Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Floripa Quilt foi um sucesso

08 de maio de 2012 2

Fotos divulgação

Consegui chegar na feira Floripa Quilt, realizada em Florianópolis de 3 a 6 de maio (último final de semana), aos 45 do segundo tempo. Ou seja, a feira fechava às 18h de domingo e cheguei às 17h (enquanto a bola já rolava solta no clássico Avaí e Figueira). Pensei que ia encontrar os estantes já fechados e dois gatos pingados circulando pelos corredores. Que nada! Ainda estava o maior agito por lá. As quiltadeiras da Capital pelo jeito souberam valorizar a ótima iniciativa.

Embora um pouco distante, o Sesc de Cacupé mostrou-se um local excelente para este tipo de evento. Com bastante gramado para que a criançada, papais e vovôs brincarem, sem pressa para ir embora, deixando as mamães, titias e vovós se concentrarem nos tecidos e linhas.

A feira também foi dividida entre um espaço de vendas de produtos para artesãos e outro dedicado ao comérico de artigos prontos. Mais um ponto para a organização.

Adorei e senti pena de não ter acompanhado alguma oficina. Agora é torcer para o Floripa Quilt entrar definitivamente para o calendário. Já soube que a intenção dos organizadores é fazer uma feira por ano. Que ótimo!


Comentários (2)

  • Heloiza Helena diz: 8 de maio de 2012

    Achei tudo muito lindo, muito bem apresentado, muito bom gosto, espaço refrigerado … mas o preço!!!!!! Gente, o que é isso!!!!! Aqui é Brasil … heloww!!!! Fora da realidade! Como difundir uma técnica inflacionada? Só pra quem é apaixonado! E olhe lá!!!!!
    Acho que o artesanato faz parte da tradição de cada parte do Brasil, com suas particularidades.
    Gente, o fuxico … das antigas … caríssimo!!!!
    Não dá … precisamos repensar … desse jeito o artesanato vai se transformar em obras de arte onde somente os que tem poder aquisitivo alto poderão adquirir. Parabéns pela iniciativa mas podemos combater o preço alto.
    Vamos levantar a moralidade do artesanato … acesso à todos!

  • Karin diz: 23 de maio de 2012

    É mesmo um pouco caro, mas as ferramentas são caras, os tecidos estão caros, e mem vamos falar dos importados pois nossos tecidos, embora sejam de muito boa qualidade ainda deixam muito a desejar na estamparia. E este é um trabalho que demanda muito tempo e muito cuidado pois só assim fica bem feito. Alguns trabalhos são realmente obras de arte feitas de tecidos. Verdadeiras telas pintadas com tecido.
    Antigamente o fuxico era feito com sobras do tecido da casa pois as roupas eram feitas em casa. Hoje compra-se o tecido para fazer o fuxico.
    Eu também pensava assim antes, por isso fui aprender para poder produzir peças para minha casa e minha família. Com o conhecimento vi que não era bem assim.
    E nos festivais de patchwork pelo país afora é tudo mais ou menos igual. Os preços talvez até sejam mais caros.
    E aqui no Brasil tudo é mais caro, nos países desenvolvidos tudo é mais barato, exceto a comida. Mas lá o patchwork é bem mais caro, pois o artesanato e o trabalho manual são muito apreciados e valorizados.

Envie seu Comentário