Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Vídeo: diretor da Chapecoense pressiona árbitro Héber Roberto Lopes e pode se complicar

29 de março de 2015 68

O segundo tempo entre Chapecoense e Figueirense demorou para começar. O trio de arbitragem não sai do vestiário. Descobri depois que o problema foi com o gerente de Futebol do Verdão, Cadu Gaúcho. Ele foi até o vestiário cobrar o árbitro Héber Roberto Lopes de um toque na mão do lateral-esquerdo Roberto Cereceda, do Furacão, o que causaria a expulsão do jogador. Héber só voltou a campo quando Cadu foi retirado do local.

Veja o vídeo que recebi:

Comentários (68)

  • Diogo diz: 29 de março de 2015

    O vídeo mostra cobrança por cartão, e não por pênalti. Essa imprensa da capital….

  • mauro jr alvinegro diz: 29 de março de 2015

    Isso pra mim só mostra o desespero deles em não conseguir ganhar nenhum jogo contra onfigueira e deixar escapar a vaga da final. Com todo respeito, mas a Chape vai seguir ospassos do Criciúma do ano passado, contratou uma arsenal de jogador, ficaram autoconfiantes por achar que seria os maiores favoritos ao titulo e agora irão para vala… Pode ter ctza disso.

  • Jairo diz: 29 de março de 2015

    Figueirense tem um técnico que põe pilha no juiz, jogador do time do estreito frequenta delegacia , todos batem direto, levam 8 cartões e fazem cera. Aqui é Chapecó !

  • Carlos Vanderlei Santos diz: 29 de março de 2015

    O futebol brasileiro tem craques dentro de campo sobrando. Exporta talentos numa quantidade enorme. Tem jogador brasileiro em diversas seleções do mundo. O último exemplo é Éder, criado no Criciúma e fazendo sucesso na azurra. Fora das quatro linhas o amadorismo é algo profissional. Isso mesmo. Tem gente gerindo o futebol que muitas vezes não sabe nem como é feita uma bola. Assisti também algumas partidas no estadual que foi de chorar, pela péssima qualidade dos times. Enquanto esta atividade comercial for administrada por “amigos”, vamos continuar vendo estas situações. A minha sugestão é de que essa turma assista de vez em quando alguns jogos de campeonatos pelo mundo, que estão a nossa disposição na TV a Cabo, a qualquer momento. Senão vamos levar uns 300 anos para melhorar.

  • Moreira diz: 29 de março de 2015

    Penalti?Acho que vc nem ouviu a gravação.O que o dirigente pede é a expulsão do Cereceda.Acho que vc nem o jogo assistiu.

  • CARLAO NEW YORK CHAPECÓ CITY diz: 29 de março de 2015

    FEZ MUITO BEM, MAS NÃO ADIANTOU NADA, POIS NO SEGUNDO TEMPO TEVE DOIS PENALTIS PARA A CHAPE E O SR.HEBER NÃO MARCOU, COMO SEMPRE TENDENCIOSO, AJUDANDO O FIGEIRA, JÁ FOI ASSIM CONTRA O INTER DE LAGES E HJE DE NOVO, TEVE UM PENALTI ESCANDALOSO NO APODI, EMPURRADO NAS COSTAS DENTRO DA ÁREA E ELE NÃO DEU. ATÉ QDO A ARBITRAGEM DE SC, VAI SER ESTA VERGONHA?

  • Paulo diz: 29 de março de 2015

    Time de varzea. Isso só acontece na varzea.
    Como é que estão na primeira divisão.
    Time pequeno!

  • Thiago bartolamei diz: 29 de março de 2015

    Isso não é no vestiário meu caro.

  • Daniel Feroldi diz: 29 de março de 2015

    Heber mala dum mala se acha e ainda quer pedir policionamento…….

  • CARLAO NEW YORK CHAPECÓ CITY diz: 29 de março de 2015

    O CERECEDA METEU A MAO NA BOLA PROPOSITALMENTE QDO JÁ TINHA AMARELO, E PQE O CARA NÃO EXPULSOU? ARBITRO SEM VERGONHA,SEM MORAL, TENDENCIOSO, SEMPRE PREJUDICANDO A CHAPE E AJUDANDO O FIGEIRA, UMA VERGONHA P O FUTEBOL DE SC.

