Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O inferno da Espanha é aqui no Brasil

18 de junho de 2014 0

Tão cedo os espanhóis não vão querer ver sua seleção por aqui. O domínio espanhol no futebol mundial ruiu e o cenário foi o Brasil, desde o ano passado. A eliminação precoce, ainda numa segunda rodada de Copa do Mundo, foi com requintes de crueldade. Teve goleada na estreia, teve derrota no Maracanã, teve olé _ um grito especialmente deles, das touradas _ com o toque de bola chileno. E foi uma eliminação sem qualquer reparo. A Espanha não jogou absolutamente nada nesta Copa. Um dos símbolos da geração vitoriosa sequer entrou em campo na partida desta quarta, o excelente meia Xavi. O Tike-Taka acabou! Bateu fraco como os ponteiros de um relógio enferrujado. A Espanha dá adeus à Copa do Mundo na eliminação mais vergonhosa de um campeão mundial.

Del Bosque ignorou os sinais
O técnico espanhol não quis acreditar que algo precisava mudar. O primeiro sinal veio ainda no ano passado, quando o Brasil atropelou a Espanha, no Maracanã, na final da Copa das Confederações. O time espanhol nunca deixou de ser muito bom, mas era preciso renová-lo, dar novo vigor que sustentasse a qualidade dos grandes craques. O segundo sinal foi dado quando Xavi deu mostras de um desgaste enorme na temporada regular, pelo Barcelona. Del Bosque preferiu seguir apostando em seus craques históricos e o resultado foi implacável. A nova geração, que também é boa, estava pedindo passagem. Agora já era e a renovação vai ter que acontecer. Todo time acaba, por melhor que seja. O time histórico da Espanha bicampeã da Euro e campeã Mundial acabou.

Envie seu Comentário