Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Herança positiva

20 de agosto de 2015 9

O torcedor do JEC tem todos os motivos para ter ficado furioso com o ex-técnico Adilson Batista, mas precisa reconhecer um bem que ele fez ao time. A entrada de Agenor no gol do Joinville foi uma das mudanças mais significativas e produtivas. Não se trata aqui de ressaltar o que Adilson fez, apenas reconhecer. Ao mesmo tempo valorizar, principalmente, o que Agenor está fazendo rodada a rodada.

PC Gusmão confirma Silvinho e descarta Paraíba contra o Atlético-PR
Leia mais notícias do Joinville

 

Alguns pontos que o Joinville tem já podem ser computados a ele, com defesas espetaculares. Agenor sempre foi bom goleiro, desde que apareceu no Criciúma em 2010 já deveria ter despontado no futebol nacional. Perdeu muito tempo no Internacional. Mas talvez agora receba a devida valorização no cenário nacional. Hoje o JEC tem o melhor goleiro do Estado.

Decisão certa

O Joinville decidiu priorizar o Campeonato Brasileiro e a luta contra o rebaixamento e está muito correto. A Copa Sul-Americana apareceu como um bônus pelo título da Série B, mas veio de uma forma meio imprevista, pelas condições de encaixe entre classificados e eliminados da Copa do Brasil. Só que neste momento ela atrapalha.

É claro que há exemplos positivos, como o Avaí em 2010 – que jogou as duas competições para valer, mesmo tentando escapar do rebaixamento, algo que conseguiu – ou a Ponte Preta de 2013 – vice-campeã da Sul-Americana de 2013, mas rebaixada no mesmo ano no Brasileiro. O que interessa agora é o time tricolor focar na disputa do Brasileirão, que está muito complicado.

Comentários (9)

  • Jequeano diz: 20 de agosto de 2015

    Claro que disputar um torneio internacional mesmo que nas primeiras fases as disputas sejam contra clubes nacionais traz prestígio, visibilidade e retorno financeiro (quem conhece a Copa Sulamericana sabe o retorno que ela dá). Mas a prioridade é sim a manutenção na Série A do Brasileiro. Infelizmente nenhum clube catarinense tem condições de se dar o luxo de jogar com força máxima as duas competições ao mesmo tempo. Não nas condições que se encontram hoje na tabela (nem mesmo a Chapecoense que entre os Catarinenses é o que está melhor).

  • Agenor diz: 20 de agosto de 2015

    Muito obrigado pelo reconhecimento.

  • JM diz: 20 de agosto de 2015

    Tem outra do Adilson, botou uns que se achavam titular no gancho, agora voltaram voando, até gol fizeram.
    Técnico tem disso, arruma e estraga.

  • Paulo Criciuma diz: 20 de agosto de 2015

    O Agenor melhor que o Alex Muralha????
    Estas de brincadeira. Ontem na Fox Sport classificaram o Alex Muralha como um dos três melhores goleiros do Brasil na atualidade.
    Te liga Faraco, se não cais no descrédito e no ridículo.

  • BOCÓ DE FLORIPA diz: 20 de agosto de 2015

    Fox Sport classificaram o Alex Muralha como um dos três melhores goleiros do Brasil na atualidade, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, o que pensa o eixo RIO-SÃO PAULO não interessa, lá eles também acham que o Figueirense cai, ops! isso eu também acho.
    Vendam o atleta jogador Claiton, que não consegue passar driblando pelo seu marcador de jeito nenhum, é só chutão pra frente pra ganhar na corrida, é muito fraco tecnicamente, só engana os matutos ilhéus, pois não entendem nada de futebol, vendam enquanto é novo, depois não vai mais correr e ai adeus ‘ craque “, piada.

  • William diz: 20 de agosto de 2015

    Agenor é um bom goleiro, isso é fato. Mas ele tem um pequeno defeito, não sei se percebem.
    Mesmo sendo do Inter, só joga em times de interior, sem expressão e sem visibilidade, tipo: Juventude, KriCiúme e Vice-Inveja.

    - Agenor mô filho!
    - Arranje outro empresário em caráter de urgência, urgentíssima, … hehehe!

    sds. Alvinegras.

  • Rodrigao diz: 21 de agosto de 2015

    Médias de público finalizadas no turno faraco, boa pauta

    Segue o link

    http://app.globoesporte.globo.com/futebol/publico-no-brasil/campeonato-brasileiro/

    E como virou o turno cada um vez todos os jogos em casa, entao ta justo. Mais um baile do avai pra cima do figueira.. fora o ano que subiram com media menor que o avaí que ficou (2013)

    Levaram pau nas ultimas 3 copa do brasil q os 2 jogaram juntos.. nessa foi 9100 x 7200, e agora na serie A campanhas identicas, 8700 x 7400.. virou rotina, o trem quebrou!!

    Olha q o ingresso da ressacada é um aborto de caro, o clube é fechado pra (poucos) sócios, pq a mensalidade aumentou.. ja o figueira vive fazendo promoçao pague 1 leve 3

    Se o ingresso na Ressacada fosse barato, ou seja, liberado pro povão ir, a média seria de 10/11 mil, ate pq jogo barato lá é de 17 mil pra cima

  • Rodrigao diz: 21 de agosto de 2015

    Fora o estadual esse ano onde o avai no turno lanterna teve media de 2
    mil a mais q o figueira lider.. e no quadrangular do rebaixamento pegando ibirama marcilio guarani, tava com media maior q o figueira no hexagonal final lutando pelo titulo.. nem com a final nos passaram, vexame.. avai ja deve ter 70% da torcida na capital

  • Bernardo Figueira diz: 22 de agosto de 2015

    É isso ai Rodrigão, vê-se que a média de público do Avaí é quase o dobro da do Figueira, realmente um baile! HUHAUA com certeza, as ultimas pesquisas mostraram que quase 70 % de Floripa tem mal gosto!

    https://www.youtube.com/watch?v=D5dejMSSUrY

    Abraço!!

Envie seu Comentário