Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

15 anos aprovados – 2ª Parte

11 de junho de 2015 1

Para não deixar dúvidas sobre a nota publicada aqui ontem, em nenhum momento informei que os 15 anos de contrato do Figueirense com a SPE tinha sido aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube – é só saber ler a nota. O que informei é que a Comissão Especial criada pelo clube, dentro do Conselho, para analisar as premissas do contrato com a empresa aprovou os 15 anos. Isto foi apresentado na reunião do último dia 5 a um grupo de conselheiros. O que faltou dizer é que é isso que vai à votação no Conselho Deliberativo. A partir da aprovação dos 15 anos pela Comissão é essa proposta que vai ser encaminhada como proposta final de contrato para a votação final do Conselho Deliberativo. Para clarear ainda mais, a Comissão Especial, comandada pelo conselheiro João Henrique Blasi, poderia ter rejeitado o que o presidente queria e estabelecer que encaminharia ao Conselho a votação de um contrato de prazo menor, mas não decidiu assim. Aprovou os 15 anos e assim vai ser votado. Acho que agora ficou bem claro.

 

Comentários (1)

  • Alvinegro diz: 11 de junho de 2015

    Faraco,

    O que faltou esclarecer é que a comissão especial não tem poder para definir nada, apenas para estudar a proposta e encaminhar ao conselho. O que eles vão fazer é encaminhar uma PROPOSTA, que pode ser aceita, no caso os 15 anos, rejeitada, ou ainda aprovada com alteração, para 10 ou 20 anos. Portanto, não faltou ler a nota anterior, mas sim esclarecer que a comissão não tem poder de aprovação ou não de qualquer proposta. Sua função é subsidiar o conselho com as diretrizes que entendem ser a melhor para o clube, sendo este último o único com poder de aprovação ou não das proposta apresentadas pela comissão.

Envie seu Comentário