Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Acabou-se o que era doce

29 de junho de 2010 1

Bianca Zanella

Mais de duas semanas depois do encerramento da 18ª Fenadoce ainda tem gente “chupando o dedo”. A experiência deixou um gostinho especial para os sete estudantes de Jornalismo da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) – seis deles no início do curso – que participaram da cobertura multimídia da feira aqui no blog do clicRBS Pelotas. Ontem (28) eles receberam os certificados de participação.

Para a maioria, essa foi a primeira oportunidade de colocar em prática as atividades da profissão. O desafio era garimpar no Centro de Eventos boas pautas e oferecer ao público visões particulares da feira para quem vive em Pelotas ou para quem só pôde conferir as atrações de longe, com água na boca.

- Eu nunca tinha saído para entrevistar pessoas e ficava muito envergonhada – conta Luiza Katrein, do primeiro semestre, que aproveitou a chance para derrubar as barreiras da timidez.

O diretor da Escola de Comunicação e Comunicação da UCPel, Jairo Sanguiné Júnior, reafirmou o êxito do projeto como forma de motivar os alunos e oportunizar a eles experiências práticas ao longo do curso.

Com o fim da 18ª edição da feira, o blog teve as postagens suspensas, mas em 2011 tem mais Fenadoce!

Parabéns aos que participaram desta primeira edição do projeto de jornalismo experimental multimídia do clicRBS em Pelotas!

E que venha a 19ª...

15 de junho de 2010 1

Vinícius Conrad

Como de costume, o domingo sempre foi um dos dias mais movimentados da Feira Nacional do Doce. No último dia da feira, o público que lotou as dependências do Centro de Eventos Fenadoce teve motivos para relaxar e esquecer as preocupações que a vida proporciona.

Uma variedade de estilos musicais passou pelo palco da Praça de Alimentação no último dia de evento. Dividimos com vocês alguns breves momentos de algumas das apresentações: Cláudia Braunstein e banda com o samba de raiz, o show da dupla Claus e Vanessa, o resgate da Paralelo Star Band – banda que tocou na primeira edição do evento e que relembrou clássicos do rock – a parceria entre Sulivan Mello e Soul da Silva tocando Santana e o momento mais animado da noite, o show de encerramento com o samba e pagode de Fábio Saraiva e banda.

Para as pessoas que trabalharam na 18ª Fenadoce, após tantos dias de trabalho diário e muito desgastante, o último dia de feira não poderia ser diferente, atarefado. Só que a recompensa pelo esforço chegou no show de encerramento, quando a maioria dos estandes já estavam fechados e as mesas deram espaço para animação do público que dançou até quase 2h da madrugada de segunda-feira ao som animado que fez até com que a corte caísse no samba.

Agora resta descansar um pouco antes de iniciar os preparativos para a próxima edição da Feira Nacional do Doce que promete ser ainda mais encantadora.

Promessa de Zeca Zenner! Alguém duvida?

Ficaremos na torcida e na expectativa… Que venha a 19ª Fenadoce!

O espaço da tradição

15 de junho de 2010 0

Vinícius Conrad


Com objetivo de cultivar as tradições do Estado e principalmente, de Pelotas, a Estância Princesa do Sul foi um dos espaços mais procurados pelos visitantes que admiram o tradicionalismo. Dança, música e gastronomia foram alguns dos ingredientes que tornaram o espaço um dos mais visitados na edição desse ano. Vale ressaltar que quando questionados, muitos visitantes desconheciam a localização da Estância Princesa do Sul. Portanto, para próxima edição, fica a dica: mapas com todos espaços oferecidos em locais estratégicos, onde existe mais fluxo de pessoas.

Ao todo, 110 apresentações fizeram parte da programação do evento. Entre elas apresentações de invernadas mirim, juvenil, adulta e apenas uma Xiru (para a melhor idade), com o CTG Candieiro Crioulo, que ficou com a responsabilidade de encerrar as apresentações na Estância Princesa do Sul e representar os “mais experientes” da dança tradicionalista.

