Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Abram o olho com o Vasco

01 de dezembro de 2015 4

Desde o empate do Vasco com a Chapecoense, no Maracanã, existe uma guerra declarada do clube do Rio de Janeiro contra o futebol catarinense. O presidente do Vasco, Eurico Miranda, já falou repetidas vezes sobre arbitragem, e em todas elas levantou suspeitas sobre um esquema de favorecimento ao futebol de Santa Catarina, colocando em dúvida a conduta de árbitros e da Comissão de Arbitragem.

Delfim reclama de favorecimento ao Vasco

Eurico estava escolhendo um alvo e fazendo o seu jogo de bastidores. Pois bem, chegada a última rodada do Brasileirão, o Vasco só se salva se os dois de Florianópolis – Avaí e Figueirense – caírem. Portanto, Eurico estava certo na escolha dos alvos. E vem martelando. Tudo isto em meio a uma briga política de bastidores que envolve também o presidente da FCF, Delfim Pádua Peixoto Filho.

É hora de posicionamento forte. Os bastidores do futebol exigem presença firme. Não há lugar para ingenuidades. Há muito em jogo. O futebol se ganha no campo, mas antes disto é importante saber se apresentar pra disputa. O futebol catarinense corre o risco de terminar o ano atropelado. Se for para ser assim, que seja somente em campo, e não por artimanhas de bastidores e jogo de interesses.

Comentários (4)

  • Mazinho alvinegro diz: 1 de dezembro de 2015

    Fazer um posicionamento forte também faz parte do dia dia do meo Figueira, sem artimanhas nunca ganhou nada.
    Pode apostar que o nosso presidente barriga já está trabalhando neste sentido.
    Mas agora é tarde, não tem um catarinense para nos ajudar, mais por falhas nossa, não somos amigo de nenhum, todos querem nosso couro.
    Agora é tarde, acabou.

  • EDNILSON diz: 1 de dezembro de 2015

    FARACO,…. NÃO DA MAIS PRA AGUENTAR ESSE CHORO DE VCS E ESSA MALDITA FRASE SUA” FUTEBOL SE GANHA EM CAMPO” .. ESSE TIMINHO A QUAL VC SE REFERE, VIRGEM CENTENÁRIO DE TITULOS NACIONAIS GANHOU OS ULTIMOS 2 ESTADUAIS FORA DE CAMPO , 1 NO APITO E OUTRO NO TAPETÃO …. ENTÃO PENSA ANTES DE FALAR…

  • Marcelo diz: 1 de dezembro de 2015

    A preocupação com a arbitragem agora também é tendenciosa: no começo do campeonato o Avaí ganhou do Flamengo com gol irregular (a bola saiu e ninguém viu!); o Avaí também foi favorecido nos jogos contra o Inter (falta clara em cima do Sasha na hora da definição do gol e jogo estava empatado e a “cavalgada” do André Lima em cima do goleiro do Goiás!); a falta escandalosa em cima do Jorge Henrique, do próprio Vasco no jogo contra o Avaí; e os lances polêmicos a favor da Chapecoense contra o Vasco; outro pênalti escandaloso a favor do Figueirense contra o Avaí. Ocorreram lances contra os times da Capital, é verdade. O ponto principal é que a arbitragem neste campeonato foi muito ruim. Agora justificar o rebaixamento na ÚLTIMA rodada por conta de manipulação de arbitragem é não ser coerente com tudo o que houve contra ou FAVOR dos times de Santa Catarina, particularmente o Avaí.

  • Batista diz: 1 de dezembro de 2015

    Futebol brasileiro não é um esporte que se pode levar a sério, o presidente da CBF ta lah preso andando com uma coleira por corrupção, o outro não sai do Brasil com medo de ser preso também, agora o presidente da FCF fala para os clubes ficarem atentos com o “sorteio de arbitros”, essa declaração esclarece muita coisa. Uma que a manipulação de resultados é uma prática recorrente no futebol tanto nacional como no torneio “faz de conta” estadual. Enquanto os outros esportes utilizam a tecnologia na arbitragem o futebol evita para poder ter o argumento de que, infelizmente o árbitro errou e fica por isso.

Envie seu Comentário