Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de março 2012

As Mais Pedidas da Semana

30 de março de 2012 15

Já liberamos a lista das Mais Pedidas da Semana para vocês aproveitarem o Findi cheio de música boa!

:)

1 – David Guetta – Titanium ft. Sia

2 – Rihanna – You Da One

3- Foster the People – Pumped up Kicks

4- Armandinho – Sol Loiro

5 –Snoop Dogg & Wiz Khalifa – Young, Wild and Free ft. Bruno Mars

6- One Direction – What makes you beautiful

7 – Florida – Good Feling

8 – Adele- Set Fire to the Rain

9 – Coldplay – Paradise

10 – Taio Cruz ft. Flo Rida – Hangover

11- Charlie Brown Jr – Céu Azul

12- Maroon 5 – Moves Like Jagger ft. Christina Aguilera

Maroon 5 anuncia novo disco

27 de março de 2012 0

Lançamento está marcado para o dia 26 de junho. Uma das faixas tem a participação do rapper Whiz Khalifa. O vocalista Adam Levine disse para a Rolling Stone americana: “É um dos nossos discos mais diversificados e pop até o momento e não fomos tímidos de realmente embarcar nisso”.

Ele também disse que a banda pretende explorar mais a fórmula de produção da música Moves Like Jagger.

Jet anuncia fim da banda

27 de março de 2012 0

O grupo inglês estava junto há 11 anos. Anuncio foi feito pelos prórpios integrantes no site oficial da banda.

“Depois de muitos anos de sucesso de composições, gravações e turnês, queremos anunciar a nossa separação como um grupo”, escreveram os integrantes no site oficial do grupo. “Dos muitos pubs, teatros, estádios e festivais em todo o mundo foram os fãs que fizeram a nossa incrível história possível e queremos agradecer a todos. Obrigado e boa noite”.

Eles são mais conhecidos pelo hit “Are You Gonna Be My Girl?” do primeiro disco Get Born. O último trabalho do Jet é o álbum Shaka Rock, de 2009.


Justin Bieber lança novo single 'Boyfriend'

27 de março de 2012 0

Canção destoa de tudo oque o cantor já fez até o momento.  Single deve fazer parte de Believe, próximo álbum de Justin. O disco ainda não tem data de lançamento, mas o cantor adiantou que o trabalho vai contar com as participações de Lil Wayne, Drake e Timbaland.

Sobre a repercussão no Twitter, Justin Bieber comentou em sua conta no microblog: “É maravilhoso ver todos estes comentários sobre ‘Boyfriend’. É muito amor. Agora vamos colocá-la no topo! Obrigado!”

Ouça Boyfriend abaixo:


Atlântida e Titanic 3D

26 de março de 2012 0

Jack (Leonardo DiCaprio) e Rose (Kate Winslet) voltam ao cinema em 3-D no dia 13 de abril!!

Uma grande oportunidade para rever esse baita clássico dos cinemas, só que agora em 3D!!

A Atlântida está liberando 5 portas joias para os fãs do filme, uma baita lembrança!É só responder a pegunta: Você está preparado para voltar ao Titanic?

As 5 melhores respostas levam o brinde de barbada!

E para deixar vocês com um gostinho de quero mais segue abaixo o trailer oficial do filme! Dia 13 de Abril está quase aí para podermos rever essa linda história!

Novidade na Programação

23 de março de 2012 0

A Lista das Mais Pedidas vem com uma novidade: à banda Foster de People que apareceu em quarto lugar essa semana!

O grande Hit dos meninos (e que meninos) é Pumped Up Kicks que está tocando direto na programação!


Como eles estão estreando por aqui vou fazer uma pequena apresentação da banda para vocês: Mark Foster nos teclados, guitarras e vocais, Mark Pontius na bateria e Cubbie Fink no baixo e vocal de apoio.

O Foster The People é uma banda de Indie Rock de Los Angeles e estão se tornando conhecidos por outras músicas como Helena Beat e Call It What you Want. Uma banda nova cheia de estilo! Vale dar uma conferida nos outros clipes dos caras:


:)

Mais Pedidas da Semana

23 de março de 2012 6

A Rihanna continua liderando a lista das Mais Pedidas, mas tem novidade na lista!

Confere aí ;)

1 – Rihanna – You Da One

2 – David Guetta – Titanium ft. Sia

3- Armandinho – Sol Loiro

4- Foster the People – Pumped up Kicks

5- Charlie Brown Jr – Céu Azul

6 –Snoop Dogg & Wiz Khalifa – Young, Wild and Free ft. Bruno Mars

7 – Florida – Good Feling

8- Maroon 5 – Moves Like Jagger ft. Christina Aguilera

9 – Taio Cruz ft. Flo Rida – Hangover

10 – Adele- Set Fire to the Rain

11 – Coldplay – Paradise

12– Will I Am – Great Times

Marcelo Gross 'Sentando a caceta no Rock n' Roll!'

22 de março de 2012 0

por Arthur Gubert

O guitarrista da Cachorro Grande vem aí com seu primeiro disco solo. O projeto GROSS está em fase de gravação e o músico gaúcho adianta: “Vamos sentar a caceta no rock n’ roll!” Com o hiato de shows da Cachorro nos meses de janeiro e fevereiro, Marcelo Gross teve tempo para trabalhar nesse novo projeto.

A CG acabou de lançar seu último disco, o Baixo Augusta.

Todos os detalhes estão aqui embaixo, em um bate papo que o cara bateu com a Atlântida.


Cachorro Grande fazendo 10 anos. Disco novo, um monte de músicas conhecidas… Porque tu resolveu que agora é o momento de tocar esse trabalho solo?

Eu tinha muita coisa que eu fiz, muitas canções que estavam lá guardadas. Umas eu até fiz há pouco tempo, mas elas tavam lá implorando: “Pelo amor de Deus, me toque!”. E eu já tava há algum tempo com vontade de fazer. E isso agrega pra banda, porque são novas experiências. Então agora é o melhor momento: a gente acabou de lançar o último disco com a banda e esse momento de janeiro e fevereiro é um momento que baixa o ritmo de shows da Cachorro Grande, então eu tive um tempo livre e resolvi que era a hora.

Alguma música do repertório do teu solo é coisa que foi descartada pela CG, ou é tudo composição nova?

Olha é tudo inédito. Mas algumas coisas eu mostrava pros guris, e na época as vezes não tinha muito a ver ou eram muito pessoais – por terem mais a ver com oque eu vivo e tal. Mas o tipo de som é um róque porradão, que é oque eu sei fazer! São uns róques bem diretos, então eu acho que vai ser um disco bem honesto, com sons que vão direto ao ponto.

Quem são os músicos que estão tocando contigo?

Eu tô tocando com um power trio por enquanto. A gente tá gravando na casa do baterista que é o Cleiton Martins – que toca com um monte de gente legal como o Cidadão Instigado. E ele é um cara que eu conheço há muitos anos. Eu até fiquei na casa dele quando vim pela primeira vez a São Paulo, quando eu tocava bateria por Júpiter Maçã, e eu sempre tive muita vontade de trabalhar com ele. E ele tá produzindo o disco junto comigo. E tá sendo um lance meio porão: tocando ao vivo, sem metrônomo, um lance bem rock n’ roll pra depois levar pra um estúdio fodão (Estúdio Trama) e usar todos os periféricos pra dar uma bombada no som. E também tem o Fernando Papassoni, que a gente se conheceu bebendo junto na Augusta, e depois eu fui descobrir que ele é um baita de um baixista e tudo encaixou perfeito!

Como é que tá sendo gravar em trio?

Pois é cara… É totalmente diferente do que eu já fiz com a banda. É meio que uma volta as raízes isso que eu tô fazendo agora! Com o último disco da banda a gente usou tudo oque tinha naquele estúdio fodão da Trama e agora eu tô meio que voltando as raízes, tocando takes inteiros! E olha… É revigorante fazer isso!

