Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sesi-SP Campeão Sul-americano.

10 de fevereiro de 2014 13

1012264_639754576080053_646589329_n

A final do torneio continental feminino tinha tudo para dar zebra. E deu. Com direito a um 3×0 implacável.

Sim, porque tendências não são coisas a serem desprezadas.

O crescimento do voleibol do Sesi e a notória queda de rendimento do time do Molico estavam deixando no ar para todos essa possibilidade.

No dia 19 de janeiro, quando o Molico conquistou o título da Copa Brasil, teci diversas considerações num post bastante contundente e crítico sobra a estrutura tática do time de Osasco. Citei, também, que parecia ter faltado um pouco de coragem ao Sesi para definir certos pontos.

Ontem, não, sobrou coragem ao time da capital e o time de Luizomar deixou em todos a lembrança da mesma atuação da final da Superliga do ano passado diante do Unilever.

Então meu questionamento é, como podem Fabíola, Sheilla, Thaísa, Adenízia, Brait e coloquem as jogadoras que quiserem para completarem o time serem multicampeãs com a Seleção (vamos lembrar que no ano passado o time de Osasco era a própria seleção campeã em Londres, apenas sem as Fabianas e Dani Lins) e pelo seu time sucumbem a times inferiores na hora de decisões importantes?

Ah, Rodrigo, mas eles venceram o Paulista e a Copa Brasil. Sim, mas quando todos ainda estavam no início de seus planejamentos. Agora na fase final da temporada é que o trabalho da CT é visto.

É importante ressaltar que isso não é perseguição como alguns leitores gostam de crer e se doem ao lerem críticas aos seus times de coração e seus ídolos. São costumeiras constatações sobre as mesmas equipes que não posso furtar-me de escrever.

Individualmente sobre o Molico pouco dá para escrever.

Quanto ao time do Sesi foi para cima com tudo, taticamente perfeito nas marcações.

Talmo foi muito inteligente em jogar uma boa rede de Block para cima da rede de duas do Molico que tem Adenízia.

Na “bela” troca que Luizomar fez quando colocou Gabizinha e a rede de duas com ela e Adenízia empacou contra Fabiana, monstruosa, no Block, o treinador do time de Osasco mais perdido que o time em quadra não fez voltar a titular Malagurski para tentar rodar a rede. Resultado, o Sesi abriu demais na empacada e o jogo ficou irrecuperável.

Dani Lins distribuindo corretamente; Ivna jogando como se joga contra ex-clube; Suelle dando profunda estabilidade ao time, que atuação dela, discretíssima, mas importantíssima. Bia bloqueando como sempre. E até Dayse derrubando muitas bolas.

Além disso, uma atuação de gala da Central bicampeã Olímpica Fabiana, para mostras a todos, que as centrais titulares do Brasil em Londres são insubstituíveis no momento. Qualquer coisa diferente e o Brasil estará perdendo.

Para finalizar o post, logicamente eu, assim como 90% das pessoas, esperava uma vitória do Molico. Porém, concordo com Marco Freitas (fato raríssimo), quando ao final do jogo ele disse que o Sesi deu um banho tático do Molico (lógico, sem falar Molico…rsrsrsrs). Pena ele não ter sido mais explícito – eu sou.

Eu vou além, Talmo deu banho tático em Luizomar e no final, recebeu seu merecido banho de isotônico gelado.

 

Bookmark and Share

Comentários (13)

  • LUIZ GUSTAVO diz: 10 de fevereiro de 2014

    Falei em post anterior que o Sesi tinha camisa e time para vencer o Molico. E que jogo, e que vitória. Isso serve para selar que o Molico não é um time imbatível Sheilla a meu ver já não é a mas mesma, idem para Thaisa e Sanja instavel demais em todos os fundamentos.Nota 10 para Fabiana e Ivna pois tiveram garra e botaram bolas importantes no chão, isso sem falar na Suelle que jogadora espatacular .
    Esse jogo pode ser um divisor de aguas para o Sesi rumo ao titulo da Superliga.

  • Nei diz: 10 de fevereiro de 2014

    Rodrigo, mais uma vez parabéns. Você comenta tão bem nos posts que não sobra nada pra gente dizer, além de concordar. Me lembrou realmente da final do ano passado. E não consigo achar uma explicação, parece um pouco de salto alto: entraram achando que já estava ganho e se deram mal, porque o Sesi jogou demais. Amo a Fabiana, nunca achei a Thaísa melhor que ela, embora concorde que a primeira está em melhor fase. Fui.

  • Nei diz: 10 de fevereiro de 2014

    Complementado, nessas horas fica claro por que a Fabíola não foi à Olimpíada. Zé Roberto deve ter assistido ao jogo falando assim com o pessoal: “Viu, ela tem o mesmo jogo da Dani, só que piorado”. Ela é muito imprecisa, não faz as melhores escolhas e não se acertou com Sheilla até hoje. A seleção precisa de outra levantadora reserva e algo me diz que a Fabíola ficará fora de novo. Acho que quem vai é a Claudinha.

  • Léo diz: 10 de fevereiro de 2014

    Acho que falar em título pro Sesi ainda é muito cedo e otimista, mas que bela surpresa…

  • João Lucas diz: 10 de fevereiro de 2014

    O Sesi ignorou o Molico. Fabiana, Ivna e Dani Lins fizeram uma partida espetacular e o time era Vila Leopoldina ganhou na bola. Suellen e Suelle dominaram o fundo de quadra de interessante deixando Fabiana brilhar.