Além das apresentações que movimentaram o espaço, os expositores – Cachaçaria e Tabacaria, Capa, Dabbene, Estância Moreira e Emater – marcaram a edição deste ano.

Confira o vídeo gravado no sábado, Dia dos Namorados, que comprova o sucesso do espaço.

Rally encerrou as atividades esportivas da Feira

14 de junho de 2010 0

Vinícius Conrad

O encerramento das atividades esportivas da Fenadoce 2010 ocorreu no sábado com a prova de Rally. Ao todo 23 carros competiram com o objetivo de chegar mais próximo possível do tempo previsto pelos organizadores da prova. A atividade foi desenvolvida pela Associação Pelotense de Automobilismo (APA) com o patrocínio da Peugeot.

O primeiro lugar ficou com Cezita e Jairo, de Pinheiro Machado, o segundo com Junes e Renan, também de Pinheiro Machado, e o terceiro com Dani e Carlão, de Pelotas.

Fenadoce para os pequenos

14 de junho de 2010 0

Nathalia Pinho

A Feira Nacional do Doce é uma festa para todas as idades. Durante todos os dias ocorreram inúmeras atrações voltadas para o público infantil.

Entre as que mais chamavam a atenção da criançada estava o Parque de Diversões, localizado na área externa do Centro de Eventos, os Desfiles Temáticos que encantavam a todos, não só os pequenos, e as Formigas – as mascotes oficiais da Feira espalhadas por todos os cantos e que nesta edição ganharam um tema novo, a Copa do Mundo. As formigas, aliás, serviram de cenário para muitas fotografias, como fez Ana Carolina Gazalle Pereira, de 6 anos.

Na programação cultural foram diversas apresentações de teatro, dança, música, projetos e festivais que ocorreram no palco principal e no auditório.

Um fato curioso foi a presença dos balões metalizados, que podiam ser visto de longe na mão da criançada.
Na feira eram ao todo três estandes que os vendiam, com diversos tamanhos e estampas de personagens como Backyardigans, Bem 10, Pooh, Princesas Disney, borboletas, coração e outros, com valores que variavam de R$ 15 a R$ 22 cada.

Isabelly de 4 anos, que estava acompanhada de seus pais, escolheu o das Princesas, mas revela que sua preferida é a Pequena Sereia.

E pensando nos pequenininhos, que não entendiam muito o que acontecia nos movimentados corredores, foram oferecidos carrinhos de bebês pelo Laboratório Birck e foi criado um cantinho especial, o fraldário, uma parceria com as Farmácias Associadas, onde as mamães podiam contar com a boa estrutura e um ambiente calmo para cuidar do bem-estar de seus pequenos durante o passeio.

A Fantástica Fábrica de Doces

14 de junho de 2010 0

Nathalia Pinho

No coração da Feira está localizada a Fábrica de Doces, na Cidade do Doce. Lá encontramos uma estrutura de vidro, onde é possível acompanhar todas as etapas da produção dos doces cristalizados da Dona Zilda e espiar a produção de doces da Confeitaria Berola.

É muito raro passar por perto e não dar uma paradinha para conferir as delícias que ali são produzidas.

Em Pelotas desde 1943, a fábrica de doces Dona Zilda é sinônimo de tradição em doces cristalizados, onde suas receitas são passadas de geração em geração. É a doceira mais antiga do ramo de cristalizados.

Valquiria Tavares, é a “faz de tudo um pouco” na produção, e esta foi a sua primeira experiência na Feira.

- É um aprendizado novo, uma experiência muito legal – diz ela.

Dividindo o espaço, pode-se apreciar um pouco do gostinho da Confeitaria Berola que surgiu há um pouco mais de 20 anos em Pelotas, em homenagem à senhora Berolina – famosa doceira da cidade e detentora de tradicionais e famosas receitas de doces e tortas.

Na 18ª edição da Feira Nacional do Doce, a confeitaria Berola juntamente com a Doçaria Pelotense apresenta uma nova invenção – a África Mãe – doce idealizado como forma de valorização da cultura africana.

