Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Clássico nos tribunais: até quando?

27 de maio de 2015 22

Os dois clássicos da Copa do Brasil deixaram marcas ruins. Mais uma vez a repercussão maior ficou para fora de campo. O meia Marquinhos já foi julgado e punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), numa pena branda, que, inclusive, está sendo comemorada pelos torcedores nas redes sociais.

Confira a tabela da Copa do Brasil
Leia mais notícias do Avaí
Saiba tudo sobre o Figueirense

Mas – como informei ontem – o clássico dos tribunais vai ter a segunda parte, com as denúncias dos clubes, do maqueiro do Figueirense, do árbitro Célio Amorim, e do volante avaiano Eduardo Costa. A questão mais grave é de Eduardo Costa, enquadrado pela denúncia pela agressão no técnico Argel Fucks. E acho que desta vez não há como desqualificar a denúncia para ato hostil.

Basta de irresponsabilidades

A questão toda é saber até quando? Até quando o clássico vai ser encarado como se fosse o último jogo das vidas de todo mundo? Como se não houvesse responsabilidades? Sem que os atletas tenham postura de jogador profissional de futebol?
Até quando esses atletas – incluindo o irresponsável França do Figueirense – vão ficar sem entender que os atos deles em campo repercutem fora dele, colocando vidas em risco e tirando o torcedor das arquibancadas. Depois não entendem porque o jogo não lota as arquibancadas, nem na Ressacada, nem no Orlando Scarpelli.

Comentários (22)

  • Bob diz: 27 de maio de 2015

    Até quando o paquita e o nãoseiquelá costa estiverem em campo… frança é um que dentro do campo não apronta, mas fora dele não representa o clube e deveria ser banido do futebol também. é preciso resgatar a imagem do futebol jogado, driblado e quisto pelo povo. outra coisa: o resultado em campo muitas vezes é um e depois entram em tribunais e etc. e mudam o resultado… isso derruba o tesão do torcedor.

  • Marcelo Silva diz: 27 de maio de 2015

    A parcialidade da RBS tá cada vez mais visível. O ídolo do sul da ilha promove a falta de discórdia há anos, com provocações, desrespeito ao adversário, árbitros e atletas adversários. Tá sempre envolvido em confusão, o bom moço. Chutes por tras, socos pelas costas e por aí vai. Mas, se para vocês o irresponsável é o França … fazer o que, né??!!?.
    Pergunto: algum dia você, fraquíssimo colunista, ouviu do Fernandes qualquer desrespeito ao Bvaí ou aos seus torcedores?!?!? Não, né?!?!

  • ney lucio felix diz: 27 de maio de 2015

    Faraco,

    Por que vocês não mandaram as imagens da invasão de campo por parte da torcida do figueirense e o França para o STJD para que eles sejam julgados?
    A do Marquinhos vocês descobriram uma que ninguém havia visto durante o jogo e se encarregaram de enviar para que ele fosse punido.
    Seria medo do Presidente vintão?
    Imparcialidade meu jovem, estão perdendo gradativamente a credibilidade. Se a sua empresa gaúcha não se importa, você deveria zelar pela sua…

    Ney Lúcio Félix
    Fpolis – Estreito/Canto

  • Jequeano diz: 27 de maio de 2015

    “Depois não entendem porque o jogo não lota as arquibancadas, nem na Ressacada, nem no Orlando Scarpelli.” (2)

  • Jequeano diz: 27 de maio de 2015

    Aliás, se este é mesmo o maior clássico catarinense (como a imprensa e torcedores dos clubes daí insistem em afirmar) deveriam fazer jus dentro (jogadores, comissão técnica) e fora dele também (torcedores).

    JEC x Criciúma foram os clubes que mais disputaram finais de campeonato Catarinense. Há uma rivalidade muito grande no chamado “clássico do interior”.

    Alguém aqui se lembra de algum problema extra-campo envolvendo estes dois clubes. Aqui a rivalidade tem ficado dentro de campo. Por isso há muito respeito entre os torcedores de Joinville e Criciúma. Somos adversários, não “inimigos”.

  • DAVI diz: 27 de maio de 2015

    POIS É FARACO, SÓ O FRANÇA É IRRESPONSÁVEL? E O BANDIDO DO MARQUINHOS QUE SÓ BATE PELAS COSTAS É SANTO? FAZ O SEGUINTE, LEVA ELE PRA CASA ABÇ.