Já que tu falou em voltar as raízes, nesse disco solo tu vai tocar só guitarra ou vai tocar outros instrumentos?

Ele basicamente vai ser um disco de rock n’ roll cru e direto. Mas alguma coisa de teclado, um bandolim em algumas baladas. Mas o disco vai ser no geral assim: um róque diretasso sentando a caceta no rock n’ roll!

E o nome?

O nome do projeto é GROSS. Mas o disco ainda não tem nome, até estamos pensando em alguns nomes…

O trabalho vai sair em quais formatos?

Bah velho… A melhor maneira de ouvir música pelo vinil! Mas todas as maneiras para ouvir música a gente vai usar. Eu mesmo não vivo sem meu iPod, então oque importa é ser música boa.

E participações?

Basicamente sou só eu. Mas eu gravei um som com a Mallu Magalhães que a gente vai lançar na sequência, pra adiantar alguma coisa. Mas o disco mesmo sou eu, os guris e um róque cru e direto!


No Camarim do Armandinho

20 de março de 2012 0

Esse encontro rolou no Reecontro Atlântida 2012.

Trocadalhos a parte, o Armandóca é um gente boa do melhor tipo! =)

siga @arthurdeverdade

Entrevista: Claus e Vanessa

20 de março de 2012 4

Em 2010 a dupla fez sua primeira excursão para fora do país. Eles tocaram no Brazilian Day em Nova York. Depois disso alçaram voos mais distantes: México, Portugal e Espanha. Mas apesar do passaporte cheio de carimbos, Claus e Vanessa não pretendem deixar desamparado o Brasil – e, sobretudo o Rio Grande do Sul – nessa empreitada após o lançamento do DVD ao vivo.

Nem teria como.

Com doze anos de carreira, a dupla vem colecionando sucessos e histórias ao longo de todo esse tempo. Desde os barzinhos da Cidade Baixa até as viagens e o DVD. E eles falaram de tudo isso pra Atlântida.

Doze anos de carreira em março, certo?

Claus: É isso mesmo. Doze anos desde que tocamos em barzinhos em Porto Alegre. A gente tinha uns 20 anos.

Vanessa: Se for contar tempo de noite mesmo eu canto desde os 16 anos. Mas nós dois juntos desde 2000, 2001.

E oque vocês ouviam com 20 anos?

V: Oque a galera na época ouvia com 20 anos: Marisa Monte, Djavan, MPB… A galera com 20 anos curtia música brasileira.

C: E não tinha isso de mp3 na época, então a novidade as vezes demora a aparecer. Mas de internacional eu já curtia Sublime, Hoodoo Gurus… Esse som mais do surfe.

Foi nessa época mesmo que vocês se conheceram e começaram a namorar?

V: É, foi nessa época. Tu nem lembra mais né?

C: Eu tava dando uma palhinha com o Armandinho num bar e ela tava sentada ali na frente. Aí eu disse pra ela que estava querendo dar continuidade em um projeto que eu tinha com a minha irmã, que estava saindo da dupla. Ela topou, a gente começou a ensaiar e nossos gostos musicais bateram. Foi aí que começou. A gente ia tocar e a galera recebeu bem o nome Claus e Vanessa. Depois disso não teve como mudar e a gente não se separou mais.

E quando é que vocês se deram conta que o trabalho de vocês tomou uma proporção grande?

C: A gente nessa estrada de doze anos passou por bastante coisa. Nada nunca aconteceu da noite pro dia. Foi um processo longo.

V: Nada do que a gente conquistou foi na boa. Ninguém apareceu e pá! As vezes a gente ia até na contramão do que outras pessoas acreditavam. Foi com muito trabalho.

Teve algum momento no começo da carreira de vocês que foi marcante, que vocês guardem na memória?

C: Ah tem sim. Quando a gente embalou e começou a pegar o fio da meada nos bares. Quando a gente começou a fazer um repertório bacana pra galera, a colocar o nosso estilo. A gente começou a ter uma galera que seguia a gente. Aí nessa época a gente tocava no Café do Lago – tocamos lá por 8 anos – então ali era nosso lugar, todo mundo sabia que ia lá e ia curtir o nosso som e aí começou a dar uma liga.

