Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de dezembro 2012

NAPOLEÃO BERNARDES NETO :Com o dom da oratória!

29 de dezembro de 2012 0

Nascido em Blumenau, filho do saudoso Acácio Bernardes e de Maria Célia Ody Bernardes, Napoleão Bernardes Neto, o Napo para amigos íntimos, nasceu com o dom da oratória herdado do pai. Ele estudou no Colégio Franciscano Santo Antônio e na Etevi e, já nesta época, conquistava a plateia. Formado em Direito pela Furb e especialista em Ciências Criminais e mestre em Ciência Jurídica, Napoleão passou em primeiro lugar no concurso para professor universitário e lecionou na instituição em cursos de graduação e pós-graduação na disciplina de Direito.

Trabalhou como comunicador na Rádio Nereu Ramos, TV Galega, TV Legislativa e Rádio Clube Blumenau e muito cedo já despontava como liderança, se filiando ao PSDB aos 16 anos. Iniciou a carreira política como suplente de vereador e, em 2008, foi eleito vereador. Tendo o primeiro lugar sempre presente no currículo, Napoleão foi eleito este ano o prefeito mais jovem de Blumenau _ tem 30 anos.

É namorado da médica radiologista Maria Augusta Barros, a Guta, que esteve ao seu lado durante todo o processo eleitoral. Sempre muito querido e simpático, Napo passa a imagem de um homem sempre esforçado, tentando fazer sempre algo melhor, com toda a força e ideologia de um estudante de Direito e com a herança genética do pai, que hoje se orgulha muito do filho, seja lá onde ele estiver.

HOBBY: Correr.

INSPIRAÇÃO DIÁRIA: As manifestações de carinho, incentivo e apoio das pessoas.

COMIDA PREFERIDA: Os risotos da Guta.

LUGAR INESQUECÍVEL: As belezas naturais da Nova Rússia e da Vila Itoupava, em Blumenau.

NO IPOD HOJE: Sendo bem sincero, não tenho Ipod.

NO IPOD NUNCA: Não tenho preconceito. Ouço o que estiver tocando.

ESPORTE: No passado, tênis. Hoje, com a falta de tempo, e principalmente de talento, só corrida.

FILME: Os Miseráveis.

LIVRO: Pequeno Tratado das Grandes Virtudes, de André Comte-Sponville.

NÃO VIVE SEM: Família e amigos.

DESEJO: Um mundo onde o bom senso prevaleça.

CAOS: Falta de educação.

LUXO: Um fim de semana inteiro na praia. Há muito tempo não consigo.

EM QUEM SE NSPIRA POLITICAMENTE: Mario Covas e Fernando Henrique Cardoso.

DENTRO DA CARREIRA, ATÉ ONDE DESEJA CHEGAR? Neste momento, meu único foco é trabalhar muito para realizar um grande governo ao longo dos próximos quatro anos.

AVALIAÇÃO DO SISTEMA ELEITORAL AMERICANO: Confuso.

EM QUE ÁREA JURÍDICA ATUARIA, SE NÃO FOSSE A POLÍTICA: No magistério. Ser professor proporciona inigualável realização profissional.

O QUE QUERIA SER QUANDO CRIANÇA: Prefeito de Blumenau.

MULHER BONITA: A minha!

O SENTIU QUANDO SOUBE DA VITÓRIA? O incremento da responsabilidade, diante da elevada expectativa das pessoas.

UTOPIA: Uma sociedade com igualdade de oportunidades para todos.

Playlist: Que venha 2013!!

28 de dezembro de 2012 0

O playlist do fim de semana é para homenagear o ano que passou e o próximo que virá, com muito alto astral e energia positiva. O link das músicas você confere aqui no blog!

1- Tempos Modernos- Lulu Santos

2- Samba da Benção- Baden Powell

3- Lua de São Jorge- Caetano Velloso

4- Roda Viva- Fernanda Porto e Chico Buarque

5- Depende de Nós- Ivan Lins

Perfil: MARGA HOLZMANN NUNES - Com o mundo a seus pés!

22 de dezembro de 2012 0

Filha de pai alemão e mãe brasileira de descendência alemã e russa, Marga Nunes nasceu no dia 11 de fevereiro de 1938 na antiga Maternidade Johannastift, em Blumenau. Estudou e se formou no Colégio Sagrada Família. O pai, muito avançado para a época, fez questão que Marga tivesse uma profissão. Então teve seu primeiro emprego nos escritórios da Teka. Foi a primeira funcionária feminina contratada.

