Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Coluna Diário Catarinense - 01/10

01 de outubro de 2012 3

Briga pelo título
O Criciúma jogou fácil, chegou a terceira vitória seguida e encostou no líder da competição. Vencer o CRB fora de casa significou dar mais um passo decisivo para o acesso. Significou também voltar para a briga pelo título da competição. A oscilação era natural e num campeonato de 38 rodadas qualquer time tem sua má fase. É só ver o que está acontecendo com o Atlético-MG na série A. O importante é que o Criciúma ressurgiu com força. Pelo histórico da série B, faltam apenas 10 pontos para o acesso. Em 11 rodadas isto não é mais problema. Com 3, 4 ou 5 vitórias a mais, vai subir de qualquer jeito. A briga agora é pelo título.

Lucca e França
O jogo de sexta mais uma vez teve o brilho do garoto Lucca. Ele está fazendo uma competição fantástica. No final do ano vai ter disputa pra ver quem leva o jovem talento do tigre. Contra o CRB foi uma na trave e mais um gol pra conta dele. Joga fácil esse Lucca. Cabe o registro também da estreia de outro jovem. O volante França recém chegado do Coritiba comandou a sustentação da defesa e também a saída de bola. Orientando o sistema defensivo, mostrou personalidade. Acredito que, que se estiver em condições, ganhou a vaga que estava em aberto desde a lesão de Elias.

Mais uma de Argel
Passei a semana inteiro dizendo que uma vitória no sábado mudava a vida do Avaí na série B. E mudou mesmo. O Avaí voltou pra briga. Venceu o líder, se fortaleceu por isso e ainda reduziu a distância para o G-4. A rodada foi ótima para o Avaí, com as derrotas do São Caetano e do Atlético-PR. Como futebol é jogo a jogo, amanhã o Avaí já vai ter que comprovar mais uma vez o bom momento. Argel chegou e já são duas vitórias. Contra o Asa vai ser mais uma de Argel?

Joinville secou direitinho
Em Joinville o final de semana foi de folga para os atletas. Mas certamente a missão foi secar os adversários. E como secaram bem! Se a rodada foi boa para o Avaí, também foi para o Joinville. O time venceu na terça e esperava pelos resultados para confirmar a reaproximação do G-4. Agora em uma rodada tudo pode se resolver. Vencendo o Barueri, o JEC pode até voltar ao G-4.

Marasmo alvinegro

Foi a pior partida do Figueirense sob o comando do técnico Márcio Goiano. Uma apatia inaceitável para uma equipe que luta contra o rebaixamento. O jogo contra o Vasco parecia cumprimento de tabela para o rebaixamento. A saída de Caio, aos 24 minutos, foi o final da única possibilidade que a equipe tinha. A lesão, confirmada agora, complica ainda mais as coisas. Que ano para o Figueirense! Nada dá certo, dentro e fora de campo.

Comentários (3)

  • Rogerio Jlle diz: 1 de outubro de 2012

    Xo… mala, pare de secar o JEC!
    Fale somente dos times da capital e do Criciuma se eles quiserem!
    Nao precisamos de seus comentarios em Jlle.
    Grato!

  • Jonas Jones diz: 1 de outubro de 2012

    Faraco, legal que agora tem um blog teu.

    Abração.

  • João Otávio (CEC) diz: 1 de outubro de 2012

    Rodrigo, ótima sua coluna. Continue postando diariamente!
    Aqui em Criciúma apostamos num ponto de corte este ano em 67 pontos, pois as equipes lá de baixo como podemos ver tem um aproveitamento muito baixo.

    Sendo que 67 pontos da o acesso de certeza, o Joinville tem chances precisando fazer 20 pontos dos 33 possíveis. A situação do Avaí é ainda complicada, apesar das duas vitórias, já que precisaria de 24 pontos dos 33 possíveis ou seja, perder no máximo 3 jogos dos 11.

    Sim, creio que vai ser mais que 65 pontos que foi o ponto de corte em 2009.

Envie seu Comentário