Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Aproveitamento"

Separe seu lixo adequadamente

04 de janeiro de 2012 2

Começou 2012 e é hora de colocar a vida em ordem. Que tal começar pelo seu lixo?

Há cerca de 10 anos, ter duas latas de lixo na cozinha ou na área de serviço, para separar material descartado orgânico e reciclável, era uma novidade. Hoje, infelizmente ainda não se pode nem dizer que este hábito esteja totalmente disseminado, mas ele já não basta. É necessário dar um passo adiante na questão. E parece que um novo hábito já começa a entrar nas nossas casas.

Há pouco tempo encontrei, no supermercado que costumo frequentar, uma série de recipientes para o lixo doméstico, em cores diversificadas e com a indicação de conteúdo a que se destinam estampada: orgânico, papel, plástico, metal e vidro. A intenção é usá-los para uma separação mais minuciosa do lixo, já dentro de casa.

Há poucos meses, também, o síndico do condomínio onde moro distribuiu uma circular informando sobre a adaptação do prédio à Lei 12.305, de 2010, instituindo a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

A legislação trata, inclusive, do lixo doméstico, passando a ser obrigatória a separação dos resíduos sólidos, e sua disponilização adequada para coleta. Portanto, esta separação, como bem disse o síndico na cartinha, precisa começar dentro dos apartamentos.

Andei pesquisando e encontrei na internet uma série de outros recipientes apropriados para fazer a separação adequada do descarte. Em tamanhos menores e mais práticos do que o que já se vê em locais públicos.

Então, aqui vai uma galeria de opções.

 



 



 


 




E, claro, se a ideia é preservar, você também pode adaptar as próprias lixeiras que já tiver em casa. Basta colar nelas um adesivo com a nomenclatura.

Para ajudar, o colega Lucas Abreu criou para nós algumas opções que você pode imprimir, adesivar e depois colar nas suas lixeiras.



 

 

 


Receita de torta com panetone, sorvete e frutas vermelhas

02 de janeiro de 2012 2

Foto Márcia Feijó

No Natal, minha cunhada Ana Cláudia Gubert ficou responsável pela sobremesa. Levou com um doce delicioso que ela aprendeu assistindo ao programa do Jamie Oliver na madrugada – ela tem um bebê ainda em fase de amamentação. Ele foi feito com panetone e sorvete. Muuuuito gostoso.

Testei a receita no Ano-Novo e todos adoraram. Alguns me disseram que viram essa receita também no programa da Ana Maria Braga. Bom, no mundo da culinária, tudo se copia e adapta para seu próprio paladar. Aqui vai a receita com pequenas alterações que fiz, incluindo frutas vermelhas frescas. 

É outra excelente dica para aproveitar os panetones que sobreviveram às festas de final de ano.

Torta de panetone, sorvete e frutas vermelhas

Ingredientes:

1 panetone com frutas cristalizadas (ou 1 panetone mais 100g de frutas cristalizadas)

150g de mirtilos

150g de cerejas (frescas ou em calda)

150g  de morangos

500g de sorvete de creme

200g de chocolate amargo ou meio amargo para derreter

Dica: podem ser usadas amoras e framboesas. Pistache e castanhas bem picadas também vão bem nesta receita.

 

Você vai precisar ainda de uma vasilha arredondada (pode ser de plástico, inox ou cerâmica) e de filme plástico.

 

Como fazer:

Pique cerca de 100g de morangos e cerejas (framboesas e amoras também, se for usar). Reserve algumas frutas inteiras, inclusive mirtilos, para enfeitar a torta.

Forre todo o fundo de uma vasilha arredondada com filme plástico.

Deixe o sorvete amolecer um pouco.

Corte parte do panetone em fatias, pique-as e forme uma cama no fundo e laterais da vasilha.

Por cima do panetone, forme uma camada de sorvete.

Disponha sobre o sorvete parte as frutas misturadas (morangos, cerejas, mirtilos e as demais, se usar). Acrescente sorvete e, sobre ele, mais frutas. Coloque mais sorvete e feche com uma última camada de fatias de panetone.

