Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cinco ideias alemãs que soam muito, muito mal em português

19 de agosto de 2015 6

Viver em um país diferente é se abrir para um mundo de descobertas. E descobrir também que muitas palavras simples na nova língua podem ser bem engraçadas, sem ter essa intenção. Aqui na Alemanha, por exemplo, eu recebo muitas encomendas pelo serviço de entregas GLS. Um dos principais partidos de direita se chama FDP. Aqui em Berlim é possível reformar seu barco em uma oficina chamada Bunda e, quem não superar isso tudo, pode ser atendido pelo Dr. Merda! Ok, é um veterinário, mas quem sabe ele indica alguém. De qualquer modo, estou certa de que ele entende de Kuh, que nada mais é do que uma vaca.

Mas passeando por Berlim as coisas não poderiam ser mais engraçadas. Outro dia me deparei com esse simpático bar, o Bum-Bum. Era para imitar a batida dos tambores. Ah, ta!

Que tal tomar uma no Bum-Bum?!?!?

Que tal tomar uma no Bum-Bum?!?!?

O curioso foi saber que a vizinhança é bem fiel a anatomia, por assim dizer. Do outro lado da rua funciona a loja de celulares Cu-Mobile.

Quem precisar de serviços de celular, usa o Cu...

Quem precisar de serviços de celular, usa o Cu…

Seguimos na mesma linha, então. Quer sair para fazer um lanche, convide a pessoa especial para comer Cô-Cô. Ops, no Cô-Cô, um restaurante vietnamita.

Ta com fome, que tal o Cô-Cô?!

Ta com fome, que tal o Cô-Cô?!

A comida fez mal? Não se preocupe! Basta correr para a farmácia mais próxima e pedir um chazinho da Sidroga!

Não ta dando mais? Sidroga!

Não ta dando mais? Sidroga!

Mas se o encontro correu bem e tudo vai acabar em casamento, Fudeus! Vá até essa joalheria comprar os anéis!!!!

Vai casar? Fudeus!

Vai casar? Fudeus!

 

Comente

comentários

Comentários (6)

  • Marcos diz: 19 de agosto de 2015

    Hehehe… muito bom!!!

  • Bernadete Kertzendorff diz: 19 de agosto de 2015

    Dei muitas risadas com este texto. Devemos tomar bastante cuidado com as expressões que usamos, sem falar de alguns nomes próprios, inclusive…

  • Marcio diz: 20 de agosto de 2015

    Pena que a “jornalista” destaca coisas tao superficiais. Infelizmente os catarinenses so tem olhos e ouvidos para estes tipos de coisas que vem daqui da Alemanha. Gostaria de ler um pouco sobre costumes e tradicoes e nao se uma loja se chama Fudeus…
    A Alemanha oferece bem mais que cerveja e pe de porco

    Saudades da minha terrinha
    Marcio

  • Carlos Bridi diz: 24 de agosto de 2015

    Olá Ivana,
    Como é a malícia do pessoal daí? Porque, se alguma loja aqui colocar: Sidroga ou Fudeus, não vai dar nem 5 min e já vai ter meme das lojas na internet kkkkk

Envie seu Comentário