  • paulo hs diz: 29 de março de 2015

    Não é a primeira vez que esse Cadu aparece fazendo merda. Realmente o lance da bola na mão ocorreu e merecia o segundo amarelo. Porém o Heber apitou muit mais para o ter me da casa do que pró Figueira. 8 amarelos???? E nenhum pra chape??? Os cartões para Clayton, Tiago Heleno, Ricardinho e Dener foram só pela vonyade do Heber. Depois vem o Presidente da chape falar um monte de besteiras de novo. Olha esse pessoal não sabe perder mesmo. São um bando de chatos.

  • paulo figueira diz: 29 de março de 2015

    Time varzeano ainda não acostumou com decisão e menos ainda com a série A. Vai fazer isso la no estádio pacaembu p ver onde vai parar. E começou o xororo e o mimimi

  • Everton diz: 29 de março de 2015

    Faraco
    Acho desnecessário essa tua postagem. Tá colocando gasolina no fogo.
    Porque você não postou o vídeo do França agredindo o repórter da RIC e o vídeo do Argel falando um monte de bobagem sobre o Sandra Palaoro.
    Acompanho seu trabalho, mas seja mais imparcial por favor.
    Outra coisa o grupo RBS transmitir o jogo para Chapecó também está jogando contra a Chape. Quando ecoar na arquibancada aquele grito RBS vai toma no c…Não venham chamar o povo de Chapecó de mal educado.
    Acho que pisou na bola.
    Abraço

  • Marcio – Floresta diz: 29 de março de 2015

    Cuidado!! Tem comentarista querendo desmotivar o Figueirense.

  • EDUARDO FURACÃO diz: 29 de março de 2015

    Agora quero ver….
    Quero ver sim o que o Sr. Heber , que foi CASEIRO PRA CARAMBA,em Chapecó, dando 8 cartões amarelos para o Figueirense e nemhum, isso mesmo ,…eu falei NENHUM CARTÃO AMARELO PARA A CHAPECOENSE ….
    E os cara tiveram a OUSADIA de ir pressionar o HÉBER na saída do vestiário para início do segundo tempo….Quero ver também , qual será a punição para a Chapecoense por esta atitude VARZEANA do KADÚ GAÚCHO….
    Deve ter surtido efeito a cobrança junto com falta de educação do DIRIGENTE DA CHAPECOENSE, pois o CASEIRO HÉBER voltou e encheu o FIGUEIRENSE de cartões amarelos…..com a palavra os responsáveis….

  • EDUARDO FURACÃO diz: 29 de março de 2015

    QUERO VER TAMBÉM…
    O que o Sr. HÉBER CASEIRO, vai relatar na SÚMULA DO JOGO….
    Querem ganhar na marra, nem com o juiz ajudando conseguem, daí partem para a ignorância, como sempre fazem….

  • Cláudio Afonso diz: 29 de março de 2015

    Impressão minha ou o árbitro também soltou alguns “elogios”?

  • Amauri diz: 29 de março de 2015

    Atitude deste “DIRETOR” é puro amadorismo enfiado no profissionalismo, ai dá no que dá; isto é coisa do passado, preissionar arbitragem vejo que não faz mais parte do futebol profissional . Agora vejamos como está o nivel do futebol brasileiro, em se tratando de qualidade profissional, decaiu muito a qualidade, pois dá para fazer um parámetro da seguinte forma. O futebol catarinense com quatro representantes na série “A” quando que isto ocorreu ? Este fato , é uma amostragem do péssimo futebol brasileiro; o que esperamos destes quatro JEC / AVAI / FIGUEIRA / CHAPE na Série ‘A’ ? é torcer prá não cair prá “B” – Bem por esta situação e, má qualidade de bons jogadores que o nosso futebol vai de mal a pior; e , jamais veremos um Brasil ser campeão do mundo.

