceito da coleção que abriu o quarto dia de desfiles. Usando formas estruturais e tecidos ecológicos ou reciclados trabalhados de forma artesanal com tingimentos naturais, o estilista garantiu composições muito interessantes com mix de texturas. Fez um ótimo desfile, com destaque para a coleção masculina.

 

DIDARA por GOYA LOPES

A marca DIDARA, da artista plástica baiana Goya Lopes, buscou referências no pano da costa, trazido pelos africanos. Na passarela uma coleção caprichada com looks étnicos e coloridas estampas desenvolvidas pela estilista que, junto com os maxi colares de tricot, fizeram uma excelente combinação.

 

HELEN RODEL

As técnicas manuais do crochet e tricot renovadas pelas mãos da gaúcha HELEN RODEL e equipe, conquistaram o público e a imprensa do Dragão. O povo já começou a suspirar ainda antes do desfile começar - motivo: um vídeo, muito bem editado e emocionante sobre a arte do tricot e do crochet mostrando as dificuldades e desafios de se fazer uma peça feita a mão -”para esse trabalho é necessário paciência, e paciência é sabedoria”.

A parceria com o artista plástico Mauro Fuke, que trabalhou os acessórios em madeira esculpida, o colorido das peças e a modelagem precisa, garantiram um dos melhores desfiles do DFB. Mas isso só confirma o que nós, gaúchos, já sabemos: Helen Rodel tem muito a fazer pela moda gaúcha e com seu talento vai muito além, pode apostar. 



 

DONA FLORINDA

A marca DONA FLORINDA mostrou looks jovens e casuais, prontos para ganhar as ruas. Adorei as botas do tipo cowboy, bem coloridas ! 

  

WEIDER SILVEIRO

O estilista piauiense WEIDER SILVEIRO, que foi assistente do estilista Walter Rodrigues e participa do DFB pela sétima vez, faz parte do line up oficial da Casa de Criadores.

A inspiração para a coleção vem de Raimundo Jacó, vaqueiro bondoso e gentil que acabou sendo assassinado em meio à caatinga e velado por seu fiel cão. Para quem ficou meio boquiaberto ao se deparar com a cena, isso explica a razão do urubu empalhado no ombro de uma das modelos – tudo pelo styling. Muito couro sintético e malha de lã. As cordas, indispensáveis à atuação dos vaqueiros, apareceram nas estampas e em algumas modelagens.


 

WALÉRIO ARAÚJO

O estilista WALÉRIO ARAÚJO por si só já é um acontecimento: chegou montado num peep toe salto 15 e mostrou que é bom de samba ao final do desfile, levantando a platéia.



Na passarela, o tom era de luto. Walério mostrou a mesma coleção apresentada recentemente na Casa de Criadores, inspirada em todas aquelas pessoas queridas que já se foram e que merecem ser lembradas. Mas não é um luto triste, nem frio, nem vazio. Pelo contrário: a viúva representada por Walério é sexy, ousada, confiante. Pronta pra próxima, vestida com lindas peças em renda e couro !

 

fotos: Roberta Braga Studio

 

Envie seu Comentário