  • Krall Bolshoi diz: 27 de maio de 2015

    Vim aqui prestigiar este blog. Não sei porquê os leitores não comentam aqui. Será que só eu leio as postagens feitas aqui? Deem uma olhada, é sempre ZERO COMENTÁRIOS, ou o responsável é um CENSURADOR. Um blog escrito por um profissional tão gabaritado, de conduta ilibada e conhecimento vasto do futebol municipal, estadual, nacional e por quê não dizer, internacional? Apresentador que juntamente com outro companheiro de trabalho de igual ou maior estirpe, o Insensati, passam uma energia maravilhosa, um ritmo alucinante que prende a atenção de qualquer telespectador no programa de esportes na TVCom? Quero deixar aqui o meu protesto contra os torcedores do Avaí e do Figueirense, para quem normalmente são direcionadas as postagens. Vamos prestigiar a prata da casa, geennnnte!

  • Telmo diz: 27 de maio de 2015

    Faraco você é mesmo um babaca. Porque você não fala então do Marquinhos Santos. O cara faz um monte de merda é você passam a mão na cabeça dele.

  • Everton – Chapecó diz: 27 de maio de 2015

    Faraco, sem querer causar furor, sabendo que causará, informe a gente de quantas vezes e quais os jogadores de Avai e Figueirense foram punidos por agressão!
    E que a “rivalidade” do clássico da tainha não seja desculpa!

  • Everton – Chapecó diz: 27 de maio de 2015

    Considerando somente os clássicos… todos os clássicos não sei se você vai lembrar! rsrsrsrs. Ao menos os mais recentes!

  • marcos diz: 27 de maio de 2015

    Interessante quando o site do Avaí informa que seu jurídico obteve exito na defesa de Marquinhos e que o jogador pegou APENAS 3 jogos de suspensão. É bom informar ao jurídico do clube que Marquinhos já pegou 10 + 3 = 13 jogos de suspensão apenas por brigas em clássicos . Se ele quer brigar, espera o jogo terminar e vai para bem longe do estádio e briga a vontade sem prejudicar o clube que é quem paga seus salários para ele JOGAR futebol.

  • marcos diz: 27 de maio de 2015

    10 + 3 = 13 jogos de punicão em clássicos. Ou seja se o clube joga 4 partidas por mês o atleta ficou 3 meses sem jogar futebol e recebendo do clube.

  • Fernando Avaiano diz: 27 de maio de 2015

    Amigo, o Leão também vai recorrer já que a pena foi injusta em relação a Marquinhos, 1 jogo seria suficiente. Claro que você não sabe de Direito Desportivo, fica claro pra mim. A questão da primariedade é evidente que ele não tem qualquer condenação no STJD. Outra coisa, a pena é de 1 a 3 jogos, ele tomou o máximo, cabe recurso. A questão da agressão é clara pra mim como Advogado, não existe, já que não se consumou, apenas um ato hostil que não se concretizou. O próprio jogador alvinegro Paulo Roberto isentou o galego na situação. Agora gostaria de saber se vcs como vão se manifestar em relação ao próprio Marquinhos alvinegro, que agrediu nos vídeos apresentados pelo Figueira, o jogador Vagner, o Argel que provocou e o França que estava suspenso e não deveria estar no gramado. E daí srs…

  • Fernando Avaiano diz: 27 de maio de 2015

    Algumas situações a considerar, eu afirmo: A pena foi exacerbada. A questão da agressão não foi comprovada, precisa haver consumação, não houve. O ato hostil significa uma mera intenção, no meio jurídico seria tentativa. No caso Marquinhos não atingiu o jogador alvinegro, que isentou o Marquinhos tirando-lhe qualquer condição de culpa. Portanto, ato hostil. Agora identificando ato hostil, a pena é de 1 a 3 jogos, no máximo. Marquinhos no STJD é primário, já que nunca sofreu condenação naquele órgão administrativo. Portanto a pena de 1 jogo seria mais justa. Desta forma, se fosse o corpo jurídico do Leão, impetrava Recurso pedindo o Efeito Suspensivo, que provavelmente deve ser julgado daqui uns 30 dias, depois do clássico. Já em relação a agressão do Zagueiro Marquinhos do Figueira em cima do Vagner, que aparecem na imagens do vídeo apresentado pelo próprio time do Estreito, onde está a denúncia. Onde está a denúncia do França que estava suspenso e se apresentava no gramado, do Argel que incitou e provocou a torcida criando a situação… hummmm…. Fernando Avaiano

  • bonaster diz: 27 de maio de 2015

    Essas situações tem que parar. Não cabe mais hoje em dia, inclusive com justiça dentro de campo, essas agressões e trocas de ofensas desnecessárias. Cada time tem que se colocar no seu lugar, disputar e aceitar o resultado dentro de campo.
    Concordo com o colocado, que as os desentendimentos, brigas e confusões repercutem diretamente na quantidade de torcedores que vão à campo.
    Eu já desisti do futebol, é só rolo, baixaria, malas brancas e pretas pra lá e pra cá, muita cartolisse. Na verdade é o circo do povo, e tem tolo que ainda acredita nessa palhaçada montada pra ganhar dinheiro de patrocinador mais tolo ainda.