  • fernando diz: 29 de março de 2015

    E o juiz pode ofender ele?!

  • Viliam Oto Boehme diz: 29 de março de 2015

    Bem coisa de time sem nenhuma qualificação profissional, subiram por um acaso, mais pela displicência dos outros times. São arrogantes e prepotentes no quintal deles e nunca mudarão de comportamento. Os ignorantes, encarregados da maca, o que falar desses marginais? Só faltou derrubarem o jogador do Figueirense. Bando de ignorantes.

  • Ismael Jacques diz: 29 de março de 2015

    Freguês reclamando do que????
    Vocês merecem um caminhão de chupetas.

  • Bala de borracha diz: 29 de março de 2015

    Passaram a mão na Chape…! Quem era o árbitro mesmo? Ah… o Héber R. Lopes, ok! Tá explicado…
    Ele nunca dá mão na bola para a árvore infrutífera e galhuda, nem quando defende, nem quando ataca…

  • Simone diz: 29 de março de 2015

    Chorões! fizeram falta pra cartão o jogo inteiro e não levaram NENHUM!!! Pelo menos 4 cartões do Figueirense foram injustos. O primeiro cartão do Cereceda foi ridículo. A pressão funcionou, mas não irão ganhar no grito.

  • Fabio diz: 29 de março de 2015

    Reclamando da expulsão meu quiridu, não de um penalti.

  • Ronaldo Silva diz: 29 de março de 2015

    Não tem mais lugar no futebol de Santa Catarina para este tipo de dirigente, o futebol de Santa Catarina cresceu, e tem gente que ainda não percebeu isso, o Tribunal de Justiça Desportiva tem que dar uma severa punição ao dirigente e principalmente ao clube.

  • LS diz: 29 de março de 2015

    Isto é o desespero de quem vê a qualidade do seu time caindo.

  • MAURINO BASTOS diz: 30 de março de 2015

    Isso só mostra o despreparo desse dirigente. Tem outras maneiras de reclamar, não esse destempero. Eles foram iludidos pela vitória de 5 x 0 contra o Inter, que estava sem 8 jogadores titulares. Não analisaram esse aspecto. Achavam que eram o Barcelona do agreste, e deu nisso. Agora estão fazendo tudo isso para mostrar a torcida que eles foram prejudicados pela arbitragem e por isso não conseguiram a classificação que todos tinham como certa, inclusive eu. Ele também deve reclamar do seu maqueiro, do seu jogador nr 6 que deu um soco na boca do estômago do jogador do Figueira. Vão jogar futebol que ainda dá tempo. Mas cuidado, o cavalo Paraguaio está na frente de vocês pronto para partir. kkk
    Tenho certeza que se o Cereceda tocou com a mão na bola não foi intencional e por isso o juiz nada marcou. Vejam o lance do jogo do Brasil x Chile hoje. O cara do Chile tocou duas vezes no mesmo lance a mão na bola e nada foi marcado. Avisem esse despreparado que a regra mudou. Vai ler a nova lei.

  • Paulo R. Cella diz: 30 de março de 2015

    Faltou mostrar e colocar em votação a falta que o Mazola sofreu no lance que antecede ao toque de mão do Creceda. Acho que foi falta, consequentemente não haveria o lance do toque de mão.

  • Ronaldo diz: 30 de março de 2015

    1º – O árbitro foi covarde, não teve coragem de expulsar o Cereceda.
    2º – O Cadu errou demais ao ir pressionar o árbitro.
    3º – O árbitro foi ainda pior ao proferir palavras ofensivas ao dirigente chamando de monte de M, de B*****, etc.

    Pro dirigente não tem o que fazer, apenas impedir de acessar o vestiário, agora o árbitro tem que tomar um gancho SIM! Se fosse um Ronan ou um Jeferson Schimit, ou qualquer árbitro mediano, ele nunca mais apitava um jogo da Chapecoense.

  • james diz: 30 de março de 2015

    o dirigente esta correto o Heber foi medroso! parabens ao dirigente da chape, o Heber foi desonesto e prejudicou o verdao !