Além de ser palco para a fabricação de novidades e receitas tradicionais, a Fábrica de Doces é também cenário da gravação de programas de televisão, participações e visitas importantes. Sempre atraindo milhares de olhares curiosos dos visitantes que ali passam e que não resistem aos seus atrativos.

O último desfile

14 de junho de 2010 0

Nathalia Pinho

Aconteceu na noite deste sábado (12), o último Desfile Temático da série ‘Meu Reino por um Doce’, da Fenadoce 2010.

Repetindo o sucesso da primeira edição, no ano passado, os desfiles temáticos este ano superaram a expectativa e sem dúvida foram parte importante no sucesso da 18ª Fenadoce.

Esta segunda edição dos Desfiles Temáticos na Fenadoce foi um verdadeiro show artístico, um mundo encantado, recheado de personagens e repleto de sonho e magia. Ao todo foram sete apresentações na arena, localizada na área externa do Centro de Eventos Fenadoce, onde o público contava com arquibancadas cobertas construídas especialmente para garantir mais conforto durante as apresentações.

A expectativa é de que nos próximos anos os desfiles sejam mais um fator expressivo para dar visibilidade à Fenadoce e um atrativo a mais para os turistas.

Doce Dia dos Namorados

14 de junho de 2010 0

Luísa Toralles

Os casais que optaram por passar o Dia dos Namorados, nesse último sábado (12), na Fenadoce, não se decepcionaram. Apesar do frio, o clima era de romance no Centro de Eventos.

Quem ainda não tinha garantindo o presente do seu amado encontrou várias opções espalhadas pelos corredores da Feira. Além de presente para todos os gostos, vários doces especialmente criados para a ocasião: a Docíssima fez o “Doce Love”, em formato de coração e feito de nozes. Já a doceira Elizabeth da Silva criou o doce chamado “Agarradinho”, de brigadeiro e branquinho.

Na Praça de Alimentação o grande público já era esperado para o penúltimo dia de Fenadoce. As bandas que subiam ao palco, em homenagem ao dia, embalavam os “pombinhos” com músicas românticas para adocicar ainda mais a data. Quem escolheu passear a dois no Centro de Eventos teve um dia bem mais doce e especial.

Resultados da Fenadoce colocam Pelotas mais uma vez em destaque

14 de junho de 2010 0

Nathalia Pinho

Após um ano de trabalho, meses de divulgação e dezenove dias de feira, a 18ª edição chegou ao fim.

A Fenadoce foi o resultado da união de esforços de diversos setores da comunidade gaúcha. Sob a coordenação da Câmara de Dirigentes Lojistas de Pelotas (CDL), expositores, voluntários, apoiadores, imprensa, empresas, associações, escolas e entidades fizeram mais uma bem sucedida edição da maior festa pelotense.

Realizada de 23 de maio a 13 de junho, a Festa Nacional do Doce contabilizou números positivos. Segundo os números oficiais divulgados pelos organizadores, nos 19 dias de feira participaram 350 expositores, passaram pelos corredores mais de 300 mil visitantes, 40 mil crianças de escolas públicas da região, foram vendidos mais de 2 milhões de doces, centenas de pessoas assistiram aos Desfiles Temáticos com o tema “Meu Reino Por Um Doce” e às demais 200 atrações culturais oferecidas ao público.

Representantes do evento, diretores e expositores comemoraram os resultados que colocaram mais uma vez a cidade em destaque.

Mesmo na feira, de olho na Copa

14 de junho de 2010 0

Luísa Toralles

O público que foi aproveitar para conferir a Fenadoce, no seu último dia, não esqueceu que também está rolando a Copa do Mundo.

As pessoas que passavam pelo estande da RBS, a maioria homens, davam uma olhada e alguns até mesmo paravam para conferir a partida entre Alemanha e Austrália.


O palpite do pessoal que estava na volta foi certo, todos apostaram na Alemanha, que acabou vencendo de goleada por 4 a 0.