Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sentimento de culpa

18 de junho de 2013 1

Foi Dunga que deu o golpe de misericórdia na carreira de Adriano ao deixa-lo de fora da Copa do Mundo 2010. Em cima da hora, o atual treinador do Internacional, então da Seleção Brasileira, chamou Grafite e cortou da lista, que estava praticamente pronta, o atacante que agora ele aprova para o Internacional. Adriano estava em queda livre no Flamengo, depois de ter feito uma temporada sensacional como campeão brasileiro em 2009.O corte para a Copa foi um golpe forte e, certamente, ajudou a afundar mais o atleta. De lá pra cá Adriano nunca mais fez nada de consistente no futebol. Essa chance dada por Dunga parece refletir um sentimento de culpa pelo ocorrido em 2010. Aliás, Adriano como estava naquele ano poderia ter sido útil naquela partida contra a Holanda, mas Dunga contava com o “trunfo” Grafite no banco…

Comentários (1)

  • Ricardo diz: 18 de junho de 2013

    Não vou entrar no mérito do que ocorreu na época…
    Mas esse teu comentário parece comentário de torcedor do flamengo magoado pois na época não levaram o craque do time.
    Abraço

Envie seu Comentário