  • Zeca diz: 27 de maio de 2015

    Sou totalmente contra violência, mas você só fala do França em seus comentários, esquece de falar do bandido do Marquinhos que é useiro e vezeiro em dar porrada nos companheiros de profissão, porradas estas sempre quando os companheiros estão de costas, pois nem homem suficiente este bandido é para fazer faltas pela frente ou enfrentá-los.

  • fabiano diz: 27 de maio de 2015

    Gostaria de saber porque o maqueiro do Figueirense será julgado, pois o Marquinhos fez o créu no Scarpelli e nada aconteceu, nem sequer foi indiciado. Me responda outra pergunta Rodrigo: uma joelhada por trás não é agressão, é apenas ato hostíl?

  • Edson Regis diz: 27 de maio de 2015

    Meu caro Faraco, já esta na hora dos dirigentes avaianos, deixarem de passar a mão na cabeça do Marquinhos, pois, se puxarmos o fio da meada, toda esta celeuma em torno do clássico tem sua origem no famoso créu (que não deixa de ser um ato obsceno) diante da torcida alvinegra. Depois como jogador do Grêmio enterrou o Figueirense. Ano passado, covardemente atingiu por traz um jogador do Figueirense, que levou o Trib. de Just.a condená-lo, prejudicando o seu clube, que quase foi rebaixado p/ a 2ª de SC. Agora, novamente, covardemente atingiu outro jogador por traz. Ai a Policia pede p/ não colocar esse mau elemento do França p/não jogar o próximo clássico e porque não tb o mau elemento do Marquinhos, que na verdade é o maior responsável por toda essa discursão em torno do clássico. Inclua-se tb outro mau elemento o Eduardo Costa, justamente dois moradores da cidade.

  • Miguel diz: 27 de maio de 2015

    A direção do Avaí tem que deixar a diplomacia e a tentativa de conviver pacificamente com o coirmão se não é correspondido em suas atitudes.
    A denuncia do Figueirense ao STJD por imagens de um vídeo é um ato de guerra.
    O Avaí deveria denunciar ao STJD, como as imagens mostram, a invasão de torcedores ao campo e a presença de pessoas estranhas ao jogo (França), o que ocasionou toda a confusão após a partida.
    No mínimo, penalidade de 10 jogos em mando de campo para o Figueirense, mandatário e responsável pela segurança do jogo.

  • Fernando Avaiano diz: 27 de maio de 2015

    Pra mim, a guerra está declarada, agora qualquer coisa relacionado a Figueirense FC vai ser utilizado as imagens, em qualquer jogo que algum jogador, técnico ou dirigente pisar na bola. Está é minha opinião, quem com ferro fere, com ferro será ferido. Vamos formar um corpo jurídico pra bater de frente com o alvinegro. A primeira situação será o caso do zagueiro Marquinhos, por agressão ou ato hostil, caso desqualificado no 1º jogo no clássico da Ressacada. Se o procurador não fizer, o Avaí fará, assim como Paulo Roberto em outro lance. Ainda cito a invasão de torcedores no Scarpeli, a provocação (incitação) do Argel, a presença de França no gramado e o envolvimento de outros jogadores alvinegro. As reclamações de Argel também serão filmadas e enviadas ao STJD. A coisa vai apertar agora para o time alvinegro, não querem utilizar o Galego que foi um exemplo nestas 2 partidas de conduta, então que se ferrem. Estão incendiando o próximo clássico, de graça, a coisa vai ficar feia hein.

  • carlos diz: 28 de maio de 2015

    Ontem estava no Supermercado e escutei o seguinte comentário de pessoas inclusive com a camisa do figueirense que o França estaria internado em uma clinica em Curitiba que trata de alcoolismo e drogas.Não sei se é verdade mas vindo dos brócolis e se tratando deste marginal (França) acho que é verdade.Com a palavra a imprensa.

  • Fernando Avaiano diz: 29 de maio de 2015

    Carlos, eu vi na coluna do Cacau, que o França teve seu contrato rescindido com o Figueira. Além disso, o Tiago Heleno está de saída e dizem também que o Marquinhos, o desmanche está só começando.

Envie seu Comentário