  • Geraldo diz: 30 de março de 2015

    O eu acho engraçado como o Sr. Heber arruma confusão. Difícil ver isso acontecer com outro árbitro e com essa freqüência.
    Agora inocência do dirigente da Chapecoense…
    Faz tempo que não existe toque de mão contra o Figueirense… Ainda mais com o Heber apitando.
    Figueira já foi até campeão com gol de mão… Ou não foi mão??? E não venham com esse papinho de intenção, pois no esporte todos tem a mesma intenção … Ganhar, Vencer!!!
    Volto a frisar … confusão em SC??? Pode ver q tem dedo do Heber no meio!
    Contra fatos não há argumentos…
    Vida que segue …

  • Mazinho Alvinegro diz: 30 de março de 2015

    Bom dia, Faraco!
    Bom dia para a Imensa Nação Alvinegra, e apenas, ….
    Oi, para os Bvaianos suburbanos, lá dos quintos do Cariânos, pros gaudérios genéricos revoltados e para bailarinas-lapin-sensíveis.

    Faraco, vêde!

    Quando os índios vem jogar aqui no Scarpelão, é apenas mais um jogo, na paz, e tudo dentro da normalidade.

    Quando o jogo é em Chapecó, o clima é belicoso, pintura de guerra, rufar de tambores, sinais de fumaça, e com direito a panfletagem com falsas acusações de que o Argel teria falado que, “jogar em Chapecó é o mesmo que jogar em campo neutro”.
    Tudo balela e incitação a violência.

    Até o Vinicius Eutrópio, que não aguenta mais apanhar do Argel, ficou tremendo beicinho, reclamando que os nossos jogadores chegam muito juntos.

    ELE que vá treinar time de vôlei, peteca ou até mesmo bambolê. Aí, ele não terá de reclamar de contato físico.

    Sobre a várzea no vestiário do juiz, sem comentários, o vídeo diz tudo.

    Sds. Alvinegras desde o FURACÃO, atual CAMPEÃO em cima das bailarinas.

  • Marcio diz: 30 de março de 2015

    O fato é gravíssimo! Mas, não adianta nada, a corrupção existe em todos os lugares, ate no futebol. Pode escrever: isso ai não vai em nada! O Brasil e SC virou terra do pode tudo!!!

  • miguel diz: 30 de março de 2015

    PASSARAM A MÃO NA CHAPE, ESSE TIMINHO DO BIGUEYRA SEMPRE FOI SUJO

  • samuel diz: 30 de março de 2015

    Que absurdo Rodrigo, isso é coisa do passado né? Lá pras bandas dos anos 70 e 80 se fazia muito esse tipo de pressão, mas hoje em dia isso é ridículo e não cabe mais no futebol. Até mesmo porque hoje em dia vivemos sobre o olhar das câmeras de celular e qq coisa que fazemos de errado chega as redes sociais de maneira muito rápida. Acho q a Chap não esta suportando esta história de não conseguir vencer o figueira e começa a perder o profissionalismo que os colocou num nível maior dentro do futebol. Calma q uma hora a vitória vem, mas vai ter q ser dentro de campo jogando bola. Abraço!

  • cyro el bacha junior diz: 30 de março de 2015

    Engraçado, né, Faraco, você lança a nota mais não explica porque o dirigente assim agiu! Porque você não diz que o “careca sem vergonha” simplesmente ajudou o Figueira, para variar! Time que só dá porrada (os números não mentem), mas expulsão que é bom nada!
    Esse Argel também fala demais, mas contra o Tigre vai ser diferente! Aqui vai dançar!

  • Kleyton diz: 30 de março de 2015

    Pelo visto a pressão do dirigente do oeste funcional. Éber fez uma bela distribuição de cartões ao Figueirense no segundo tempo. Pelo mínimo motivo ele mostrava o cartão. Até para o Marquinhos Pedroso pelo simples fato de segurar um pouco a bola, quando achava que era lateral, ele deu o cartão. Era visível a diferença de atuação dos dois tempos do jogo. O Figueirense não tem culpa se ele errou e não expulsou o Cereceda no primeiro tempo. Mas não pode perseguir o time por um erro dele E DA BANDEIRINHA TAMBÉM, pra mostrar serviço.

