Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

As dores da queda

08 de dezembro de 2015 3

Administrar rebaixamento não é nada fácil. Ainda mais como foi a queda do Avaí, com problemas financeiros que impedem que o clube consiga cumprir seus compromissos mensais. O impacto vai ser muito forte se não houver uma ação emergencial e um plano para recuperar as finanças. Faz tempo que escrevo que o Leão precisa de ação, de gente ativa e com novas ideias, que vá ao mercado e faça diferente do que tem sido feito – ou do que não tem sido feito – desde 2012.

“A gente não caiu hoje”, afirma técnico do Avaí após rebaixamento
Jogadores lamentam rebaixamento do Avaí: “Sentimento de culpa”

O Avaí se acostumou a ter “o cara” que paga a conta, que era o ex-presidente João Nilson Zunino. Agora precisa se acostumar que há um mercado lá fora e que todos estão competindo pelas mesmas fatias de dinheiro. Com salários atrasados, o clube não dá mostras de que tenha de onde tirar para cumprir o que está por vir ainda em 2015. E pior… 2016 já começa com uma redução de pelo menos R$ 15 milhões no orçamento.

Imposição

O presidente Nilton Macedo Machado tem que ser mais afirmativo sobre o posicionamento dele como comandante do Avaí. Não há clube que resista a um presidente que não seja bastante impositivo sobre se vai sair ou se vai ficar. Quando abre possibilidade de pedir licença, ou quando diz que o Conselho “poderia” reduzir seu mandato – hipótese já descartada –, ele passa uma impressão que não sabe se quer. É o momento de ser mais afirmativo e tomar as rédeas do rebaixamento, assumindo erros e apontando ao torcedor avaiano o caminho que vai escolher para dar a volta por cima.

A declaração de vagner

A entrevista do goleiro Vagner depois do empate em São Paulo, que confirmou o rebaixamento do Avaí, foi muito forte. O goleiro disse para o Brasil inteiro que “os jogadores não mereciam, mas o clube sim”. É uma pancada de dentro para fora. Claro que o goleiro estava falando dos salários atrasados. Vai ser visto como vilão e talvez passe a ser odiado pelo torcedor avaiano. Mas é preciso perceber que os jogadores realmente lutaram muito até o final – com algumas e poucas ressalvas.

O jogo contra o Corinthians foi de uma aplicação tática impressionante. Vagner foi duro no recado, mas não disse algo esteja fora da realidade. Acho que o Leão não mereceu, porque o clube é maior que as ações da sua diretoria. Esta sim errou bastante e acabou colaborando para que o rebaixamento viesse.

Comentários (3)

  • Everton – Chapecó diz: 8 de dezembro de 2015

    Sugestão Faraco, Da um Ctrl+C nessa postagem que no final de 2016 tu já tem o texto pronto!
    Coitado do Vagner e dos outros jogadores, entraram numa fria sem tamanho. O Kleina é que foi macho mesmo, fez e desfez e caiu fora quando viu que a vaca tinha ido pro brejo. Será que ele tem salário atrasado também? Como pode ter um clube tá largado e sem direção como o Avai? Ouvi falar, em um programa da CBNDiario, que o Avaí tem 46 jogadores. É verdade? 46?
    Se isso for verdade é muita falta de competência mesmo.

  • P.A diz: 8 de dezembro de 2015

    Duro é o Avaí e seus torcedores darem ouvidos para esse cidadão Miguel Livramento, acompanho os pitacos sem noção desse cara, mania de grandeza, iludido, sabe nada de nada.

  • Mazinho Alvinegro diz: 8 de dezembro de 2015

    O Vagner declarou que são 4 meses de salários atrasados e para eles sobreviverem, tinham que pedir dinheiro emprestado com o caveira pra poder passar o mês.

    Na real Faraco, esse clube do mangue é um clube impostor e, desde tempos remotos se acostumou a mamar nas tetas do governo. A última, foi aquela desapropriação obscura daquele terreninho do governo que pingou nos cofres do Bvai.

    Agora são 4 meses de pagamentos atrasados, mais o 13o. salário, sem patrocínio master, Ressaqueda penhorada, zilhões em dívidas trabalhistas e o diagnóstico disso tudo, qualquer guri-pequeno sabe exarar. Óbito! … hehehe!

    sds. desde o FURACÃO, o + x CAMPEÃO e atual bicampeão estadual em cima do Joinveja, rumo ao TRI.

Envie seu Comentário