Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Macaron: nobre, santo e delicioso

24 de março de 2011 7

 Reprodução internet
O que se pode esperar de um biscoitinho que tem massa de origem italiana e recheio francês? Nada menos do que uma delícia.

A procedência do macaron é incerta, mas tudo indica que esta seja a sua árvore genealógica. Acredita-se que a massa tenha nascido em algum monastério italiano e que o nome derive de maccherone (massa fina).

Com o casamento de Catarina de Médicis e Henrique, Duque de Orleans, a receita teria sido levada para a França. Neste país, teria sido produzida por freiras – fala-se principalmente em Carmelitas. Mais tarde, o macaron pulou o muro do convento e ganhou o mundo – para aleluia de todos os demais mortais.

Até então tratava-se apenas de um biscoito. O toque de mestre – a união de dois biscoitos com um receio cremoso no centro – veio no século 20. A invenção é atribuída ao patisseur Piere Desfontaines, fundador da Ladurée, em Paris, que é até hoje a mais famosa fonte de macarons do mundo.

Comentários (7)

  • Felipe Alves diz: 24 de março de 2011

    O de Paris eu não sei, mas os macarons da Marcinha são ótimos!

  • Fabiula Rocha diz: 24 de março de 2011

    Quero saber por que a Marcinha não levou os macarons para a redação! hehe

  • Feito em Casa » Arquivo » O primeiro macaron ninguém esquece diz: 25 de março de 2011

    [...] de curiosidade a respeito destes doces muito populares na França mas nascidos na Itália (leia o post abaixo), coloridos, lindos e deliciosos. Já havia pesquisado receitas na internet, mas elas me pareciam [...]

  • Feito em Casa » Arquivo » Macaron: um francês cheio segredos diz: 1 de abril de 2011

    [...] Leia mais sobre macarons aqui e aqui. [...]

  • GRAÇA SABINO diz: 25 de março de 2012

    Adorei sua receita, as ilustrações e as dicas. Estou fazendo uma extensa pesquisa sobre como fazer os macarons para prepará-los p casamento de minha filha. Vou testar a sua receita e depois volto a comentar. Obrigada!!!!

Envie seu Comentário