Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Os méritos individuais da campanha do Joinville na Série A

04 de novembro de 2015 4

O Joinville pode até cair para a Segunda Divisão, como o rendimento da equipe sempre mostrou, já que o time nunca saiu da zona de rebaixamento. Mas não há como não reconhecer que o trabalho desenvolvido no clube no segundo turno do Brasileirão trouxe o time a um nível melhor de competição.

Goleiro Agenor, do JEC, na mira dos russos
JEC se reapresenta e inicia preparação para receber o Santos 

Méritos para o trio PC Gusmão, João Carlos Maringá e Alexandre Souza. O técnico mudou a forma de acertar a equipe e definiu certo padrão que o JEC repetiu na maioria dos jogos. Tem cinco vitórias e seis empates em 18 jogos — um aproveitamento de 38,8% que hoje tiraria o Joinville do Z-4. Maringá chegou para fazer o trabalho de vestiário e o que se percebe é uma mudança drástica no grupo, com outra mentalidade na competição. Já Alexandre, que já estava lá antes, mostrou a competência na parte física, com um time com força e resistência para aguentar o tranco das partidas em sequência.

No time, além do goleiro Agenor, que faz uma Série A de grandes defesas, o volante Anselmo tem se destacado também com ótimas atuações — sendo um jogador de marcação, dinâmica e ótima chegada no ataque.

Onde errou

O JEC errou bastante na forma como encarou o “monstro” da Série A. O impacto da chegada à elite não foi bem administrado. Muitas contratações e sem muito critério marcaram o início da caminhada. Sem eleger culpados, o Joinville não soube chegar na Série A e fez um esforço acima do necessário para tentar colocar a equipe no padrão da competição.

O time precisava de reforços e não de uma remontagem. A base da Série B seria suficiente em termos de conjunto e coletivo para encarar o início. Mas teria que ser reforçada pontualmente. No final da história toda, o clube acabou apostando mesmo na base da Série B, com atletas como Naldo, Anselmo, Guti, Bruno Aguiar e Edson Ratinho. Acredito que a direção do JEC já tenha essa consciência. Nada que não sirva de experiência para os próximos anos. O Joinville vai seguir forte, mesmo que confirme o rebaixamento.

Comentários (4)

  • Zeca diz: 4 de novembro de 2015

    Está certo. Mas pode escrever e dizer o Joinville não está preocupado se for rebaixado. Vai continuar forte.
    Uma que a torcida continua dando apoio, tem mais de mil torcedor na espera, caso um sócio desistir outro entra, cada nova camisa no primeiro dia vende 500, pois, todos sabem que a poucos anos nem série tinha, e a cidade gostam de futebol, e tem muita gente que quer ir a jogos na arena.
    Quem está preocupado é corneteiro, nunca foram a jogos e o Jec não precisa deles, tem torcedor sobrando.
    Dos últimos 6, é o único sem problema e vai continuar na série B muito forte.

  • Mazinho Alvinegro diz: 4 de novembro de 2015

    O Jeca, atual BI-VICE do MAIOR está falido, fato!

    Isso que já faliu o Caxias, tadinho, que teve que vender o Ernestão para especuladores imobiliários para saldar dívidas públicas, isso sem falar do América, clube bem sucedido à época e que acabou caindo no mesmo golpe de fusão e com isso, caindo no anonimato.

    Agora estão tentando no desespero, sefundirsetudo com o futebol de salão (Krona).
    Eu se fosse mandatário do salão não aceitava, sob pena e risco de seguir os passos dos extintos Caxias e América.

    Acho que a arena sucateada do governo terá como destinação futura, receber shows sertanejos, cultos evangélicos e pelada dos padres, .. hehehe!

  • William diz: 4 de novembro de 2015

    Já que esse idiota do Mazinho escreveu tanta besteira, e não conhece nada do Joinville, só recalque hehehehe.
    Imagina o que ela iria escrever do Furacão que conhece bem.

  • Serginho Sarda ( Sheik ) diz: 4 de novembro de 2015

    Por isso tenho ódio do Jec.
    Nossos jogadores vão embora e o furacão não ganha nada, não sobra nem para uma lata de tinta.
    No Joinville, Agenor veio de graça, vira um baita goleiro em poucos meses e vai ganhar 7 milhões.
    Parabéns Jec.

Envie seu Comentário