Tape a vasilha com o filme plástico. Coloque um prato raso por cima para pressionar e leve ao freezer até endurecer bem.

Uma hora antes de servir, retire do freezer e deixe na geladeira.

Na hora de servir, derreta o chocolate no micro-ondas (veja aqui como fazer). Retire  o filme plástico, vire a torta em um prato e banhe o topo, formando uma casquinha de cobertura (cuide para que ela não fique muito grossa, pois fica ruim d e cortar). Decore o prato com as frutas inteiras reservadas.

 


Sobrou panetone? Faça rabanadas.

24 de dezembro de 2011 0

Aqui vai outra dica para aproveitar as sobras da ceia de Natal.

Se você não aguenta mais comer o panetone como ele veio ao mundo. Ou se não conseguiu consumir todos os que ganhou e eles já estão ficando meio secos, faça rabanadas com eles.

Nest post tem a  receita da rabanada. É a mesma,  mudando apenas de pão para panetone.

Receita de quiche com sobra do peru de Natal

24 de dezembro de 2011 1

O Natal passa  e o peru sobra… (ou chester, ou bruster, que seja).

Não vá jogá-lo fora. Separe a carne das frutas (elas contribuem para que a carne estrague mais rápido), desfie e congele.

Ou aproveite-a já para fazer um quiche bem gostoso. Aqui vai a receita.


Quiche de peru

Ingredientes da massa:

2 xícaras de chá de farinha de trigo

100g de manteiga

1 ovo

2 colheres (sopa) de água fria

sal a gosto

Ingredientes do recheio:

300 g de peru desfiado

2 colheres (sopa) de manteiga

½ cebola

2 colheres (sopa) de cebolinha picada

1 pitada de pimenta do reino

1 pitada de noz-moscada

1 lata de creme de leite

Como fazer a massa:

Misture todos os ingredientes até obter uma massa homogênea. Molde uma bola. Coloque numa saco plástico e leve á geladeira por meia hora.

Como fazer o recheio:

Refogue a cebola na manteiga. Acrescente a cebolinha, o peru, a pimenta e a noz-moscada) e o creme de leite. Desligue em seguida.

Como montar:

Divida a massa em duas partes. Abra uma delas formando um círculo e forre uma assadeira redonda com ela. Reserve a outra parte.

Coloque o recheio sobre a massa.

Faça outro círculo com a massa restante e coloque sobre o recheio, formando a tampa.

Asse em forno médio até que doure (leva uns 40 minutos).

Sementes de abóboras como aperitivo

16 de novembro de 2011 5

Foto Márcia Feijó

Neste final de semana preparei uma receita com miniabóboras e descobri uma bela maneira para aproveitar as sementes.Elas ficam uma delícia salgadas e torradinhas. Servem como aperitivo e para dar aquela enganadinha na fome.

Além de gostosinhas, as sementes de abóbora têm uma fama muito boa entre especilistas na área da saúde. Elas contém zinco, cuja ação fortalece o sistema imunológico. Também são ricas em fibra, o que melhora o funcionamento do intestino. Possuem ainda um óleo chamdo betasistorol que pode ajudar a evitar problemas na próstata. E, recentemente, foi descoberto que até de renovar os genes elas são capazes.

Não saberia dizer se tostadas elas mantém as mesmas propriedades (a da fibra, com certeza sim), mas, no mínimo, são gostosinhas assim.


Sementes de abóboras tostadas


Ingredientes:

sementes de abóboras

sal

curry

orégano

flocos de manjericão


Como fazer:

Retire bem a polpa da abóbora que ficou grudada nas sementes. Lave-as e coloque sobre papel toalha. Se possível, deixe-as secar ao sol. Se demorarem para secar, você também pode usar o micro-ondas, com potência baixa, de 15 em 15 segundos, mexendo-as nos intervalos, para secarem por inteiro.

Depois de secas, coloque as sementes numa frigideira, com um fio de azeite de oliva e frite-as levemente (desligue antes de ficarem escuras).

