Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

No Mundial os favoritos se mostram desde a primeira rodada

02 de setembro de 2014 2
Foto: FIVB

Foto: FIVB

Parece ser senso comum afirmar que o Campeonato Mundial é uma competição longa e até o final muito pode acontecer.

É verdade, mas, desde o início a intensidade e a consistência dos favoritos já podem ser medidas.

Brasil e Rússia são tidos e havidos como os grandes favoritos, os melhores do mundo e mostraram isso na primeira rodada. Enfrentaram dois adversários do segundo escalão do voleibol mundial, Alemanha e Canadá, dois times contra os quais em dias ruins talvez fosse possível perder, mas ao contrário impuseram sua condição de favorito.

Itália e Estados Unidos, as seleções que são colocadas no segundo degrau, postulantes ao lugar nas semifinais e quem sabe na final, não fizeram o mesmo. A Itália perdeu para o Irã, uma boa equipe é verdade, mas que ainda não pode ser considerada como grande e os americanos perderam dois sets para a Bélgica, um bom time, do mesmo nível de Canadá e Alemanha.

Mas, os poloneses foram os que roubaram a cena na primeira rodada. Não só pela maiúscula vitória diante de uma vulnerável Sérvia que se deixou intimidar pelos 62 mil torcedores do Estádio Nacional em Cracóvia, mas exatamente pela fantástica festa que estão fazendo ao sediarem o Mundial.

É de causar inveja aos outros participantes e de matar de inveja quem não está podendo conferir de perto a loucura que é andar nas ruas e ver milhares de pessoas usando a camisa da seleção de vôlei com o nome dos jogadores da seleção nas costas, banners pelas ruas, ginásios sempre cheios, cachecóis e muita alegria nas arquibancadas.

Os poloneses, meus queridos leitores, lotaram o ginásio para assistir Austrália e Camarões em Wroclaw, Breslávia para nós brasileiros, mas que em bom polonês se pronuncia: “var-su-af”.

A Polônia terá mesmo que se amparar nessas coisas porque sua equipe já não tem a mesma força daquela vice-campeã mundial em 2006 e campeã da Liga Mundial em 2012.

Outras equipes podem surpreender? É difícil. Minha aposta continua a mesma em Brasil, Rússia, Estados Unidos, Itália, Irã e Alemanha para chegarem entre as seis primeiras. Dali em diante, Brasil e Rússia terão que comprovar o favoritismo e atropelar na reta final para conquistar o campeonato.

Uma coisa é certa, o ginásio estará sempre lotado.

 

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • hicham diz: 2 de setembro de 2014

    Isso mesmo Rodrigo.A escolha da Polonia para ser sede deste Mundial foi mais do que acertada.Hoje assisti também a derrota dos Eua para o Irã na net,apesar da imagem meio-sofrível.Quero ver como todos esses times irão se comportar na fase do mata-mata.Aí veremos quem é quem.Torço para a Rússia cruzar com a Alemanha e perder novamente como tem sido nos últimos confrontos entre eles.A Alemanha não respeita a Rússia como deveria e parte prá cima deles com tudo e vence.Concorda Rodrigo? Abraços.

  • Daniel_Sam diz: 4 de setembro de 2014

    Rodrigo, me desculpe se parecer desnecessário, mas…

    Que foto bonita, dá até uma sensação de estar dentro da quadra.

Envie seu Comentário