Em 1956, aos 18 anos, abriu com o pai a primeira agência de viagens filiada à International Air Transport Association (Iata) em Santa Catarina. Hoje, a Turismo Holzmann está instalada na confluência da Rua XV com a Rua das Palmeiras.

Nos anos 1960, Marga morou na Alemanha com a irmã Hella e o cunhado Iwan Von Hertwig. De volta ao Brasil, casou-se em 1966 com Antonio P. Nunes, que tinha recém aberto uma agência de viagens. Foi quando decidiram trabalhar juntos. Com ele teve um filho, Roberto, que se formou no ramo de turismo em Londres e juntou-se aos pais na agência.

Avó de dois netos, Marjorie e Pedro Antonio, Marga _ que já foi presidente da Casa da Amizade do Rotary Clube Blumenau Centro, em 1985 _ ficou viúva muito cedo. Mas, como uma mulher de fibra e à frente de seu tempo, continua seguindo em frente firme e forte, fazendo o que eu mais gosta: organizando e planejando viagens. Muito orgulhosa da família e do que faz, dona Marga é uma pessoa abençoada e querida por todos que já tiveram o prazer de conhecê-la.

Hobby: Álbuns de fotografias e palavras-cruzadas.

Inspiração diária: Minha profissão. Ela preenche boa parte do meu tempo, mesmo quando estou em casa, pois vivo pensando e pesquisando roteiros, lugares interessantes e atrações para inserir nas viagens que organizamos em nossa agência.

Lugar inesquecível: A varanda de nossa ex-casa na Praia de Armação. Térrea, de frente para o mar, ladeada por duas frondosas árvores. São lembranças inesquecíveis de um lugar que já não existe mais.

Comida memorável: O brunch no inesquecível Plaza de Nova York.

Mania: De deixar sempre por escrito tudo o que tenho de fazer no dia e na semana seguinte.

Filme: E o Vento Levou. Mesmo filmado há quase 80 anos, até hoje ainda é o filme que mais me marcou.

Livro: Desirée, de Annemarie Selinko. Dentro da história francesa e sueca, é uma linda história de amor.

Não vive sem: Minha profunda fé em Deus.

Desejo: Ver minha família sempre com saúde, unida e feliz.

Caos: A pressa. Gosto demais de fazer tudo devagar e de modo organizado, seja ao me vestir, seja preparando alguma recepção ou mesmo no meu trabalho. A pressa me tira do sério, muda realmente meu humor.

Luxo: Ter mordomia.

Estilo de música: Clássica (Beethoven e Mozart) e semiclássica, como Operetas e Musicais.

Lembrança da primeira viagem internacional: A beleza do Oceano Atlântico, profundamente azul e calmo, a bordo do pequeno Navio Anna C de 14 mil toneladas, entre Santos e Gênova, em setembro de 1959. Foi aí que me apaixonei pelas viagens marítimas.

Viagem inesquecível: Em 1975, Antonio, eu e mais dois casais na Polinésia Francesa: Papeete, Morea e Bora-Bora.

Pior “saia-justa” de uma viagem: Foi na ITMA de Paris, em 1969. Antonio e eu acompanhando um grupo vip de industriais catarinenses e o hotel (já totalmente pago meses antes) simplesmente disse não ter mais lugar. Conseguimos solucionar, mas foi o pior sufoco que passamos em nossa profissão.

Qual celebridade mais importante já conheceu em viagem: O já ex-presidente Michael Gorbachev e a filha Irina, hospedados no mesmo hotel que nós na cidade de Münster, Alemanha.

Destino preferido dos clientes ontem: Estados Unidos, principalmente Nova York e as muitas atrações da Flórida.

Destino preferido dos clientes hoje: Europa em geral.

Hotel mais luxuoso que já se hospedou: Destaco o Ritz, de Lisboa (na década de 1980); o Plaza de Nova York; e o sobriamente elegante Bayericher Hof, de Munique.

Maior orgulho: Ser agente de viagens há 56 anos e ainda na ativa. Talvez a mais antiga de Santa Catarina ou quiçá, do Sul do Brasil.

