Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A Chapecoense cumpriu o seu papel e não fez feio

22 de outubro de 2015 9
Foto: Eitan Abramovich

Foto: Eitan Abramovich

Foi um início nervoso, em que a bola queimava no pé, em que a Chapecoense não conseguiu encarar de igual pra igual o campeão da Libertadores. O impacto inicial do palco, do adversário, da importância e da repercussão da partida pesou e custou o primeiro gol do River. Só então a Chape começou a competir de verdade. O jogo até seguiu equilibrado, mas o resultado é ruim, principalmente pela vantagem do terceiro gol, no final. O Verdão cumpriu o seu papel e não fez feio, mas vai ser difícil seguir adiante.

Comentários (9)

  • Paulo diz: 22 de outubro de 2015

    Pois é Faraco,
    Não foi ruim, mas s podia ter sido melhor.

    Não fosse as falhas no segundo (bola plenamente defensável pelo Danilo) e terceiro gols ( tivemos 3 chances de tirar a bola e por azar sobrou pra eles) teríamos saído com empate e ainda com gol marcado fora de casa.
    Se revisamos os lances dá pra ver que o River teve pouquíssimas chances de gol, o que comprova que tínhamos a possibilidade de um resultado melhor.
    De qualquer forma, resta lutar e tentar fazer um resultado histórico dentro de nossa casa.

    Abs.

    Paulo

  • marcelo diz: 22 de outubro de 2015

    “nao fez feio” tomando 3, imagina se tivesse empatado.
    Infelizmente o sonho durou pouco…
    Valeu SAO CAETANO de SC…kkkk

  • Deomir diz: 22 de outubro de 2015

    O resultado não diz o que foi o jogo!

  • Fernando Avaiano diz: 22 de outubro de 2015

    Se a Chape realmente quer seguir neste torneio, tem que pegar o time principal e concentração total até a próxima quarta-feira. Que jogue com os reservas. Afinal o time do oeste terá um momento em sua vida maior do que este? Creio que não, mas vale abrir mão de um jogo da Série A do que um jogo da vida, como será esté de quarta-feira que vem contra o River.

  • Mazinho Alvinegro diz: 22 de outubro de 2015

    A Chapecoense até que estava indo bem até sofrer o terceiro gol.
    Culpa do técnico ao colocar o Thiago Luiz totalmente fora de forma devido o “árcoór”.
    O terceiro gol do River teve origem quando o Thiago Luiz, obeso e barrigudo, perde a bola ao melhor estilo pé-de-pano, oferecendo o contra ataque fatal.
    Até aquele momento, o resultado era muito bom para o time do Oeste e com um detalhe:
    Poderia ter empatado o jogo se não fosse a kagada do Thiago.
    Agora ficou mais difícil (não impossível), reverter esse placar em cima de um time como o River que, fisicamente e tecnicamente sobra em campo.
    Mesmo assim, parabéns aos Índios.

  • Mazinho Alvinegro diz: 22 de outubro de 2015

    Acho que a Chape deverá poupar todos os titulares e até mesmo alguns reservas para o jogo contra o River.
    Justifico:
    É que pra ganhar do fraco time “bolsa-familia” do mangue, podem colocar até os fraldinhas que é êxito garantido, .. hehehe!

  • MAURINO BASTOS diz: 22 de outubro de 2015

    Se eu não fosse um Alvinegro roxo, com certeza escolheria a Chape como o meu time favorito. Está jogando o fino da bola e os Argentinos, ficaram conhecendo o time desconhecido, como diziam. Vamos Chape, pelo saldo de gols, perderam somente de 3×2, já que gol fora valem dois gols. Aposto todas as minhas fichas na Chape, pois o River mostrou que não é aquela Brastemp.
    Alô Fernando avaiano, assim tu dá muito na vista. Querer que a Chape jogue com os dentes de leite contra o teu time? kkkkk. Estás pedindo arrego, ou estás menosprezando o teu time?

  • carlos heidenreich diz: 23 de outubro de 2015

    Não sei porque este enfase em cima dos índios. Chegamos a uma semi-final também da sulamericana e não falaram quase nada eliminando o Emelec.Para né gauchada boba.

  • Mazinho Alvinegro diz: 23 de outubro de 2015

    A diferença é que “SE” a Chapecoense for eliminada pelo River, Campeão da Libertadores, não será demérito nenhum.
    O grande demérito foi o time do mangue ser eliminado pelo poderosíssimo Goiás.

Envie seu Comentário