Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Coluna quarta 12 Setembro 2012

12 de setembro de 2012 0
  • Só Cleber salva!

    O Avaí contratou um atacante com nome de Jesus, mas continua sendo Cleber Santana o salvador. Num jogo terrível da equipe de Hemerson Maria, o Leão venceu num sufoco danado. O time fez exatamente o contrário das duas últimas partidas, quando jogou bem e não venceu. Desta vez, jogou mal, muito mal mesmo, mas o resultado foi importantíssimo.

    A vitória mantém o time vivo na competição. Mas foi por pouco. Agora fica a apreensão pela situação do próprio Cleber, que saiu machucado.

  • As parcerias do Avaí

    E não é que a tal da confidencialidade ataca também pros lados da Ressacada? Desde o início do ano temos falado, e ouvido falar, sobre as possíveis parcerias do Avaí. Uma delas do setor imobiliário. No início do ano obtive a informação de que um grupo português estaria interessado. Agora este leque se abriu para investidores estrangeiros. Mas, no clube, pouco se pode falar. O acordo a ser firmado prevê a tal da confidencialidade. Mas a questão está sob análise jurídica e a cargo do vice-presidente, que é homem das leis – o desembargador Nilton Macedo Machado.

  • Vaga em risco!

    O momento do Criciúma é muito ruim. Dos últimos 21 pontos somou somente sete. É um aproveitamento de apenas 33%. Muito abaixo daquilo que o próprio time construiu ao longo do campeonato. E o futebol da equipe está descaracterizado. Contra o Goiás foi irreconhecível. O vilão de sábado foi o que se salvou na partida do Serra Dourada. Não fosse Michel Alves, seria outra goleada. Confiava de olhos fechados no acesso do Criciúma, mas agora, por incrível que pareça, a vaga do Tigre está em jogo.

  • Comitê

    Além da lista dos jogadores do Figueirense que tiveram parte dos direitos transferidos para a Alliance, no final de 2011, a reunião do comitê que administra o clube também deve discutir outras operações internas. Uma delas foi a venda do volante Ygor e quanto isso rendeu. Integrantes do comitê chegaram à conclusão de que Ygor custou R$ 750 mil ao clube. Já o retorno, na venda recente, foi de apenas R$ 500 mil dos R$ 2 milhões de multa que o Inter pagou.

  • Em campo

    Contra o Cruzeiro, mais uma vez o Figueirense vai ter que se superar. O time está sem Fernandes, menos mal que Aloisio foi liberado. O técnico Márcio Goiano vai tendo que administrar o grupo rodada a rodada. O principal problema da temporada está relacionado ao meio. E mesmo assim o Figueirense precisa se impor nesta noite. Na base da garra, da correria, da entrega… mas precisa se impor.

  • Derrota e rodada ruins

    A derrota já seria muito ruim, mas a combinação de resultados da rodada fez tudo ficar ainda pior na noite de ontem para o Joinville. O gol do ASA no final da partida foi o golpe fatal num dia em que nada dava certo. Agora é seguir para Fortaleza, mas lá vai ser mais difícil contra o Ceará.

Envie seu Comentário