Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Décor para casas com PETs

20 de maio de 2011 0

Acho o máximo quando encontro exemplos como este. Nada é imutável! Nós somos completamente mutantes. Não somos, talvez, muito adeptos a mudanças, principalmente, aquelas que surgem do nada. Mas, com bons olhos, boa vontade, nos adaptamos ao novo momento. Digo isso porque a minha vida mudou há três anos, quando em comum acordo com o maridão, decidi abrir espaço na minha confortável e independente vida para um ‘ser’ chamado Nazareth. Sim, foi uma mudança planejada (ou seja, nos preparamos para tal momento). Isso não significa que foi mais fácil. Por incrível que pareça, no meio do caminho, muitos são os desafios, os testes… é preciso doação, força, coragem, peito aberto… ou seja, mudar é aprender com a mudança de rotina, por exemplo.

Ah, esqueci de dizer, para quem ainda não conhece ou não ouviu falar, Nazareth é a minha baby dog, uma pinscher figuraça, minúscula, toda quebrada (tem platina, inclusive), cheia de personalidade… rsrsrsrsrs… a cadela do rock.

Sim, foi ela quem mudou, literalmente, a minha vida. Mudou para melhor! Mexeu no meu dia a dia, fez eu abrir os olhos, repensar tudo. Não vou dizer que foi fácil, mas é cada dia mais prazeroso. Entendem??? Nós nos adaptamos às mudanças, sejam elas esperadas ou não!

Quando vi esta foto, pensei: “isso diz tudo!”

Não foi apenas eu, como pessoa, que mudou. Minha casa mudou e foi totalmente adapatada para atender às necessidades de uma pinscher que pensa que é um dobermann, uma superdog. A sala ganhou tapete, o sofá foi trocado por um mais baixo, vários pufes estão espalhados pela sala e no quarto para que ela consiga subir e descer do estofado e na cama… várias almofadas foram feitas exclusivamente para a Nazareth, com estampas de bichinhos (são de PETwork)… sempre brinco que as almofadas fazem parte do loft da Nazareth.

Quem tem animal de estimação sabe como é. Vejam esta ideia de mobília, um pequeno aparador/cômoda com nicho para um cafofo canino. A parte inferior do móvel foi adaptada para ganhar um almofadão. A lateral ganhou cabideiro para pendurar a guia do animal.

Um bichinho em casa até nos inspira a criar uma decoração diferente! Não ficou show esta ideia? Garimpo do blog Casa com Açúcar.


Envie seu Comentário