  • Marcos diz: 30 de março de 2015

    Um árbitro dá 10 cartões amarelos apenas para um time só, fala sério, olha a má intenção…

  • João Guilherme T. Signorini diz: 30 de março de 2015

    Parabéns ao Figueirense além de ter um belo time ainda tem o Argel que manda na arbitragem…! basta ver o que aconteceu com Cereceda !

  • Fábio Jucá diz: 30 de março de 2015

    Coisas do futebol… falhas acontece pode ser para a chapecoense ou para o figueira. A questão nesse jogo é a indisciplina do time do figueira que ninguém está comentando. Foram 8 cartões amarelos. Um jogo limpo com certeza teria outro final.

    Lamentável assistir ou ouvir o qualquer jogo de futebol catarinense quando um dos times é o Figueirense. Radialistas, comentaristas todos são claramente torcedores desse time. Suas críticas são contidas. A falta de imparcialidade demonstra a falta de respeito com outros torcedores e outros times.

  • Catarinense diz: 30 de março de 2015

    Só espero que a “Gauchense” seja punida por isso. Eles que se acham tanto e que vivem reclamando da arbitragem, da FCF, etc, devem pagar pelos atos praticados. Timinho medíocre.

  • Ivaldo dos santos diz: 30 de março de 2015

    Esse árbitro se sabe que não é muito sério, não foi xingamento não. Salvo maior juízo o valor da arbitragem não teve acordo ou pelo contrário parece que teve. O figueirense levou uns 10 cartões amarelos e a chapecoense quantos? nenhum. Aí tem.

  • Charles Zander Moreira diz: 30 de março de 2015

    Bom dia , lamentável essa pressão da Chapecoense no vestiário , só não entendo pq tanta reclamação se quem errou na minha opinião foi o próprio jogador da Chapecoense que levou a vantagem no lance …. Se o atacante da Chapecoense para e não pega a bola o juiz pararia o lance na mão do figueira e obrigatoriamente expulsaria o jogador (Cereceda) ….. Já vi muitas faltas de passível cartão amarelo , mas devido o time qlecar a vantagem o jogo corre e o juiz não dá cartão posteriormente !!!

  • Nelson Andrade Filho diz: 30 de março de 2015

    Esse tal de Héber Roberto Lopes é um arrogante e faz o resultado do jogo da forma que ele quer e é aconselhado(mandado) a fazer.
    Árbitro comum, não vejo diferença alguma dos antigos que apitaram em Santa Catarina como, Virgílio Jorge, De Maria, Roldão Tomé de Borja, José Carlos Bezerra, Dalmo Bozanno, Celso Bozzano, etc.
    Agora tem uma coisa, de quem ele não gosta, sabe muito bem punir e sempre é respaldado por um TJD que usa a mesma forma para julgar.

  • LONDON CALLING diz: 30 de março de 2015

    Faraco,

    É impressionante como o sucesso dos outros não incomoda ninguém, e como o sucesso do FIGUEIRA incomoda a todos!!!

    Abraço!

  • Pierre Braga diz: 30 de março de 2015

    Na boa.Isso tem que acabar.
    Pega essas imagens e processa o elemento.O cara xinga o rapaz de tudo…olha o constrangimento que o juiz da partida passou…
    p.s. jogo fraco…parecia serie B.

  • ANTONIO GRAPIGLIA diz: 30 de março de 2015

    ESSE ARBITRO É GAVETEIRO É SO PAGA! PROVA QUE NÃO APITA NO PARANA DEVIA SE BANIDO DO FUTEBOL.

  • rafael diz: 30 de março de 2015

    sabe o que é isso Faraco revolta pelas pessimas arbitragens o trio foi muito mal, nos do oeste nao aguentamos essa super proteçao aos times da capital na duvida marca para o figueirense porque senao o argel vai na midia chorar e dizer que ta sendo roubado.
    catarinense é uma vergonha

  • Roger diz: 30 de março de 2015

    Coisa de dirigente despreparado, será que ele pensa que a Chapecoense esta disputando um campeonato amador..

