Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dunga do jeito dele

23 de julho de 2014 1

Dunga sempre foi muito competitivo. É o jeito dele. Detesta ouvir falar a expressão “futebol arte”. Para ele existe o futebol competição e ponto final. Desse jeito sempre foi vitorioso e pode voltar a ser com a Seleção, não há dúvidas.

.: Leia mais notícias sobre Esporte

O problema é que esse jeito de encarar a profissão dificulta a análise do que realmente está acontecendo no futebol mundial e produziu uma visão distorcida, por parte dele, do que ocorreu na Copa do Mundo. Para Dunga, apenas o Chile foi ofensivo. O novo técnico da Seleção não consegue perceber que as duas últimas seleções campeãs mundiais – Espanha e Alemanha – jogaram um futebol de domínio, com posse de bola, envolvimento e, também, competitividade.

Na entrevista coletiva de apresentação, Dunga disse que viu as equipes jogando como a Seleção dele fazia em 2010, compactados no campo de defesa para sair em contra-ataque com velocidade. Era assim que o time jogava na África do Sul, mas não foi assim que Espanha e Alemanha ganharam e dominaram, encantando a todos. É o jeito dele de ver. E é o jeito que se pode esperar a Seleção jogando nos próximos anos.

Comentários (1)

  • elton diz: 23 de julho de 2014

    Olha sinceramente não vejo que teremos maiores mudanças na nossa seleção,pq o Felipão não teve culpa nenhuma pelo Brasil não ter conseguido ganhar a copa em casa,vejo q a gurizada sofreu e muito com a pressão de disputar em casa o mundial e isso sim pesou.Gosto muito do Felipão e acho q ele deveria seguir ,o problema é q no Brasil quando se ganha é idolatrado e quando se perde é execrado,principalmente pela imprensa esportiva e o povo vai no embalo,mas a vida segue e boa sorte ao Dunga,pq como Brasileiro sempre torço pela nossa seleção,seja nas grandes vitórias,como nas derrotas.Essa imprensa brasileira é que têm de rever seus conceitos.

Envie seu Comentário