Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "coruja"

Molde para a almofada de coruja

21 de setembro de 2011 2

 Foto Márcia Feijó

Ontem postei aqui o passo a passo de uma almofada, com patchcolagem de coruja, e a leitora Fernanda me alertou que faltaram os moldes.

Aqui estão eles, para imprimir:

 

 

 


 




 

 

 


Almofada para apaixonados por corujas

20 de setembro de 2011 23

Como falei em outros pots, as corujas estão mesmo em alta na decoração. Eu adoro e tenho encontrado outras pessoas que se apaixonaram pelas olhudinhas. Então, aqui vai a dica de como fazer uma almofada de coruja usando técnicas de patchcolagem e patchwork.

Fotos Márcia Feijó


Você vai precisar de:

um quadrado de tecido claro tamanho 27cm X 27 cm

retalhos de tecido coloridos para formar a coruja  laranja, preto, bege claro, marrom, listrado)

4 tiras de tecido tamanho 27cm X 7cm  (no caso, com estampas de corujinhas)

2 retângulos de 40cm X 24cm para o fundo da almofada (mesmo tecido com estampa de corujinhas)

4 quadrados de tecido listrado 7cm X 7cm

três quadrados de 40cm X 40cm (lona fina, panamericano ou outro tecido mais barato para fundo do “sanduíche” de quilt e recheio da almofada – ixi! já ficou parecendo recheita)

2 botões pequenos pretos para os olhos

1 laço de tecido (opcional)

papel termocolante (cerca de 20cm)

manta acrílica (cerca de 40cm X 40cm)

linha de pesponto

linha de costura

linha de quilt

agulha de costura normal

agulha de quilt

tesoura

máquina de costura

ferro de passar roupa

gabarito de quilt (opcional)

caneta com tinta lavável

flocos de espuma para encher almofadas e travesseiros


Dica: há gabaritos para os desenhos de quilt, como os de flores usados nesta almofada, mas você também pode criar seus próprios desenhos e marcar no tecido com caneta de tinta  lavável.


Passo 1

Corte os moldes (com margem) para formar a coruja no tecido e aplique no papel termocolante. Coloque cada pedaço sobre o tecido correspondente com o lado liso e brilhante para cima e use o ferro de passar roupa para grudá-lo. Recorte as margens dos moldes.


Passo 2

usando novamente o ferrod epassar roupa, aplique os pedaços recortados bem no quadrado maior do tecido claro (27cm X 27cm) formando o desenho da coruja.


Passo 3

Borde com o ponto caseado em volta de todas as peças, para evitar que o tecido desfie e/ou descole.


Passo 4

Costure os botões formando os olhos.

Dica: procure prendê-los próximos e um pouco para o lado para ar um toque meio estrábico à sua coruja.



Passo 5

Crie a “moldura” da almofada usando as quatro tiras laterais (de 27cm X 7 cm) e os quatro quadrados para os cantos (7cm X 7 cm). Primeiro, numa das tiras, costure um quadrado em cada ponta. Depois faça o mesmo com outra tira. Prenda as duas tiras que restaram na parte superior e inferior do quadrado onde você fez a patchcolagem de coruja. Depois encaixe as tiras com os quadrados nas pontas nas duas laterais.

Passo 6

Se desejar, prenda um lacinho feito de tecido ou fita na cabeça da sua coruja. Ajeite a manta acrílica e o tecido de forro formando o “sanduíche” para quiltar a frente da almofada.


Passo 7

Faça o quilt ao redor da patchcolagem.


Passo 8

Usando o mesmo tecido das barras laterais, faça a parte de trás da almofada. Pegue os dois retângulos de 40cm X 24 cm de altura. Dobre um dos lados de cada retângulo para dentro duas vezes e costure, formando uma bainha fina.


Passo 9

 Emparelhe as beiradas da frente da almofada. Costure nela, usando a máquina de costura, pelo lado do avesso, os dois retângulos do fundo, transpassados, formando uma fronha. Observe que as bainhas de ambos fiquem no centro e que o lado direito do tecido dos retângulos fique voltado para o lado direito da frente da almofada.

Desvire a almofada, desdobrando bem os cantos, e ela estará pronta.



Para fazer o “recheio”:

Costure três lados dos dois quadrados de forro restante. Desvire, encha com flocos de espuma e feche o lado restante com pontos invisíveis, à mão.

 

Imprima aqui os moldes.

Você pode ampliá-los ou diminuí-los para fazer almodas com outras dimensões:

Presente para as mães corujas

06 de maio de 2011 0


Que tal criar um presente bacana e bem rapidinho de executar, para dar à mamãe no próximo domingo?

