Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Pedra na chuteira do Figueirense

24 de outubro de 2015 2

Encarar o Santos não tem sido o melhor caminho para o Figueirense nesta temporada. São três derrotas em três jogos entre Copa do Brasil e Brasileirão. O Peixe é o adversário na hora errada e vai trazer novamente dificuldades. Era melhor enfrentar agora um concorrente direto de tabela. Só que um Brasileirão não oferece escolhas e vai precisar superar este obstáculo porque precisa dos pontos.

Confira a classificação da Série A

O jogo contra o Flamengo, a vitória contundente de 3 a 0, é o exemplo de como o Figueirense precisa jogar. É claro que o adversário é mais qualificado. O Flamengo se complicou quando teve a bola no pé. O Santos não se complica. O Alvinegro não vai ter Clayton, mas vai ter Carlos Alberto, que não esteve naquele jogo. Marcação, intensidade, velocidade e objetividade – este é o jogo que é preciso fazer.

Comentários (2)

  • Chico Itapema diz: 24 de outubro de 2015

    Quem assistiu o jogo contra o Joinville, viu que esse timinho na beira do Z4 ( de novo ) kkkkkkk não tem nada de marcação, intensidade ( o que é isso, rsrsrsrs ) velocidade e objetividade kkkkkkk meu deus… ajude essa gente pensar melhor.
    Até tomar o gol do Kempes, era só amarração do Alex mureta, chutes para todos os lados, daí o freguês do Jec resolveu parar de fazer cera, mas nunca um futebol que estão pedindo, freguês é freguês vai sempre gostar de dar e se entregar para o mesmo.

  • Chico Itapema diz: 24 de outubro de 2015

    Esqueci…e o técnico virgem, unico emprego que conseguiu na vida, e deixou muitas viúvas chorando, anuncia que quer no Inter o Fabinho, quem!
    E os cavalos! nada…
    Para a mídia do Rio Grande, esse vai ter que procurar outro clube em 2016.
    O que tu acha estrume, escreve algo.

Envie seu Comentário