Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Coluna DC desta sexta, dia 07

07 de setembro de 2012 0

Arregaçando as mangas
O presidente em exercício do Figueirense está inteiramente dedicado a colocar o trem nos trilhos. Do alto dos seus 79 anos arregaçou as mangas e não tem medido esforços e nem poupado tempo para resolver as questões mais duras no clube. Aliás já deixou claro a todos quem está no comando e que,  neste momento, o Figueirense tem um presidente. Ao mesmo tempo colocou um prazo pra esta nova passagem no mais alto cargo do clube. Garante que fica somente até o final do ano.

Braço Direito
O advogado Fabrycio Raupp esteve reunido por 2 horas na manhã desta quinta-feira com o presidente em exercício do Figueirense, Odorico Duriex. Ele, a partir de agora, vai ser uma espécie de braço direito do dirigente. A idéia de Duriex é ter alguém de confiança para analisar e tocar as questões jurídicas, administrativas e até financeiras do clube. Não está descartada a hipótese que o advogado seja convidado para o cargo de vice-jurídico.

Quem é ele?
Fabrycio Raupp é advogado com atuação na área empresarial, no mundo dos negócios. Teve intensa participação quando cisão com a Figueirense Participações, entre o final de 2009 e o início de 2010. Fez, na época, a interpretação do contrato existente entre o Conselho e a Participações. Ao mesmo tempo, Raupp foi contra o contrato inicial, no formato em que foi apresentado à época, com Wilfredo Brillinger. Além de tudo isso, participou recentemente, em nome do conselheiro Klaus Raupp, que está morando nos Estados Unidos, da reunião do Conselho que dedidiu a criação do Comitê de Transição.

Presidente Zunino na TVCOM
Fiz o convite pessoalmente e ele aceitou. Em duas conversas rápidas durante a semana, o presidente João Nilson Zunino confirmou a presença no Bate Bola deste domingo, dia 09, na TVCOM. Foi uma semana toda especial para o Avaí, com as celebrações do aniversário de 89 anos do clube. Junto com Zunino a presença do chargista e jornalista multimídia Ze Dassilva.

O Desafio do Criciúma
A ausência do artilheiro Zé Carlos nas próximas 3 semanas cria o obstáculo que o Criciúma não está encontrando na Série B. Zé é insubstituível no time atual. É claro que um atacante vai jogar no lugar dele, mas um goleador de 20 gols em 20 jogos, e que está decidindo as partidas, é insubstituível em qualquer equipe. O artilheiro já esteve fora em 2 partidas, mas agora fica fora numa sequencia mais longa. Superar essa ausência de impacto e se manter firme na briga pelo título é o grande desafio a partir de agora.

Envie seu Comentário