Esta outra opção de avental é ainda mais fácil de fazer do que a  apresentada aqui no começo da semana.

Este post também mostra como fazer um sachê perfumado em forma de coruja, para dar a mamãe.

Você vai precisar de:


um avental liso

retalhos de tecidos

papel termocolante

agulha

linha de pesponto

ferro de passar roupa

botões coloridos ou de madeira

Como fazer:

Desenhe os moldes no papel termocolante com lápis (lembre-se de riscar as letras ao inverso). Recorte deixando uma borda. Passe sobre o avesso do tecido, com a face crespa do papel voltada para baixo.

Recorte as peças de tecido seguindo o risco. Retire o papel cuidando para que a goma fique grudada no tecido. Ajeite as peças sobre o bolso ou outra área da parte frontal do avental, formando a coruja e as letras de “Mãe Coruja”.

Fotos Márcia Feijó

Passe novamente com ferro sobre o avental pressionando cada peça por 10 segundos.

Com agulha e linha de pesponto, faça o ponto caseado em todas as bordas das peças de tecido (você também pode fazê-lo à máquina). Enfeite com botões e um lacinho de fita na orelha da coruja.

Imprima os moldes (aumente ou diminua conforme o tamanho de coruja que você quer):

Sachê perfumado em forma de coruja

02 de dezembro de 2010 7

Escrevi no mês passado sobre a tendência das corujas na decoração de  quartos infantis. Existe uma forma bem fácil de fazê-las, usando as mesmas técnicas da confecção de fuxico, que eu aprendi com a minha mamãe, uma artesã de mão cheia.

Você pode fazê-las nos mais variados tamanhos. Desde uma pequenina para aplicar num panô, até uma grandona, para enfeitar a cama fazendo as vezes de almofada. Passando por um tamanho médio que pode ser usado para montar um móbile. Basta aumentar ou diminuir o molde que está no pé deste post.

As corujinhas pequenas também podem ganhar um recheio perfumado e transformarem-se em sachês para colocar na gaveta de roupas do bebê. Ou mesmo para oferecer como lembrancinha para os visitantes do recém-nascido.

No vídeo abaixo ensino como fazer as corujinhas-sachê da foto. São muito fáceis. Para o recheio você pode usar a mesma ténica da que mostrei neste post, para a confecção de saquinhos cheirosos.


 

PS.: O vídeo é bem caseiro. Foi gravado no último domingo, na cozinha de casa. Ele foi filmado e editado pela minha filhota Camille. E depois aprimorado pelo nosso assistente de conteúdo Caio Nascimento.












Sósia da coruja do Harry Potter

07 de novembro de 2010 1

Foto Mariana Boro, divulgação

Se já há no ar uma certa tendência a usar corujas na decoração, ela ganha ainda mais fôlego agora,  com a contagem regressiva para a estreia de Harry Potter e as Relíquias da Morte. Aliás, eu comecei a gostar mais ainda de corujas justamente com os livros e filmes de J.K. Roling.

Pois na semana passada, recebi um material de divulgação da loja Syga Verde que trazia esta sósia perfeita da Edwiges, a coruja branca do Potter.

Ela é de pelúcia com uma fibra mais áspera nas pontas das asas, mede cerca de 15 cm e custa R$ 96. Pode ser usada na decoração de Natal ou, quem sabe, juntinho com os livros da saga, na prateleira.

Há uma loja Syga Verde no Ceisa Center (Rua Osmar Cunha, 183 – 48/3224-9379), no Centro de Florianópolis, e outra na Lagoa da Conceição (Rua Manoel Severino Oliveira, 332 – 48/3334-4506).

Agora é a vez das corujas

05 de novembro de 2010 2

O pessoal da minha geração deve lembrar bem do disco Arca de Noé e de uma das suas canções, A Corujinha, gravada por Elis Regina, cuja letra tinha um trecho assim: “corujinha, corujinha, que feinha que é você”.

 

 

Pois eu acho que de feias, as corujinhas não têm nada. E parece que o universo do artesanato está descobrindo a mesma coisa. Assim como ocorreu com os sapinhos, as corujas estão conquistando cada vez mais espaço. Principalmente na decoração de quartos infantis.

Olhem só o exemplo deste quarto de criança garimpado pela equipe do caderno Casa & Cia, da Zero Hora: 


Foto Kassulla Baby, divulgação

Já estão surgindo por aqui tecidos e fitas com estampas de coruja e algumas revistas especializadas chegaram recentemente às bancas trazendo modelos das olhudinhas paratrabalhar com técnicas de aplicação. Podem apostar que elas serão a sensação dos próximos meses.

Fotos Márcia Feijó