    Luiz Gustavo concordo em quase tudo que disse, principalmente em relação a espetacular Sheilla que vem atuando com uma certa preguiça, mas, não em relação a Thaísa. A central de Osasco foi a jogadora mais regular do time no torneio e saiu como a maior pontuadora do time em diversos jogos. É aquilo, de nada adianta ter uma central diferenciada como Thaísa se não tem jogo pelas pontas e não tem mão. Fabíola jogadora que sempre gostei esta terrível e a derrota de ontem passa pelas suas mãos. Está deixando sua vaga no Mundial escapar.

    É bom Adenízia colocar as barbas de molho, a jovem Ana Beatriz está aí uma vez que Juciely é carta fora do baralho.

  • Samantha diz: 10 de fevereiro de 2014

    Vendo partes do jogo não posso dar uma contribuição a altura que o jogo pede em se tratando de comentário, mas mesmo vendo trechos tenho algumas considerações.
    Ontem comentei no Twitter que a Fabiola perdeu novamente, e você, Rodrigo disse que não podemos esquecer o que ela fez na seleção. Sinceramente acho a Fabiola na seleção uma e no clube outra. Não ha o que duvidar do talento dela, torço para que ela vá para as Olimpíadas no Rio, pois talento ela tem.
    O que faz esse time grandioso perder?? Sua comissão técnica?? Se for me preocupo, pois não é o Luizomar que cuida da seleção de base???
    Se com estrelas formadas ele não consegue dar liga, imagina com atletas em formação? Seu trabalho ali é diferente??
    Ao Sesi digo parabéns por ir contra a mare. Parabéns ao Talmo por fazer bom trabalho apesar de inúmeras críticas. Mas que não devemos empolgar, tem trabalho duro pela frente e continuar galgando seu lugar, nada de soberba.
    Abraço

  • Welmer diz: 10 de fevereiro de 2014

    O time de Osasco há um bom tempo já vinha pedindo para perder, e essa derrota veio ontem, justamente numa final.

    Ontem, o time inteiro jogou mal. Fabiola, pra mim, até o segundo set estava tentando puxar o time, mas não conseguiu e no terceiro set sucumbiu a postura apática do time. Sheilla, não sei o que acontece com ela, tá jogando mal e não dá sinais dentro da partida que pode se recuperar, espero que essa derrota dê uma chacoalhada nela e ela volte a praticar seu melhor voleibol. As centrais não tinham muito o que fazer, estavam muito marcadas, uma vez que as atacantes de extremidades não estavam virando nada. Agora, fiquei muito surpreso com a substituição do Luizomar no segundo set, pra mim, naquele set Sanja vinha bem e virando bolas, aí Luizomar coloca a Gabi?! Se o Sesi conseguiu essa vitória, pode-se colocar parte dessa vitória na conta do time osasquense, que jogou muito mal.

    Não posso tirar os méritos da equipe do Sesi, que vem numa crescente e jogou um voleibol de alto nível. Torci muito durante aquela fase ruim do time para que elas se recuperassem e hoje está aí, o time é campeão Sul-americano e tem vaga garantida no mundial.

    E, pra mim, essa é a grande graça da final em jogo único: tudo pode acontecer! Agora, num possível encontro nas semifinais da Superliga, não acredito que Osasco possa ser eliminado.

  • João Lucas diz: 10 de fevereiro de 2014

    Bem Rodrigo, em seu post comentou três pontos interessantes.
    -A titularidade absoluta das centrais Thaísa e Fabiana. Não existe no voleibol brasileiro atualmente que chegam perto do voleibol que as duas jogam. Não adianta pedir por Juciely, Adenízia e outras que as titulareKimis estando em forma são indispensáveis.
    -O time de Osasco perdeu por causa de um trabalho acredito que não bem feito da comissão técnica. A impressão que passou foi que a comissão de Luizomar parece não ter estudado o adversário, daí saiu o banho do time de Talmo que estudou e muito o time de Luizomar e suas ponteiras inconstantes.
    -Falou posteriormente em seu comentário sobre Fabíola está mal orientada e treinada. Sempre elogiei Fabíola por ver nela talento e ela realmente tem só que vem de atuações irregulares e não é essa levantadora que eu vi jogar no Pinheiros.
    -Pra finalizar em outro comentário disse sobre o mal planejamento ou falta dele nas categorias de base. A base é mal gerenciada quem discorda disso eu gostaria que me respondesse: Temos ponteiras que saibam passar, defender, bloquear, atacar e sacar? Daquelas jogadoras completas? A resposta é que a única é Jaqueline. Elas passam de toque (não são treinadas a passar de manchete) e quando o passe não sai vai parar nas arquibancadas.
    Temos centrais altas matadoras como Thaísa e Fabiana? Não, na base tem até central com tamanho de líbero. Então meus caros preparem seus corações para o pós-2016, quando Zé Roberto e mais da metade das jogadoras desta vitoriosa seleção a deixarem.

  • Guga diz: 11 de fevereiro de 2014

    Outro problema que teremos no futuro, é que nossas jovens ponteiras/opostas são muito baixas para o padrão internacional, Gabi, Hellen, muito baixa e não passam com regularidade, mesma coisa das Centrais, não confio no ataque da Bia e Adenizia, sempre erram em momentos decisivos

  • Paulo diz: 12 de fevereiro de 2014

    Meus caros, a derrota do Molico significa mais do que imaginávamos.

Envie seu Comentário