  • Miguel Ramos diz: 30 de março de 2015

    Grande Rodrigo! Te informei por WhatsApp ontem em primeira mão o ocorrido!! Forte abraço!

  • Juliano Coelho diz: 30 de março de 2015

    Kkkkkkkk o Cereceda era para ser expulso é kkkkkkkkkkk mais não foi kkkkkkk

    Então só tenho uma notícia ruim para dar para os secadores como você Faraco e essa turma da RBS : o Figueira será Bi-CAMPEÃO

    KKKKKKKKKKKKK

    CHUPA ESSA MANGA SECADORES KKKKKKK

  • Juliano Coelho diz: 30 de março de 2015

    Kkkkkkkk o Cereceda era para ser expulso é kkkkkkkkkkk mais não foi kkkkkkk

    Então só tenho uma notícia ruim para dar para os secadores como você Faraco e essa turma da RBS : o Figueira será Bi-CAMPEÃO

    Kkkkkkkkkkkkkkk
    KKKKKKKKKKKKK

    CHUPA ESSA MANGA SECADORES KKKKKKK

  • Carlos Eduardo Bamberg diz: 30 de março de 2015

    Que coisa feia em senhor Heber Roberto Lopes, um arbitro Fifa relatar informações mentirosas na súmula da partida, com intuito de prejudicar a Chapecoense? O bom é que alguém fez o favor de filmar suas agressões verbais para com o sr Eduardo Luiz Preuss. Você Heber, é uma vergonha para a arbitragem catarinense.

  • Fernando Avaiano diz: 30 de março de 2015

    A impressão que fica é que jogador do Figueira não vai expulso, e olha que é o time mais indisciplinado do Estadual. Fora isto, temos uma imprensa terrível e manipuladora, que não enxerga o óbvio. Estão querendo dar o Bi a força para o time do Estreito. Ontem a Chape foi literalmente assaltada no Oeste, cade o vermelho para o Cereceda, mudaria o resultado da partida. No Scarpeli também operaram o pobre time do Oeste, tai pra todo mundo ver. Fernando Avaiano.

  • Thiago_Chapecó diz: 30 de março de 2015

    Podias ter publicado na ocasião o vídeo do França aprontando pelos bares da capital né seu Rodrigo Faraco…
    e sobre este post, o local onde a discussão ocorre é na saída do gramado, abaixo da arquibancada, onde há trânsito de jornalistas etc., e não nos vestiários como sugeres.
    Sinceramente faria o mesmo… tanto trabalho indo pelo ralo pela interferência direta desse árbitro. O próprio Renato Semensati concordou hoje no Debate Diário que o Héber R. Lopes foi “malandro” (aliás a Nadine é outra que está precisando de reciclagem), fazendo vistas grossas no lance tipicamente para cartão amarelo, no caso o segundo. Aliás, o tal Mazola é o maior cai-cai da história do futebol catarinense e a arbitragem foi totalmente conivente com isso…

  • Luiz Alvinegro diz: 30 de março de 2015

    Chororô do pessoal da Chape já tá ficando chato né…………

    Quando batem, Chape e Bvai, é raça………..

    Quando o Figueira bate são marginais………

    A Chape se achando o Barcelona de SC e o Bvai, se arrastando pra não cair pra segundona, dando palpite………