Tempere e espalhe-as bem numa assadeira. Leve ao forno e torre até que fique com um tom dourado e bem crocantes.

Como fazer lanterna Jack-O para o Halloween

21 de outubro de 2011 0

Reprodução internet

Sempre que vejo um filme norte-americano sobre Halloween, fico morrendo de vontade de fazer uma daquelas lanternas usando abóbora como suporte. Procurei no Youtube e encontrei vídeos que ensinam. Infelizmente, a abóbora recomendada para isto não é muito fácil de encontrar por aqui. Mesmo assim, se você quiser tentar criar uma com a espécie brasileira, compartilho o meu achado. Os vídeos são em inglês, mas dá para seguir o passo a passo perfeitamente.

Dica: procure uma abóbora com boa altura e que ainda tenha o cabinho.

Como preparar a abóbora:

Como limpar por dentro:

Como desenhar a cara do Jack-O:

Como esculpir:

Como proteger sua criação:

Como finalizar a apresentação:

Uma dica para utilizar as sementes:

O que fazer com o mel que cristalizou?

07 de junho de 2011 3

Aqui vai uma dica legal dicas sobre mel enviada pela equipe da Feira do Mel de Florianópolis, que começa amanhã, no Largo da Alfândega, no Centro da Capital:

:-P  Com a chegada do frio, o mel costuma ficar cristalizado e endurecer. Para melhorar a consistência e facilitar o consumo é preciso descristalizá-lo. Basta colocar o mel em banho maria a 40°C (calor suportável quando se põe a mão dentro da água) e mexer lentamente. Mas, é bom ficar atento, se a temperatura ficar muito alta o mel pode perder algumas propriedades.

A Feira abre amanhã, das 10h às 18h, e segue até sábado. Na quinta e na sexta o horário é das 8h às 18h. E no sábado é das 8h às16h.


Mais uma dica de limão

17 de maio de 2011 2

Semana passada postei aqui duas experiências para conservar bem o limão depois de cortado. E elas deram supercerto. Usei as duas metades guardadas, um dia e meio depois e estavam ótimas, sem ressecar nem azedar.

Pois hoje tenho uma outra dica simples e eficiente sobre limão. E essa quem me ensinou foi meu marido Jacy.

Antes de cortar o limão, aperte-o levemente contra uma superfície dura (o mármore da pia, a mesa de madeira etc..) ou na própria mão mesmo. Você vai perceber que fica muito mais fácil extrair o sumo dele, depois.

Duas experiências com limão

13 de maio de 2011 3

Descobri umas dicas legais sobre limão. Se você corta a fruta e usa só uma parte, acaba perdendo a outra. Pois, mesmo guardada na geladeira, ela fica com um gosto amargo e logo resseca.

Uma das dicas é guardar o limão dentro de um pratinho com um pouco de água. A outra guardar a metade dentro de um prato sob uma xícara emborcada.

Coloquei em prática os testes dos dois métodos ontem à noite. Hoje pela manhã as duas metades guardadas realmente conservaram o sumo sem aumentar o amargor e sem ressecar.

 

Na geladeira ou fora dela?

11 de maio de 2011 2

Você sabia que nem todos os hortifrutigranjeiros devem ser guardados dentro do refrigerador? Confesso que eu não… Descobri há pouco que há coisas que não irão durar mais por estarem em baixa temperatura.


Reprodução internet



Por exemplo: berinjela, batata, alho e cebola devem ser mantidos em local seco.

Há outros  que deve ser refrigerados, mas não cobertos, como abacate, banana, kiwi, laranja, limão, nectarina, pêssego, pêra, ameixa e damasco fresco.

E há os que, na geladeira, devem ser acondicionados em sacos ou potes fechados, como cerejas, uvas, melões, abacaxis cortados, morangos e mirtilos.

O pão também pode – e deve – ser guardado na geladeira. Retire alguns minutos antes de comer para que ele volte à temperatura ambiente.