Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Coluna - DC - segunda-feira - 03/12

03 de dezembro de 2012 0

Laércio

O atacante do Avaí foi oferecido nesta última semana ao América-MG. O técnico Vinícius Eutrópio gostou da indicação e ligou para alguns amigos em Florianópolis para saber mais detalhes do jogador. Detalhes que ultrapassam a bola que ele joga. Gostou do que ouviu. A pergunta era se Laércio seria um bom parceiro de ataque para Fábio Júnior. O atleta, que fez um bom final de Série B com o Leão, está com o nome no mercado. Será que vai? Será que fica? O Avaí que se mexa!

Veto do treinador

Esta é mais uma história de bastidores sobre a montagem do time de 2013. Logo que acertou, o técnico Adilson Batista leu aqui no DC e neste espaço que a direção estava acertando com o atacante Fábio Júnior, este mesmo do América-MG. Adilson não aprovou e ligou de imediato para Florianópolis. A frase foi mais ou menos assim: “Vocês não me contrataram para ser o técnico e para montar o time? Então, o que é isso que estou lendo aqui no jornal?”. O veto foi atendido e a contratação, abortada. Como se sabe Adilson não é um adepto dos times com atacante de área.

Comelli

Passo a passo o Criciúma vai acertando a casa para dar a largada para 2013. A renovação do contrato de Paulo Comelli significa coerência. Mesmo com o impasse financeiro que empurrou a decisão para este domingo, a situação se definiu de acordo com o desejo da torcida. O trabalho foi bem feito e teria mesmo que seguir. Cheguei a ficar receoso de que a demora pudesse provocar um desfecho diferente. Agora vem a cobrança natural: a primeira missão de Comelli é vencer o Catarinense, algo que o Criciúma não faz desde 2005. Aliás, o Tigre já sai como o grande favorito para o Estadual.

Alô, Zunino!

Ô presidente, o torcedor do Avaí não aguenta mais esperar por uma palavra sobre o que vai vir pra 2013! Era segunda passada, ficou pra quarta ou quinta, e depois, pra hoje. Será que sai a entrevista, presidente? Duas perguntas são as mesmas de sempre e outras duas são novas. As de sempre: Argel fica? E Marcelinho? As novas: René aceitou? Qual o projeto apresentado a ele? Está tudo na cabeça do presidente, e na Ressacada todo mundo espera pelas decisões dele pra tocar os projetos.

Envie seu Comentário