    Aceita que dói menos Fernandinho Bvaiano………

    Saudações Alvinegras

  • Marcelo diz: 30 de março de 2015

    Três coisas que não se discutem: politica, religião e futebol. Cada um tem sua preferencia e quem é Figueirense vai defender e xingar a Chapecoense, enquanto a torcida da Chapecoense vai se sentir no direito de discutir pelo que chama de justiça. Quem esta certo e quem esta errado? Bom o direito de um acaba quando começa o direito de outro, não vamos dizer que o Cadu Gaúcho esteja certo, claro que não, o futebol se ganha em campo e dentro das quatro linhas, se faltou competência pra Chapecoense, o que pode se fazer, mas os torcedores do Figueirense que vem dizer aqui que a Chapecoense é time de várzea, acho que precisam se olhar no espelho porque se o pessoal deles nunca intimidou um arbitro, sua torcida nunca faltou com respeito com outro time ou torcida, se seus dirigentes são tão corretos (o que eu duvido), ai podem falar de boca cheia, mas enquanto isso lavem a boca e tenham vergonha na cara para falar não só da Chapecoense, mas como de tantos outros times de Santa Catarina. Quem vocês acham que são? Seres superiores ou celestiais, se enxerguem. É pela falta de respeito, educação e sensos diversos que vivemos num pais com tantos problemas e de pessoas idiotas. Agora ao nossos nobres comentaristas… A mídia é sensacionalista, principalmente os cronistas, que infelizmente vivem mais de intrigar e não de informar, convivo no meio e sei do que estou falando. E sabemos também que todos os cronistas tem suas preferencias e quem é da capital tem suas preferencia pela capital até pelo carinhoso apelido que chamou em seu comentário o Figueirense de “Furacão”. Acho que foi infeliz na postagem e na escrita tendenciosa, até pelas palavras de baixo escalão que são usadas no vídeo em questão e que podem ser acessadas por crianças. O que adianta campanhas de respeito nos estádios e campanhas contra violência quando na verdade “podem ser” os comentaristas gagas ou despreparados que inflamam e excitam a mesma nos torcedores.

  • Chico Itapema diz: 30 de março de 2015

    Tudo isso tem um culpado. Joinville.
    Como os dois não conseguiram ganhar do Criciúma, e o Joinville tomou a liderança, estão desesperados, sabem que o futebol ficou para trás, um resolveu dar coice e o outro achou que tinham feito grandes contratações, e não jogou nada.
    Futebol boluffas, para os dois, então a saída está aí, um desespero total.

  • William diz: 30 de março de 2015

    Um dirigente invadir o vestiário da arbitragem é a mãe de todas as várzeas.
    Só nisso, a chapecoense já perde toda e qualquer razão.

    Hoje as coisa não se resolvem através de intimidação. Existem os caminhos legais.
    Parece que os índios ainda vivem numa época distante no passado que as coisas se resolviam na bala.

    O MAIOR prejudicado nisso tudo foi o FURACÃO, onde o Heber descarregou toda a sua ira em forma de cartões amarelos pra cima dos Alvinegros.

  • João Floripa diz: 30 de março de 2015

    Faraco, é indiscutível que o lance era para expulsão. Porém, volte o lance até a roubada da bola pela Chape, com falta no Mazola, que o Héber interpretou como simulação.

    Os fatos, quando narrados e/ou analisados de forma isolada, geralmente não refletem a realidade.

  • Marcelo diz: 30 de março de 2015

    Concordo contigo Faraco!

    O Inferiores querem rotular o FURACÃO de time violento, onde o que se vê é um time muito competitivo, que joga duro porém com lealdade.
    No momento não tem adversário à altura neste campeonato.

    O BI só não virá se houver interferências das “forças ocultas”.

  • André diz: 30 de março de 2015

    O melhor do debate de hoje, foi o advogado Paulo Branchi (O da faixa), defendendo com veemência o Pallaoro e o Claudio Gomes, citados pelo Argel. kkkkkk!

    Faraco, vê se dá um jeito aí de tirar esse raivosinho da escala de narrar jogos do Figueira. Ele não combina mais com a nação.
    Sales Júnior é o cara!
    Competente, Neutro e ama o que faz.
    Estamos aceitando até o “Por una Cabeça”, gente muito fina.