Show que guarda na memória: A primeira vez que fui ao Moulin Rouge, em Paris, com 21 anos de idade.

Uma saudade: Com certeza do Antonio e de meus pais.

Conselho de viagem: Deixe ou tente deixar os seus problemas em casa e pense somente em se divertir muito, conhecer muito e simplesmente flanar.

Playlist: Natal!!

21 de dezembro de 2012 0

O clima é de Natal, e como não poderia ser diferente, o playlist deste final de semana traz umas das minhas músicas preferidas desta época mágica! Você pode conferir aqui o link da músicas!

1- Have Yourself a Merry Little Christmas – Judy Garland

2- Santa Claus is Coming to Town – Frank Sinatra

3- White Christmas – Michael Bublé

4-Jingle Bells – Frank Sinatra & Bing Crosby

5-The Christmas Song – Natalie Cole e Andrea Bocelli

Viajando: Las Vegas!!

19 de dezembro de 2012 0

Construída em meio ao deserto, Las Vegas em poucos anos transformou-se numa das cidades mais procuradas da América do Norte. Se existe um lugar do mundo que foi feito para ser vivido à noite, é lá. Ao entardecer, as luzes coloridas dos cassinos começam a acender e Vegas se transforma. Brega para alguns, deslumbrante para outros, é indiscutível que este lugar é diferente de tudo, algo que a gente precisa ver. E como diz o ditado, o que acontece em Vegas, fica em Vegas. Lá, todas as loucuras são permitidas, desde que sejam esquecidas ao deixar a cidade.

A principal atração, os cassinos, ficam nos hotéis da Strip, apelido da Las Vegas Boulevard, onde tudo acontece. O ideal é alugar um carro e preparar o fôlego para bater pernas dentro dos hotéis, já que estacionar em Vegas é fácil e grátis e todos os cassinos têm estacionamentos imensos.

Entre os hotéis famosos estão o Bellagio, Caesars Palace, Mirage, Venetian, Wynn, Cosmopolitan, Aria e Mandarim Oriental no City Center, Mirage, Treasure Island, Mandalay Bay, Luxor, MGM, Palazzo, Paris Las Vegas, Stratosphere, New York New York e Excalibur. Todos ficam na Strip, com atrações especiais.

As fontes dançantes do Bellagio, o show de música e luzes no lago interno do Wynn, os shows de imagens dentro do Caesars, as sereias e piratas do Treasure Island, os fogos do vulcão do Mirage, as reproduções da fachada das construções de Veneza (e até mesmo seus canais, onde é possível dar ainda um passeio de gôndola), o passeio na torre do Paris, a montanha-russa no New York, o aquário do Mandalay Bay… São tantas coisas que você talvez não consiga ver tudo em uma só viagem.

Para quem quiser fazer compras, Vegas é uma ótima opção. Os impostos de Nevada são menores que no resto dos EUA e dentro dos hotéis existem lojas de luxo de todo o mundo. Boulevard Mall, Meadows Mall e Las Vegas Outlet Center tem tudo que você procura no país. E tem ainda o Fashion Show Mall, em frente ao Wynn, onde fica a Apple Store, Sacks 5 Avenue, Macy’s, Abercrombie, Victoria Secret’s e essas lojas que a gente ama.

Ah, e comer em Vegas é igualmente uma aventura… Existe hoje uma constelação de chefs famosos, como Wolfgang Puck, Thomas Keller, Joël Robuchon, Mario Batali e até mesmo Pierre Gagnaire, que habitam a cidade. O L’Atelier, de Joël Robuchon no MGM Grand, precisa de reserva e eu recomendo muito. O brunch do Country Club do Wynn é algo maravilhoso, e o Wing Lei, restô chinês do Wynn, é imperdível. Os bufês de Vegas são famosos e tem preços para todos os gostos. Eu recomendo Bellagio, Wynn, Cosmopolitan e Mirage. E uma dica: no BLT Burguer, do Mirage, fica o melhor hambúrguer que já comi.

Não se discute que Las Vegas é o paraíso para fãs do Cirque du Soleil, sendo sete megashows em cartaz simultaneamente: o O no Bellagio, o Beatles Love no Mirage, o Ka no MGM Grand, o Zumanity no New York New York, o Viva Elvis no Aria, o Mystère no Treasure Island e o Chriss Angel Believe no Luxor. Já vi alguns e recomendo o Love, o O e para os fãs, o Viva Elvis.

