Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Lições aprendidas pelo Amil bem aplicadas sobre o São Cristóvão Saúde/ São Caetano

22 de janeiro de 2014 1
47892

Foto: divulgação/CBV

Pressão. A isso resumiu-se o jogo de ontem transmitido pelo Sportv que teve a vitória do Vôlei Amil. Pressão no saque, pressão no bloqueio, pressão no ataque, pressão de Zé Roberto sobre Claudinha…pressão.

É como um grande time deve ser diante de um adversário sabidamente inferior, impôs-se. Soube administrar sua superioridade inclusive nos raros momentos nos quais as coisas não deram muito certo.

Gostei de três jogadoras em particular, Claudinha – jogou demais, na minha opinião, muito bem mesmo. Walewska – como sempre tranquila, segura e com o mesmo ritmo o tempo todo. E a americana Kristin Hildebrand, que compõe muito bem time no tradicional estilo de jogo americano e sabe posicionar-se muito bem no block.

Sobre Claudinha quero fazer um adendo especial, estou há muito na expectativa de vê-la jogar nesse nível com mais opções de atacantes, pois no Minas, ela tinha pouca possibilidade de criar. Agora não, são sempre quatro atacantes excelentes para colocar em ação.

No começo do jogo de ontem, Zé Roberto mais uma vez deu uma chamada incrível nela porque estava insistindo com Tandara e a atacante não estava rodando. Porém, Claudia, com razão, ofereceu uma réplica ao treinador porque em todas as vezes tinha deixado Tandara no simples. Então, se o problema não era a levantadora e sim a atacante, por que Zé Roberto estava pressionando Claudinha e não Tandara?

Eu respondo, estratégia psicológica de mestre de Zé, assim entendida e muito usada por mim também quando humildemente fui técnico. Nem todas as jogadoras respondem bem à pressão. Quem sabe Zé Roberto tenha identificado isso em Tandara e por vias tortas tenha mandado seu recado?

E por que Zé Roberto não trocou a atacante? Precisava trocar no jogo de ontem ou era melhor deixá-la em quadra para recuperar-se depois de um começo claudicante?

Já Claudinha, não só não ficou abalada como manteve seu rendimento continuando a deixar suas atacantes constantemente no simples. Fazendo, então, que até Natália tivesse rendimento acima do que vinha apresentando, sendo a maior pontuadora e recebendo o Viva Vôlei.

Mais uma vez, não concordo com a premiação. Pela minha opinião até agora o amigo leitor sabe para quem teria dado o troféu.

Para Claudinha e também para aqueles que se espantam com esse tipo de cobrança, um lembrete: os mais capazes sempre serão os mais cobrados.

Do lado do time do São Cristóvão Saúde/ São Caetano, que faz uma campanha bastante digna, acima do esperado e quem sabe de sua capacidade, mesmo com a notória boa estrutura tática proporcionada pelo competente treinador Hairton Cabral, ontem o que pegou mesmo foi a limitação técnica.

O time do ABC sucumbiu à pressão do time campineiro, principalmente à pressão do Saque. O Amil não aliviou no saque por um segundo. Porém, uma equipe que é composta de jogadoras mais baixas e teoricamente mais jogueiras não deveria ter dificuldades na Recepção.

Hairton foi preciso em determinado momento ontem durante um Tempo: “elas estão intimidando vocês e vocês estão aceitando!” – perfeito, Hairton, foi isso mesmo, ótima leitura de dentro da quadra.

O 3×0 foi natural e no terceiro set o time de São Caetano jogou a toalha, foi 21×8.

Acho que o Amil aprendeu lições dos confrontos com o Molico.

Os outros resultados da rodada foram: Sesi-SP 3×0 Rio do Sul/Equibrasil; São Bernardo 0×3 Molico; Maranhão 0×3 Unilever e Uniara/Afav 1 x3 Brasília.

A vitória do Sesi o colocou agora pertinho do Pinheiros e deixa a próxima rodada, do final de semana, bem interessante. O Sesi enfrentará o Minas e deverá marcar os três pontos. Se o Pinheiros não pontuar diante do Banana Boat/Praia Clube perderá a quinta posição. Porém, vamos lembrar, nessa rodada não houve o jogo entre Pinheiros e Barueri que, portanto, tem um jogo a menos.

 

 

 

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • LUIZ GUSTAVO diz: 22 de janeiro de 2014

    O jogo ontem foi muito bom para o Amil. Esperava um pouco mais de pressão do São Caetano, pois qualquer set ganho seria uma vitória para esse time limitado porém muito dedicado. Concordo com você quando afirma que o prêmio viva volei deveria ser entregue a Claudia e não para Natalia que jogou um pouco melhor do que vem apresentando. Afinal em minha opnião ela esta bem abaixo de seu rendimento.
    Gostei da vitoria ontem do Brasilia é um time que vem crescendo e espero que dê trabalho aos ” grandes”, pois competência e raça tem de sobra.

Envie seu Comentário