Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Torta rápida com recheio aproveitado

29 de março de 2011 0

Foto Márcia Feijó

A massa que ensinei a fazer aqui há alguns dias, para tortinhas de maçã, revelou-se muito versátil.

Na noite de quinta-feira passada, na hora de esquentar a janta para a galera lá de casa, constatei que não havia pedaços de frango suficientes para todo mundo. O que fazer? Daí que lembrei daquela massa fácil e rápida (veja a receita) e mandei brasa.

  

1. Acrescentei um pouco a mais de sal temperado (pode substituir por  1/2 colher de chá de sal mais pitadas de temperos desidratados, como orégano, manjericão, salsa e cebolinha). Pronta a massa, coloquei num saco plástico e deixei na geladeira enquanto preparava o recheio.

2. O frango que havia, eu desossei, piquei, misturei com molho de tomate e um pouquinho de espinafre triturado (ambos eu tinha no freezer) e levei ao fogo. Acrescentei umas quatro azeitonas cortadas em tirinhas finas e temperei o molho com sálvia desidratada.

3. Cozinhei um ovo, piquei e reservei.

4. Cortei a massa em duas partes (2/3 do total numa e 1/3 em outra parte). Estiquei a parte maior - numa mesa enfarinhada – e com ela forrei a base de uma forma pequena de fundo removível, cobrindo as laterais também. Coloquei o recheio e joguei por cima queijo ralado e o ovo picado.

5. Estiquei  a parte menor da massa, cortei uma rodela no tamanho da forma e com ela fiz a tampa da torta. O excesso das bordas eu dobrei por cima da tampa, prendendo bem. Com as sobrinhas de massa ainda deu para fazer uns coraçõezinhos e enfeitar a torta.

6. “Colei” os corações com gema de ovo e aproveitei para pincelar com ela toda a tampa. Assim a massa fica com uma cor mais boitinha. Depois fiz furos na massa da tampa, para o ar sair enquanto a torta assava. Alguns minutos no forno e estava pronto um jantar reciclado muito gostoso.

A narrativa parece longa, mas o processo todo durou uma meia hora. E o prato é uma boa opção para um jantar a dois ou mesmo como sugestão de single food de que falei aqui.

Em tempo: a confecção da torta teve a ajuda do filhote Nicolas, co-autor da receita reciclada e meu grande parceiro na cozinha.


Envie seu Comentário