Se programe para um show de música também: Elton John, Céline Dion, Cher, Tony Bennet, Rod Stewert e Luis Miguel, são alguns dos queridinhos da cidade e sempre estão por lá. Eu já consegui assisitr até o Stevie Wonder. Mas fique de olho na agenda: isso sim é imperdível em Vegas!! Se sobrar tempo, vale a pena dar uma volta de helicóptero pelo Grand Canyon ou até mesmo de carro. Alugue um e vá até a Hoover Dam, a barragem famosa nos filmes, é de tirar o fôlego!

PEDRO DANTAS RISO: O escultor da leveza!

17 de dezembro de 2012 0

Bailarino, professor e diretor, Pedro Dantas Riso é um artista completo. Nascido em Mirandela, na Bahia, em 1941, ele aprendeu com os avós a arte de esculpir, quando criou figuras para um presépio. Ainda criança, foi morar em São Paulo, quando morou ao lado de uma professora de balé que o introduziu no universo da dança.

Na adolescência, estudou na escola do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e, em 20 anos, dançou em mais de 100 países. No final de 1970, retornou ao Brasil. Foi quando veio para Blumenau e foi convidado por Ingo Hering para dirigir a Escola de Ballet do Teatro Carlos Gomes. Lecionou também em Joinville e foi um dos idealizadores do Festival de Dança de Joinville, hoje um dos maiores do mundo.

Pedro dançou profissionalmente até os 40 anos e se despediu dos palcos aos 58, no Festival de Dança de Joinville, quando passou a se dedicar à escultura _ sua primeira obra foi feita em Roma, dedicada ao bailarino Rudolf Nureyev.

Pedro recebeu em 2011 a Medalha do Mérito Cultural Cruz e Sousa, sendo nomeado Comendador da Dança pelos serviços prestados à cultura do Estado. Hoje, está envolvido com o mercado online através do site pedrodantasriso.com.br. Sempre com alto astral e senso de humor aguçado, Pedro é uma pessoa iluminada, com muito amor pela vida e pela arte e que faz transparecer a paixão em tudo que faz.

 

HOBBY: trabalhar.

INSPIRAÇÃO DIÁRIA: a dança. Sou apaixonado por ela.

COMIDA PREFERIDA: spaguetti alle vongole.

LUGAR INESQUECÍVEL: Veneza.

SONHO: ser astronauta.

MANIA: escutar música.

FILME: vários. Mas pela interpretação, Cisne Negro.

LIVRO: A Bíblia Sagrada e Pedagogia da Dança Vaganova.

INCENTIVADORAS: Ester Konig Ninfo e Albertina Tuma.

NO IPOD HOJE: música clássica.

NO IPOD NUNCA: músicas depravadas e que promovem drogas.

CAOS: miséria, fome e ignorância.

LUXO: adoro! Adoro estar bem vestido, por fora e por dentro.

DESEJO: de tornar meu trabalho reconhecido mundialmente.

ARTE NA VIDA: quem não conhece a arte, não viveu. A arte é necessária porque a vida não é suficiente.

ESCULTOR PREFERIDO: Michelangelo.

MENINA DOS OLHOS: chafariz na praça do Teatro Carlos Gomes. E o do Índio, também na praça.

MAIOR EMOÇÃO: ter conhecido vários países e ter dançado com Carla Fracci.

PALCO MAIS IMPORTANTE: Teatro La Fenice, de Veneza.

PEÇA MAIS EMOCIONANTE QUE JÁ DANÇOU: Carmina Burana, em São Paulo, coreografada por Johnny Franklin.

PEÇA MAIS EMOCIONANTE QUE ASSISTIU: Giselle, com Carla Fracci.

NOVOS PROJETOS: exposição no Number 7, em Balneário Camboriú, e outra no Ballet Bolshoi, em julho.

SEGREDO DA VITALIDADE: não beber e não ter vícios. Sou abstêmio há 20 anos. Isso aumentou minha criatividade.

Playlist: 70 anos de Gilberto Gil!

14 de dezembro de 2012 0

O playlist do fim de semana é com ele que encanta com sua doçura e não precisa de grandes apresentações. Viva os 70 anos com Gilberto Gil!!! O link das músicas você confere aqui!

1- A Paz

2-Se Eu Quiser Falar com Deus

3-Toda Menina Baiana

4-Aquele Abraço

5- Andar com Fé

Perfil: Alex Ferrer, da favela ao topo!!

13 de dezembro de 2012 2

O multimídia Alex Ferrer, que hoje reside em Balneário Camboriú, tem uma história e tanta a ser contada. Foi abandonado recém-nascido e adotado quando tinha apenas três dias de vida por uma família bem pobre. Morou na favela e hoje sabe levar a vida como poucos. Mas não tem vergonha da origem. Pelo contrário: dedica à ela muito do que já conquistou. Extrovertido e rápido como uma flecha, Alex ganha espaço em Santa Catarina, recebendo celebridades de todo Brasil que passam por Balneário Camboriú, como a recente diva Sharon Stone, e o vice-presidente Michel Temer. A lista de celebridades é longa.

Alex ganhou o título de “colunista mais jovem do Brasil” do apresentador Amaury Jr. e de “assessor dos emergentes” da Danuza Leão, que dedicou meia página na Folha de S. Paulo para falar dele, quando o conheceu em uma festa de Réveillon em Brasília. Na ocasião, estavam na cidade para a a primeira posse do Presidente Lula. Em virtude dessa matéria, Alex foi convidado para ir ao programa do Jô Soares, onde teve a oportunidade de contar a sua história (entre algumas taças de champanhe).

Hoje, Alex tem um escritório de assessoria de imprensa e atende empresas de diversos segmentos, de moda à construção civil. É um nome confiável e poderoso em Balneário Camboriú, mostrando que assumir o passado, quando humilde, é orgulho e não vergonha.

HOBBY: adoro decoração e arquitetura. Coleciono livros e revistas sobre o assunto e vivo montando e desmontando a minha casa.

INSPIRAÇÃO DIÁRIA: acordar e saber que tenho saúde, amigos e uma família maravilhosa é mais que inspirador.

LUGAR INESQUECÍVEL: Santiago de Compostela e os Alpes Suíços.

COMIDA PREFERIDA: comida mediterrânea e saladas.

NO IPOD HOJE: New York, New York, de Frank Sinatra. Coloco no último volume e saio cantarolando feito um louco.

NO IPOD NUNCA: músicas preconceituosas ou que incentivem qualquer tipo de violência.

MANIA: ficar conectado no Iphone. Ele virou uma extensão do meu corpo.

FILME: gosto de filmes cults tipo Laranja Mecânica, Planeta dos Macacos e Mary Poppins, entre outros.

LIVRO: adoro biografias. Atualmente estou lendo A Viúva Clicquot, que conta a história da mulher que construiu o império do champanhe Veuve Clicquot.

NÃO VIVE SEM: minha agenda. Passo até mal só de pensar em perdê-la.

DESEJO: ter sempre saúde e amigos verdadeiros.

CAOS: minha mesa de trabalho. Só eu entendo a bagunça.

LUXO: ter mais tempo. Acho que é o sonho de consumo mais desejado no mundo atual.

BEBIDA: champanhe sempre e água, às vezes!!!

MAIOR FURO: na minha profissão trabalho com informações exclusivas e, muitas vezes, sigilosas. Tenho que me segurar e administrar tudo isso. Recentemente fui escolhido para jantar com o vice-presidente Michel Temer em passagem relâmpago por Balneário. Outro furo foi meu envolvimento em um escândalo internacional em 2005, na Europa, quando “salvei” o casamento do jogador inglês David Beckham (no YouTube tem um monte de vídeos sobre o assunto). Fui seguido por paparazzi e até saí no tabloide inglês The Sun.

CELEBRIDADE MAIS QUERIDA(O): nem preciso pensar muito. Sem dúvida alguma, o meu amado Amaury Jr., Ele já me apresentou muita gente legal e é um dos caras mais engraçados que conheço. Além da Sabrina Sato, que é uma fofa, e da Sharon Stone, que é de outro mundo.

SAIA JUSTA: vivo dando bola fora. Minha especialidade é apresentar pessoas que se odeiam. Acontece sempre, tenho que me policiar. Sem contar que tenho dificuldades em decorar nomes.

MAIOR ORGULHO: ter saído da favela e alcançado uma vida melhor sem precisar ser desonesto com ninguém.

QUEM FOI UMA HONRA CONHECER: o querido Jô Soares, que me entrevistou em seu programa onde fui tratado com muito respeito, além do ex-presidente americano Jimmy Carter, que conheci em uma situação bem inusitada.

E QUEM FOI UM DESPRAZER: Naomi Campbell, que no dia estava fora da casinha.

MULHER BONITA: são tantas, mas acho que a socialite Carmen Mayrink Veiga tem uma beleza clássica, além da saudosa Lady Di, amada pelo mundo.

SER CHIQUE É: saber chegar e sair na hora certa.

MAIOR QUALIDADE: otimismo.

MAIOR DEFEITO: não saber dizer não.

O QUE TE IRRITA: falta de educação e festa com champanhe quente.

CONSELHO: o dia do muito é véspera do nada.

A MÍDIA HOJE: completamente dependente das redes sociais, ambas se completam.

QUAL CIDADE MORARIA: nasci em Brasília e morei em Floripa, Madri, na Espanha, e Luzerna, na Suíça. Agora, na lista de cidades em que desejo morar só faltam Paris e Istambul.

Playlist: Tony Bennet!

13 de dezembro de 2012 0

O playlist deste fim de semana é de um cantor que eu amo, simpaticíssimo. Já o encontrei pessoalmente e virei mais fã ainda. Ele esteve no Brasil encantando a plateia por aqui. É Tony Bennet!! Confira o link das músicas aqui!

1 – The Way You Look Tonight

2 – I Left My Heart in San Francisco

3 – The Good Life

4 – Stranger in Paradise

5 – The Best is Yet To Come

Falando de Moda: A era da simplicidade, com Abraão Ferreira!

04 de dezembro de 2012 1

Abraão Ferreira, conhecido como Abe, mora em Buenos Aires. Consultor de moda e luxo credenciado junto à Câmara Francesa de Moda e diretor internacional da Argentina Fashion Week, ele também tem um blog (www.abefabulous.blogspot.com). O paraense, que já trabalhou para grandes marcas nacionais e morou dois anos em Paris, cursou MBA em Marketing du Luxe and International Management no Institut Superieur de Marketing du Luxe (ISML), considerada a melhor formação do setor no mundo. Atualmente, divide o tempo entre Buenos Aires e Paris, cidades onde trabalha como consultor criativo para marcas de moda e luxo, além de ministrar cursos e palestras em universidades e eventos de moda no Brasil e América Latina. Quando o conheci em São Paulo, no Spot, me apaixonei na hora. E é ele que fala de moda hoje sobre um assunto pra lá de atual: a era da simplicidade.

“A moda e o luxo, assim como a vida atual, passam por uma fase de transformação. Entramos na era da simplicidade. O oposto do movimento ostentatório vivido nos anos 90 com a invasão das marcas de luxo e proliferação da logomania. Esta época de exageros teve como capitão o estilista inglês John Galliano que, ao receber o cargo de diretor artístico da maison Dior, criou espetáculos nunca antes vistos no exclusivo mundo da moda e da recém nascida indústria do luxo.

O que era Christian Dior virou Dior para rejuvenescer a marca. E foi preciso um make-over total para criar imagens que estimulassem um público mais jovem _ leia-se os jovens japoneses, novos milionários e menos conhecedores de produtos de luxo, mas ávidos por fazer parte deste mundo de sonho.

Mas com a crise financeira iniciada em 2008/2009, as grandes marcas foram obrigadas a estudar as estratégias para manter os fiéis clientes que começaram a comprar com mais cautela. E se nos anos 1990 foi a entrada de John Galliano que marcou o início de uma época, hoje, na moda, ocorre uma verdadeira revolução com a chegada de Raf Simmons na Dior. Amante de uma estética pura, o estilista belga cultiva a beleza e elegância da simplicidade. É possível reconhecer o legado de Monsieur Dior em um smoking, peça-fetiche do guarda-roupa da mulher francesa chique criada por Yves Saint Laurent nos anos 1970, reinterpretado por Raf Simmons.

A moda francesa se alimenta de seus criadores que hoje servem de inspiração para os estilistas atuais. E sempre de olho no comportamento da pariense que sempre será a melhor embaixadora da moda francesa. Para fechar este texto, deixo uma máxima que li durante minha visita à exposição O Impressionismo e a Moda no Museo Orsay em Paris: “A mulher francesa não está na moda, ela é a moda”.