Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Viajando:Suécia!

10 de janeiro de 2013 0

A empreendedora e estudante de pós-doutoramento Marianne Hoeltgebaum, que este ano publicou mais um livro pela Editora Saraiva, nos últimos anos tem passado um mês do ano com a filha na Suécia, pesquisando e dando aulas em uma das melhores universidades de lá. E hoje, ela dá algumas dicas sobre o país aqui na coluna:

“A Suécia é um país lindo, com seis Estados. Nninguém pode ir para lá e não visitar Estocolmo. Você chega na cidade de trem/metrô, mesmo que a origem seja o aeroporto. A estação principal fica na frente de um bar todo de gelo, o Icebar Stockholm, bem bacana, e pertinho, passam as três linhas de ônibus de turismo que levam os turistas para conhecer toda a cidade. Com uma rica cultura natural, ela foi fundada em meados do Século 13 e está junto ao mar Báltico _ possui ilhas separadas por pontes que têm um ar de Veneza do Norte, aliás, é seu apelido entre os escandinavos.

Vale a pena fazer o turismo de um dia para conhecer as diversas ilhas do arquipélago de Estocolmo. A parte mais bonita de Estocolmo é a cidade antiga, Gamla Stan. A cidade tem belíssimos jardins, como o Kungsträdgärden e o Djurgården; e museus para visitação como Historiska Museet, Moderna Museet, Nationalmuseum e Nordiska Museet; além de palácios, como o Palácio Real e Gripslms Slott, à beira do lago Mälareh.

Lembranças do casamento da princesa Sophia ainda são vendidos pela cidade, e são lindos. É uma lembrancinha da herdeira de origem brasileira. Os suecos são excelentes designers, ou seja, dos móveis e roupas às joias, tudo é de excelente bom gosto.

A comida sueca é uma delícia, principalmente para quem gosta de bolos, saladas, camarão e peixes _ eles adoram as ovas. Para comer, tem desde restaurantes antigos, como o Teatergrillen, ao Café da Opera (Operakällaren). Mas não se pode deixar de beber as sidras, que têm baixo teor alcoólico, e podem ser de pêra, maçã, pêssego, cactos…

Na Suécia, é importante se programar. Tem épocas do ano em que algumas programações não ocorrem pelo frio. Os lugares de veraneio são lindos, e as praias têm parques e brinquedos para as crianças. Nos hotéis, é normal ter piscinas térmicas com ondas.

O importante é saber que, com chuva, sol, neve…, não existe tempo ruim para os suecos. E já que o clima lá é instável, o segredo é passar um spray para impermeabilizar as roupas, ter casacos com proteção para cabeça, ou utilizar aquele chapéu irresistível que você sempre quis usar.”

Dê sua opinião

comentários

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: