Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O voleibol do melhor time do País voltou a aparecer

18 de janeiro de 2013 3

Foto: Alexandre Arruda/CBV

Poucas dúvidas pairam sobre quem pratica o melhor e mais consistente voleibol do Brasil. Esse time é o atual campeão brasileiro, o Sada/Cruzeiro.

Para corroborar minha opinião, basta que percebam a reverência com a qual todos tratam em suas entrevistas o adversário vitorioso ou derrotado:

-Vencemos (ou perdemos) o atual campeão da Superliga e vice-mundial! É o que proferem depois dos jogos.

Tamanho respeito não acontece à toa. O desempenho abaixo do esperado nas últimas partidas é resultado de periodização, desconcentração ou qualquer situação mais ou menos nobre.

Porém, se jogando abaixo do que se espera (vide as derrotas para o RJX e Medley quando se viu que jogou abaixo da metade do que pode) mantém-se na segunda posição, que podemos esperar quando estiver jogando o que pode?

Ontem, em Canoas, frente ao Móveis Kappesberg/Canoas deu provas de que o time estava num momento de queda e a tendência agora é subir.

Nenhum visitante havia vencido em Canoas, nem mesmo o líder RJX até ontem. Mas, bastou uma suave melhora de Wallace para que o Sada/Cruzeiro impingisse ao time da casa um 3×0 superando, além da torcida, um time guerreiro que não desistiu nem quando estava perdendo por 19×24 o primeiro set.

Gosto demais do voleibol do time de Marcelo Mendez. É um voleibol bonito, com jogadores habilidosos e taticamente muito bem estruturado.

É perfeitamente compreensível que Wallace demore para entrar em forma depois de virar o ciclo entre a Superliga passada e a Seleção.

O treinador do Sada, viu muito bem a necessidade da entrada de Maurício para equilibrar mais as ações de recepção e assim, a virada de bola foi fundamental para manter a pressão do time de Paulão sob controle.

Sobre o time gaúcho, seria bom que Paulão revisse a partida para entender a pouca tolerância que teve com Dentinho comparada com a que teve com Enoch.

Se Dentinho deu lugar a Enoch no fundo, Paulão deveria ter voltado o titular antes. Pois, Enoch deu mais prejuízo ainda. Não entendi essa substituição assim como não entendi a troca constante dos opostos. Xanxa estava marcado, as bolas que rodou não foram lisas, sempre tocaram no bloqueio, e Bergamo não tinha sido tão acionado assim para saber se estava bem ou não.

Outra coisa foi a demora em tirar Jotinha e colocar Rafinha. O levantador reserva só entrou quando a vaca já quase tinha ido para o brejo. Apesar de baixo, Rafinha é muito nessas horas de mudança. Com espírito muito guerreiro, protagonizou sempre momentos de virada. E também foi dele a quase virada no primeiro set, além da ótima sequência de saque de Gustavo.

De todo modo, achei um resultado normal, e vejo no confronto de amanhã entre Vivo/Minas e Móveis Kappesberg/Canoas (às 14 horas…isso é hora de voleibol?) como um confronto direto na luta pelo posicionamento entre o quarto e o sexto lugares.

Nos outros jogos, tentei assistir pela internet à partida entre São Bernardo e Vôlei Futuro, mas mesmo com minha internet em casa sendo de 10 mega, a transmissão travava o tempo todo. Então desisti. Mas, o 3×2 do São Bernardo deu ao time a quase certeza da manutenção da posição entre os oito, já que agora tem cinco e vantagem sobre o próprio time de Araçatuba que permanece em oitavo.

E é bom o time de Ricardinho abrir os olhos pois agora é perseguido de perto por quase todos os que estão abaixo até a UFJF que tem apenas três pontos a menos.

Aqui em Floripa o Super Imperatriz arrancou mais um ponto de um time que está à sua frente ao perder por 3×2 para o Vivo/Minas. Só é lamentável que nem transmissão pela internet teve um confronto desse nível.

Em Volta Redonda o time da casa venceu a UFJF por 3×2; E em Pindamonhangaba o RJX manteve a ponta do campeonato ao derrotar o Funvic/Midiafone por 3×1.

Amanhã, mais uma rodada de jogos importantes como: São Bernardo x Medley, Canoas x Minas, Super Imperatriz x Sada e Sesi x Vôlei Futuro.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • Guga diz: 18 de janeiro de 2013

    Bom dia.. vi apartir do 3set o jogo do cruzeiro, foi um jogo muito bom.. por qual motivo o Leal nao jogou? Acho uma tremenda falta de respeito um jogador do Naipe do Leal ser bancado por um do nivel do Mauricio

  • Falando de Vôlei » Arquivo » O que seria o melhor jogo da rodada de ontem ninguém viu… diz: 1 de fevereiro de 2013

    [...] porque no post que fiz no dia 18 de janeiro escrevi falando que tentei assistir ao jogo entre São Bernardo x Vôlei Futuro e não consegui porque a transmissão [...]

Envie seu Comentário