  • Figueira Tenebroso diz: 31 de março de 2015

    Olhem meus queridos amigos de Chapecó o cara quando está sendo enforcado é que esperneia, isso vocês estão fazendo igual e sabem porque?
    Fizeram igual o Parmera de S. Paulo, guardada as devidas proporções evidentemente, cada um contratou dois time em vez de um, só que o Parmera além de quantidade contratou muita qualidade.
    Já a chapecoense dirigida tecnicamente pelo Eutropio, contratou muitos jogadores rodados e com nome muito conhecidos mas de poucas qualidades técnicas ou cansados de tanto ficarem indo e vindo de um Clube para outro.
    Vejam Richarlison, isso é bananeira que já deu cacho ou racho, Ananias, wiliam barrios com aquela cabeleira parecendo mais o negrinho do Pastoreiro, Mailson que ainda nem estreou e tantos outros que por enfadonho não iremos relatar.
    Olhem os senhores, que essa imensidade de atletas com pouca qualidade é um expediente do Eutrópio, onde trabalha sempre carrega os amiguinhos com sigo, fez isso aqui no Figueira, conseguimos o acesso a serie A e fomos campeões sabe se lá como, não estou tripudiando o, ele é gente boa, mas sabe se que de gente boa o inferno está cheio.
    Além do mais e de tudo isso acho ele muito confuso, e é justamente isso que vem acontecendo na Chapecoense.
    No inicio com a quantidade no elenco e os adversários com material humano reduzido e em principio de temporada, foi muito fácil causar impressão em muitos que acompanham futebol.
    Mas agora que o pau está roncando ele ainda não sabe qual o time por em campo, e quando faz alguma mudança é um verdadeiro SAMBA DO CRIOULO DOIDO, é um Deus nos acuda ai ninguém se entende mais em campo.
    E outra coisa que venho notando no segundo tempo o time da Chapecoense cai de produção fica muito sonolento quase parando, foi assim em Joinville com um Homem a mais em campo, foi em Blumenau e também em Floripa, e ai com o ferrolho que montou o Argel é que ele não jogou nada mesmo.
    Torcemos para que tudo isso mude e a Chapecoense consiga reverter essa situação e se classifique para a final.
    Gostaríamos de disputar o titulo com vocês, as Bailarinas com os resultados que vem conseguindo até agora sempre com ajudas dos árbitros não merece disputar a final.

  • henrique diz: 31 de março de 2015

    Jogo bem apitado, tirando a expulsão q vai da interpretação de cada um, fora isso não existe motivos para reclamação, chapecoense querendo ganhar no grito, a freguesia está afetando as idéias. Quinto time de um estado com quatro grandes, time varzeano.

  • billy jhoel diz: 31 de março de 2015

    Faraco! Ontem dia 30 de março de 2015, as 23,30 horas entrei no teu Blog e fiz um comentário sobre o que penso da situação da chapecoense no campeonato, não ofendendo nenhum dodói e não publicaram. Alguma restrição contra a nossa participação? É isso!

  • Silvio DC diz: 31 de março de 2015

    Eita Imprensa tendenciosa da RBS/CBN
    Em 2012 caso Souza (Chape).. Uma fatalidade com o Jogador Heber do Figueira e no programa Debate Diário subiram na mesa exigindo suspensão para o jogador da Chape, e conseguiram..
    Este ano idem ao caso do Souza, mas desta vez com o Jogador Ceará do Guarani da Palhoça, em que a CBN e até o Argel solicitando uma suspensão, mas neste ano merecida a suspensão do Ceará…
    Este ano ainda, o França com uma entrada criminosa no jogador do metro, da uma Gravata no jogador da Chape, e ninguém da RBS/CBN exige suspensão do França…

    E agora a manchete do seu Blog: diretor da Chapecoense pressiona árbitro Héber Roberto Lopes e pode se complicar..

    Bem tendenciosa seus comentários..

  • billy jhoel diz: 31 de março de 2015

    Ok! Faraco muito obrigado.

  • Thiago_Chapecó diz: 31 de março de 2015

    O comentario do Silvio é pertinente, Faraco. Acompanho seu trabalho nos veículos do grupo RBS e sempre observei em ti e no Renato opiniões imparciais a respeito do nosso futebol. Espero que não vires mais um comentarista bairrista como muitos já o são.

Envie seu Comentário