E como foi que rolou com a música na trilha sonora da Malhação?

V: Foi assim: um cara ouviu nosso som lá em Camboriú e levou pro Arnaldo Sacomani. Ele se apaixonou e levou pro Rick Bonadio. A gente ficou um ano e meio com o Rick Bonadio e foi através dele que a gente tocou na Malhação.

Foi nessa época que vocês cresceram pro Rio e São Paulo. Vanessa, tu fala que a Ana Maria Braga foi uma madrinha de coração de vocês. Por quê?

V: É ela foi sim. Foi ela que quis trazer a gente para o programa dela, ela inclusive cantava as músicas. A gente tava lá tocando e olhava pra Ana Maria Braga e ela sabia todas as letras! O marido dela deixou nosso CD no carro dela então ela sempre ouvia indo pro trabalho e acabou decorando tudo! A gente fez o último programa do ano, com música ao vivo, foi bem bacana.

Depois de conhecer a Ana Maria Braga e já ter músicas na boca da galera: como foi fazer o Brazilian Day?

V: A gente tinha um compromisso em Nova York e foi através do nosso empresário que conseguimos esse lance do Brazilian Day. Não era nada certo no início. Mas que deu certo! E talvez a gente volte nesse ano, né Cau?

C: É não é tão certo quanto voltarmos pra Europa. Já temos três shows marcados em Portugal.

Pois então, em Portugal vocês chegaram no Top 3 das mais baixadas do iTunes.

V: Chegamos em segundo lugar.

C: É tinha mais a Lady Gaga, Shakira…

Em que momento vocês começaram a usar a internet como divulgação?

V: Desde o começo.

E vocês tem alguma encanação com baixar a música de graça na internet?

V: Nenhuma. Inclusive tem que transformar a internet na nossa amiga e não inimiga. Se quiser baixar é só acessar o site e baixar de graça. A gente disponibiliza tudo.

C: Inclusive no nordeste piratearam Medo de Amar. Os caras colocaram em CD de Axé, Tecnobrega. Eles iam nos shows e diziam: “Nosso novo sucesso, Medo de Amar!” Aí não né? Furar os olhos não!

Janeiro do ano passado veio DVD.

V: O DVD tá sendo o encerramento de um ciclo. É um resumo dos dois últimos discos e que conta nossa história: como tudo começou, oque a gente passou… Tá tudo ali no DVD. E aí fecha um ciclo. E a cabeça já está no quarto disco.

C: O DVD tá sendo lançado lá em Portugal também.

E vão pra Europa denovo? Quando vão?

C: É pra ser no verão deles agora em junho, julho. O lance é que a música entrou mesmo em Portugal.

V: A gente fez televisão. A gente saia do programa ia pro shopping e já rolava autógrafo e tal. Foi muito legal!

E novidades? Vocês já tem na cabeça como vai ser o próximo disco?

V: Já. Tem algum repertório já pra esse próximo disco.

C: Mas a gente não sabe se vem daqui a pouco um outro DVD, ou só um CD…

A vibe que vem nesse próximo trabalho… Como é?

C: Moderna. Mas a gente não vai arredar o pé do violão, da nossa marca. A gente vai ter essa parte moderna, de ter o remix mas também vai ter o violão.

V: Na verdade a gente tem bastante liberdade pra fazer oque quiser. Daqui a pouco a gente coloca alguma coisa de reggae.

E as novidades vêm ainda esse ano?

V: Não, esse ano a gente vai focar na divulgação do DVD e focar em fazer esse novo CD.

Se vocês pudessem convidar qualquer pessoa pra tocar com vocês, fazer uma parceria. Quem seria essa pessoa?

V: Marisa Monte! Eu acho que eu choro!

Fofos, queridos, talentosos e nçao moram muito longe de ti.

por Arthur Gubert