Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Rodada ruim para Santa Catarina

17 de maio de 2015 10

Nenhuma vitória. Em quatro partidas é péssimo observar que nenhum dos representantes catarinenses conseguiu emplacar uma vitória sequer. Que fosse um triunfo magrinho e já servia. Mas que nada! Foram quatro jogos e nada de vencer. Se a conta for feita pelas duas rodadas, o início da “onda catarinense” na Série A está com jeito de marola. Só uma vitória em oito jogos.

::: Confira a classificação da Série A
::: Leia mais notícias sobre o Campeonato Brasileiro

É claro que esse negócio de analisar em bloco é só para nós, da imprensa. O torcedor quer saber apenas do seu time. E nessa conta individual, o da Chapecoense é que consegue sorrir, pois venceu o jogo de casa e perdeu fora para um dos mais fortes do futebol nacional. Mas a verdade é que a análise é mesmo em bloco. Os catarinenses precisam acordar, pois daqui a pouco vai começar aquela correria para recuperar o espaço na tabela.

Qualidade
Foi o que faltou ao Avaí e sobrou ao Inter no Beira-Rio. Tenho defendido o grupo atual. Não acho que nada presta como virou lugar comum dizer depois da péssima campanha no Estadual, mas é preciso admitir a enorme diferença que existe entre um grupo como o do Internacional e os elencos dos clubes daqui de Santa Catarina, incluindo o Avaí. Isso ficou claro num jogo em que o Colorado gaúcho jogou com os reservas, segurou bem os titulares do Avaí, e na hora que um meio titular, como Vitinho, entra no jogo, define o placar. Faltou bastante ao clube azurra. Mas quando o técnico escala o limitado Pablo no meio, falta qualidade mesmo.

Bem movimentado
O novo horário do futebol brasileiro foi aprovado no primeiro teste em Florianópolis. Com bom movimento nas arquibancadas e no gramado. Um público de 11 mil pagantes chegou muito próximo do que foi a presença no clássico de quarta-feira, o que não é nada ruim para um domingo de manhã. Dentro de campo não faltaram chances para Figueirense e Vasco, com os dois times alternando o domínio entre primeiro e segundo tempo. Para quem trabalhava na cobertura, no setor de imprensa, ficava sempre uma sensação estranha, mas de qualquer forma foi uma boa partida.

O campeonato vai dizer
Começar em casa com empate nunca é bom. O Figueirense fez a primeira partida no seu estádio no Brasileirão, mas não conseguiu fazer o resultado. Poderia ter perdido pelo que o Vasco produziu no primeiro tempo. Rafael Silva pegava a defesa do Figueirense de frente. O goleiro Alex Muralha foi o cara da primeira etapa, salvando o Furacão de levar pelo menos dois gols. Mas tudo mudou depois do intervalo. O Figueirense encaixou a marcação na saída de bola rival e passou a dominar. Daí foi a vez do goleiro Martín Silva trabalhar e dos atacantes alvinegros perderem as oportunidades. Mais para frente o campeonato vai deixar claro se o ponto foi bom ou ruim, mas por enquanto ficou ruim.​

Comentários (10)

  • ney lucio felix diz: 18 de maio de 2015

    Faraco,

    Foi só o ataque o Avai que não funcionou ou o do tapetão também não?
    Engraçado, o do Avai faltou qualidade o do tapetão fizeram um bom jogo e foi por detalhes kkkkkkk
    Querem criar crise na Ressacada com o tapetão atrás de nós na tabela.

  • Heleotério diz: 18 de maio de 2015

    É muito cedo para fazer qualquer tipo de crítica, mas se faz necessário um bom armador e um bom finalizador, estamos muito carentes desses dois profissionais, defesa e meio campo se saíram muito bem, o pedroso parece achou sua real posição, participa muito do jogo, muita disposição, o outro Marquinho me parece meio fraco, não causa segurança, Alex e Thiago Heleno, abafaram, jogaram muito dois verdadeiros furacões, deixaram atônitos os atacantes do vasquim por não terem sucesso em suas conclusões. O Cleyton não era para ter saido, Dudu Só corre sem destino algum, é maluco.

  • carlos diz: 18 de maio de 2015

    Boa análise sobres os times de SC na série A. Todos os 3 que participam da primeira divisão foram citados por você. SC teria um quarto time na A? Acho que não, né Rodrigo? Caso contrário terias citado.

  • Everton diz: 18 de maio de 2015

    Boa tarde Faraco!

    Esta rodada mostra o quanto o futebol de SC tem que evoluir, para querer se vangloriar de ter 4 times na série A. Não adianta ter quantidade e não ter qualidade. Na boa, já estamos com 2 entre os rebaixados e a chance é grande de continuar neste número até o final do campeonato.

  • URUBICIENSE ALVINEGRO SERRANO – ELITE – ELITE – SÉRIA A A A A diz: 18 de maio de 2015

    TAPETÃO – Ney Lucio Felix – TAPETÃO – ou vocês bvaianos já se esqueceram que este timeco azulado lá do quinto do mangue só esta na SÉRIE A graças a um TAPETÃO? se fosse o TAPETÃO – vocês estariam no lugar devido de vocês SÉRIE B – ou melhor, o DNA de vocês é a SÉRIE C – agradeçam o AMÉRICA MINEIRO ter perdido pontos no TAPETÃO –
    COM OU SEM TAPETÃO – SOMOS – BI CAMPEÃO – O MAIS VEZES CAMPEÃO DE SC – O ÚNICO DO ESTADO QUE TEM O VERDADEIRO – DNA – DE ELITE – SÉRIE A –
    Podem chupar – porque morder – leão banguela, não morde ninguém – kkkkkkkk

  • Jequeano diz: 18 de maio de 2015

    “Boa análise sobres os times de SC na série A. Todos os 3 que participam da primeira divisão foram citados por você. SC teria um quarto time na A? Acho que não, né Rodrigo? Caso contrário terias citado.”

    Tem gente aí que ainda não se conforma que o JEC está na Série A e melhor, sendo o campeão da Série B de 2014. Melhor ainda, sendo o Campeão Catarinense de 2015 dentro de campo independente de resultado de Tapetão.

    Difícil de engolir e aceitar isso neh? Aguardemos o final destas 38 rodadas que a surpresa para os secadores de plantão será ainda maior.

  • Jequeano diz: 18 de maio de 2015

    Aliás, apesar do início fraco, se o tal do Carlos for Alvinegro da capital, nem deveria questioná-lo afinal o JEC já começa o campeonato estando a frente do Figueirense.

    Neste momento só devemos satisfação a quem momentaneamente está a nossa frente que é a Chapecoense, time sério que tem o meu respeito.

  • Mazinho Alvinegro diz: 18 de maio de 2015

    Faraco, pode usar “guindaste” com caixa de som para atrapalhar o jogo?
    “Hihihihihiiii” … O quê esses colonos não inventam.
    Que amadorismo!
    Que váááárzea! … kkkkk!
    Tereria chance de de irem parar no tribunal de novo?

  • Carlos diz: 18 de maio de 2015

    jequeano, você que torce o mesmo time que eu, não entendeu minha crítica de uma forma irônica para com nosso caro bloqueiro. Rsrs

  • Carlos diz: 18 de maio de 2015

    Correção: Que torce para o mesmo, digo.

Envie seu Comentário