Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

PEDRO DANTAS RISO: O escultor da leveza!

17 de dezembro de 2012 0

Bailarino, professor e diretor, Pedro Dantas Riso é um artista completo. Nascido em Mirandela, na Bahia, em 1941, ele aprendeu com os avós a arte de esculpir, quando criou figuras para um presépio. Ainda criança, foi morar em São Paulo, quando morou ao lado de uma professora de balé que o introduziu no universo da dança.

Na adolescência, estudou na escola do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e, em 20 anos, dançou em mais de 100 países. No final de 1970, retornou ao Brasil. Foi quando veio para Blumenau e foi convidado por Ingo Hering para dirigir a Escola de Ballet do Teatro Carlos Gomes. Lecionou também em Joinville e foi um dos idealizadores do Festival de Dança de Joinville, hoje um dos maiores do mundo.

Pedro dançou profissionalmente até os 40 anos e se despediu dos palcos aos 58, no Festival de Dança de Joinville, quando passou a se dedicar à escultura _ sua primeira obra foi feita em Roma, dedicada ao bailarino Rudolf Nureyev.

Pedro recebeu em 2011 a Medalha do Mérito Cultural Cruz e Sousa, sendo nomeado Comendador da Dança pelos serviços prestados à cultura do Estado. Hoje, está envolvido com o mercado online através do site pedrodantasriso.com.br. Sempre com alto astral e senso de humor aguçado, Pedro é uma pessoa iluminada, com muito amor pela vida e pela arte e que faz transparecer a paixão em tudo que faz.

 

HOBBY: trabalhar.

INSPIRAÇÃO DIÁRIA: a dança. Sou apaixonado por ela.

COMIDA PREFERIDA: spaguetti alle vongole.

LUGAR INESQUECÍVEL: Veneza.

SONHO: ser astronauta.

MANIA: escutar música.

FILME: vários. Mas pela interpretação, Cisne Negro.

LIVRO: A Bíblia Sagrada e Pedagogia da Dança Vaganova.

INCENTIVADORAS: Ester Konig Ninfo e Albertina Tuma.

NO IPOD HOJE: música clássica.

NO IPOD NUNCA: músicas depravadas e que promovem drogas.

CAOS: miséria, fome e ignorância.

LUXO: adoro! Adoro estar bem vestido, por fora e por dentro.

DESEJO: de tornar meu trabalho reconhecido mundialmente.

ARTE NA VIDA: quem não conhece a arte, não viveu. A arte é necessária porque a vida não é suficiente.

ESCULTOR PREFERIDO: Michelangelo.

MENINA DOS OLHOS: chafariz na praça do Teatro Carlos Gomes. E o do Índio, também na praça.

MAIOR EMOÇÃO: ter conhecido vários países e ter dançado com Carla Fracci.

PALCO MAIS IMPORTANTE: Teatro La Fenice, de Veneza.

PEÇA MAIS EMOCIONANTE QUE JÁ DANÇOU: Carmina Burana, em São Paulo, coreografada por Johnny Franklin.

PEÇA MAIS EMOCIONANTE QUE ASSISTIU: Giselle, com Carla Fracci.

NOVOS PROJETOS: exposição no Number 7, em Balneário Camboriú, e outra no Ballet Bolshoi, em julho.

SEGREDO DA VITALIDADE: não beber e não ter vícios. Sou abstêmio há 20 anos. Isso aumentou minha criatividade.

Dê sua opinião

comentários

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: