Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Perfil: Maria Augusta Barros

20 de dezembro de 2015 0

Nesta sexta-feira a médica Maria Augusta Barros se tornou a senhora Napoleão Bernardes. O casal fez uma cerimônia íntima para familiares em Itajaí, cidade onde ela nasceu.

Em Blumenau ela cresceu e fez a vida. O pai, Renato Carvalho Barros, é médico radiologista, assim como ela e os dois irmãos mais novos: Bernardo e Marina. A mãe, Angela Barros, é arquiteta. Guta é muito ligada à família – e a dela é grande e próxima.

Estudou no Colégio Santo Antônio e em 2003 se formou em Medicina pela Univali. Fez residência em Radiologia no Hospital Sírio-Libanês, onde trabalhou por três anos no setor de Imagem da Mulher, e em Radiologia da Mama na USP, em São Paulo. Em meados de 2010 seguiu para Nova York, onde fez uma especialização durante seis meses no Memorial Sloan Kettering Cancer Center, também relacionada com a imagem da mama, com foco em ressonância magnética.

Voltou a morar em Blumenau no final de 2010 e em agosto de 2011 começou o relacionamento com o Napo, como o prefeito de Blumenau é chamado pelos amigos. Eles se aproximaram por influência de amigos em comum.

Desde então estão juntos, presentes em eventos importantes na cidade. Ela resume a boa fase na vida do casal: “temos a felicidade de um relacionamento de muito amor, cumplicidade, carinho e admiração. Eu, de verdade, aprendo todos os dias com ele.” A coluna deseja toda a felicidade do mundo e que Deus abençoe esta união.
Foto: Pedro Waldrich, Divulgação

Hobby: cozinhar.
Lugar inesquecível: a casa da vó Emília, que sempre reuniu a família, que tinha cheiro de Natal e onde morei por alguns anos durante a faculdade.
Música: eu tenho algumas que gosto muito, como Rosa (Pixinguinha), Father and Son (Cat Stevens) e Don’t Know Why (Norah Jones).
Mania: acho que não tenho.
Filme: Juno, Beaches, Jerry Maguire, O Curioso Caso de Benjamin Button. E recentemente achei A Incrível História de Adaline lindo.
Luxo: ter a família que eu tenho!
Não vive sem: propósito! E depois dos 30, filtro solar…
Sonho: o maior deles seria uma dose a mais de empatia e generosidade no mundo.
Caos: falta de caráter.
Comida preferida: a compartilhada em uma mesa com boa conversa e algumas risadas. E com um pouco de vinho também (risos).
Cidade em que moraria: para a vida, Blumenau, gosto muito daqui. Mas adoraria morar um curto período em diferentes capitais do mundo (sonho ousado).
Por que escolheu a Medicina? Provavelmente por influência do meu pai, quem admiro muito, o que foi ótimo, porque adoro o que faço.
Qual o maior avanço em sua especialidade hoje? Especificamente para o diagnóstico de doença da mama, a tomossíntese, a primeira evolução da mamografia digital, que por adquirir imagens em diferentes ângulos permite uma análise tridimensional da mama, eliminando a sobreposição de tecido.
Hoje onde é o melhor centro para a especialização na Radiologia? Tem alguns bons centros, a depender da área específica de especialização. No Brasil eu penso que os melhores hoje seriam Hospital das Clínicas da USP, o Sírio-Libanês e o Einstein, não só pela tecnologia e estrutura, mas pelo excelente corpo clínico de radiologistas. Fora do Brasil, para mama especificamente, o Memorial em NY e o Instituto Veronese em Milão. Aproveito aqui para registrar que a medicina realizada em Blumenau é de alto nível.
Já está acostumada com a rotina de médica e primeira-dama da cidade? Não me vejo diferente das milhares de mulheres blumenauenses que têm várias jornadas. Sem dúvida é puxado, tem-se que abrir mão de algumas coisas porque os compromissos são muitos, mas nada que eu não faça com prazer.
Você pensa em fazer algum trabalho social durante a gestão do Napoleão? Tenho sim aspirações e desejo de contribuir naquilo que eu puder. Mas eu adoro o que faço, e considero meu trabalho de grande valor social.
Qual será seu maior desafio daqui para frente? Continuará sendo o mesmo de sempre. Sabedoria para fazer as escolhas que nos realizam e força para persegui-las.
Conselho: se esforce muito, estude, aprenda, trabalhe, saiba o que faz, para ter que contar com a sorte o mínimo possível.
Frase: “Volta teu rosto em direção ao sol, e então as sombras ficarão para trás”.

Dê sua opinião

comentários

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: